quarta-feira, maio 07, 2008

A NOVA BANDA DE ALMIR SATER ESTÁ "ANIMAL"


A NOVA BANDA DE ALMIR SATER ESTÁ "ANIMAL"

Bem, Galera, já havia anunciado desde início do ano, nova formação da banda do músico Almir Sater, teve até um dos membros da comu que comentou que faltava a "percussão".. não falta mais,

Pois agora o Sr.Sater "arrasouuuuuuu" literalmente com a escolha deste novo componente da banda, ninguém menos que o baterista Sandro Moreno, que já pertenceu a banda do gênio Zé Ramalho.

Almir Sater me "surpreende", e prova mais uma vez que "não anda devagar " como outrora e está com todo o gás e um espírito realmente inovador. Vejam nas próprias palavras de Almir Sater, em entrevista concedida para o show de Hoje, 07-05 em Brasília:

“Brasília vai ser a primeira capital onde vou cantar acompanhado por minha nova banda. Anteriormente levei esse show a quatro cidades do interior de São Paulo”, anuncia.

A banda a que Almir se refere tem em sua formação Marcelus (acordeon),Toninho Porto (baixo),Sandro Moreno (bateria), Carlão Souza (violão de 12 cordas), Rodrigo Sater (violão) e Gisele Sater (vocal).

“Na companhia desse grupo,tenho criado uma nova sonoridade para as músicas interpretadas, mas sem fugir da essência de cada uma.Isso tem a ver com a eterna busca de renovação por parte do artista”, justifica.

fonte http://divirta-se.correioweb.com.br/materias.htm?materia=2658&secao=Programe-se&data=20080507

show de Almir Sater em Brasília Hoje 07/05.























Almir Sater faz SHOW EM BRASÍLIA HOJE 07/05 no Auditório Máster do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, logo mais às 21h00.
O Espetáculo terá entrada Franca.

A apresentação faz parte da programação da 3ª Conferência Nacional do Meio Ambiente.“Brasília vai ser a primeira capital onde vou cantar acompanhado por minha nova banda. Anteriormente levei esse show a quatro cidades do interior de São Paulo”, anuncia Almir Sater.

A banda a que Almir se refere tem em sua formação Marcelus (acordeon), Toninho Porto (baixo acústico),Sandro Moreno (bateria), Carlão Souza (violão de 12 cordas), Rodrigo Sater (violão de aço ) e Gisele Sater (vocal).

“Na companhia desse grupo, tenho criado uma nova sonoridade para as músicas interpretadas, mas sem fugir da essência de cada uma. Isso tem a ver com a eterna busca de renovação por parte do artista”, justifica. Radicado em São Paulo há vários anos — atualmente mora na Serra da Cantareira — o cantor costuma passar as férias escolares dos filhos na fazenda. “Entre dezembro e fevereiro fui para Campo Novo e lá andei pensando em projetos para 2008. Um deles já está praticamente definido. Vai ser um disco com temas instrumentais, com muito chamamé e guarânia, ritmos fronteiriços que estão impregnados na cultura musical daquela região”,antecipa.

fonte:http://divirta-se.correioweb.com.br/materias.htm?materia=2658&secao=Programe-se&data=20080507