domingo, 31 de agosto de 2014

Almir Sater retorna agenda dia 05 em Carapicuiba SP com ingressos "ESGOTADOS".

 Foto: Dia 05 de setembro Jantar e Show com Almir Sater.

 Ingressos a venda!!!!
 Maiores informações 4181-6831
Almir Sater retorna agenda de shows em Setembro no próximo dia 05 e com os ingressos esgotados desde o dia 18 de Agosto. A procura foi tanta que já está agendado segundo Hípica Santa Terezinha para 07/03/2015 | postado via Blog Loira Do Bem
Os ingressos para o show do ALMIR SATER do dia 05/09/2014 já foram ESGOTADOS!
Próximo Show do Almir será no dia 07/03/2015!!!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Almir Sater "rouba" a cena na TV em apresentação para programa sertanejo.

Almir Sater "rouba" a cena na TV - A força Meteora de um artista atemporal.
"Não tenham medo de dizer que vocês também ouvem os sinos". Dono de um carisma incomparável e uma personalidade simples que nos faz sentir como iguais, somado ao seu talento, já são ingredientes mais que consistente para afirmar o porquê, trata-se de um dos Artistas mais brilhantes da nossa Música.


Quando Almir Sater apareceu na TV semana passada, 18 de Agosto, no Trending Topics do Brasil | Almir Sater vide link http://www.trendingtopics.com.br/twitter/Almir%20Sater, ou seja, o seu nome vigorava entre os assuntos mais comentados no TT desde o dia anterior 17. E os sites não cansam de elogiar o desempenho e agora os sites comentam destacam como um dos assuntos mais ‘legais” que a TV foi capaz de produzir, a presença inesquecível de Almir Sater!


|#AlmirSater | postado via Blog Loira Do Bem
https://br.tv.yahoo.com/blogs/em-off/relembre-o-melhor-e-o-pior-da-tv-171156839.html


Foto: Divulgação - O "Fantástico" deu um tempo nesta história de ser muito moderninho, está investindo em reportagens e melhorou. A matéria dos pandas foi uma graça, mas o "Bem Sertanejo", comandado por Michel Teló, chamou a atenção por ter como convidado Almir Sater. Ele cantou, tocou muito e falou de sua carreira, da música que sustenta sua família até hoje e de "Pantanal" e "Ana Raio e Zé Trovão", duas novelas da extinta TV Manchete (das quais ele não só atuou como cantou). Raramente a Globo fala do sucesso e exibe imagens de "Pantanal", que lhe causou muita dor de cabeça na época. Foi bom relembrar.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

| 09 de Setembro| Robert Plant lança novo CD |

 Com vídeo em todos os seus Canais Sociais, assim que o eterno Deus Dourado, Robert Plant, anuncia novo trabalho solo.  "Lullaby And... The Ceaseless Roar" chega às lojas no dia 9 de setembro. Será Lançado em CD e Vinil.  Em  seu Site Oficial o artista anuncia pré lançamento e como comprar ou adquirir virtualmente a  seguir http://robertplant.warnerreprise.com/
 Assiste Teaser Oficial no Canal Robert Plant:


E como felicidade pouca é bobagem...meu presente já veio antecipado, ontem por uma caso descobri esse genial desenhista Mister Benn no Twitter, após ele postar uma foto desenhada do Eddie Vedder. Como dividimos seguidores comuns, o fã clube do Eddie Vedder, nos aproximamos também. Ao falar que era super fã de Robert Plant, ele se prontificou em fazer o desenho... E não é que o inglês cumpriu a promessa e hoje me enviou inbox no Twitter?..
Nossa, no meio a tanta dores e contendas, frustrações, receber um presente assim, original só pode ser uma dádiva.  Assim como Plant, ele já fez Led Zeppelin, Pink Floyd, Eddie Vedder, Morrison, enfim todos os roqueiros sagrados e eternos do Rock n Roll. Oh yeah..
No site oficial misterbenn.co.uk  podemos comprovar todo esse belo trabalho artesanal feito pelo artista de forma original e ímpar.

sábado, 16 de agosto de 2014

Família sem internet envia carta ao Google e ganha resposta inusitada


Família sem internet envia carta ao Google e ganha resposta inusitada Reprodução/Twitter

Eles estavam com dificuldades para comprovar a existência de um animal
15/08/2014 | 14h17

Foto: Reprodução / Twitter
Ficar sem internet nas férias pode ser bem difícil para algumas pessoas, não é mesmo? Mas saiba que o Google também está com uma equipe (beta) off-line. Sim, aconteceu na Alemanha.

Michael Wiethe e seu filho Timm ficaram sem conexão durante as férias e se viram em um beco sem saída ao tentar descobrir informações sobre uma espécie de esquilo. Foi aí que eles resolveram mandar uma carta para o Google. Isso mesmo, uma carta de PAPEL.
carta

Reprodução
A mensagem diz mais ou menos o seguinte:
"Querido Google,
Como estamos sem internet atualmente, pedimos que você responda a uma consulta, do seu jeito rápido e gratuito de sempre. Precisamos de informações e imagens para:
"Deichhörnchen (esquilo-vermelho)" 

Parece uma grande jogada de marketing da empresa (e pode até ser mesmo), mas Michael Wiethe garante que a mensagem foi espontânea. Paramédico de um acampamento de verão em Otter, na Alemanha, ele contou ao jornal Stern que o filho ouvia muitas histórias sobre o tal esquilo, mas nunca conseguiu confirmar sua existência. Wiethe afirma, contudo, que não esperava receber uma resposta.





googleMas ela veio. E de forma muito espirituosa. Poucos dias depois, eles receberam uma correspondência que dizia assim:
"Olá Timm, olá Michael!
Você quis dizer "Eichhörnchen"?
Resultados para Deichhörnchen
Wikipédia: (como não existe esse animal, o autor da carta inventou um "primo distante" para o animal) Raro parente do Eichhörnchen (esquilo-vermelho) extinto devido à falta de árvores nos diques ("Deich" significa "dique")
Anúncio: Use o Google para todas as suas buscas — de preferência, online!
Aproveite o acampamento de verão!
Equipe offline do Google (beta)"
Reprodução
Fonte: zh.clicrbs

15.000 pessoas prestigiam Almir Sater em Olímpia, SP .

  15.000 pessoas marcaram presença em show do Almir Sater em Festival no Interior de SP.
                                                                   
Foi assim que ouvi dizer no jornal local, cerca de quinze mil pessoas presentes no show de Almir Sater, nesta sexta-feira, 15, em Olímpia, SP, durante 50º Festival do Folclore. 
O  Show este que começou quase 0h00, mas que não foi empecilho para afugentar o público nem mesmo o virtual, da tão esperada apresentação do artista. 

— Não entendeu? — eu explico, sim, os internautas, os fãs e admiradores do Almir Sater ♬♬(◦'⌣'◦)♬♬ também tiveram a oportunidade de assistir "ao Vivo" e em tempo real, o showzaço do músico, através do Canal www.tvolimpia.com

 —O que eu vi? — Vi um show de um Almir Sater descontraído e puramente artístico.  E até "surpresa" de que não deixou a tal famigerada Chalana para o quase final... atendeu logo no início o pedido de fã.








O artista interpretou seus sucessos e os mais conhecidos e das trilhas de novelas: Tocando em Frente, Peão, Cabecinha no Ombro e Chalana, naturalmente. Cantou, tocou e encantou com Kikiô, Doma, o desafio de Toque de Viola. Uma banda como sempre, competente e redondinha acompanhava o músico, enaltecendo ainda mais o show e as canções. 
E, por fim, tudo que é bom tem prazo de validade para terminar, deixou em mim, um gosto de quero mais e se "coçando" de vontade  para ir aos próximos shows. 
Almir Sater é assim, um show feito de simplicidade, sons de violas, violões, baixo e acordeon que se completam, sem parafernálias, mas que juntos "crescem" e dão um toque especial em cada apresentação. Talvez o segredo deste artista seja este, a originalidade. 

As imagens registradas
da Fefol 50 Anos Show Almir Sater são do Diário de Olímpia.com — Fotos de Cristiane Gracindo, para o Blog do Concon, " Cultura e Lazer" Coluna do Jornalista
Leonardo Concon 




 











 

Amor sem tradução: palavras de carinho que só existem em uma língua

Um blog americano reuniu dez palavras do universo do amor e de relacionamentos que não podem ser traduzidas para nenhuma outra língua além da original.

MAMIHLAPINATAPEI (Yagan, dialeto indígena da Terra do Fogo, na Patagônia): olhar sem palavras, com significado da cumplicidade entre duas pessoas, que desejam começar alguma coisa, mas estão relutantes.

YUANFENYUANFEN (Chinês): um relacionamento pela sorte ou destino. É um conceito complexo, inspirado nos princípios antigos da cultura chinesa, que dita as relações, encontros e afinidades, principalmente entre amantes e amigos.

RETROUVAILLES (Francês): a felicidade do reencontro depois de muito tempo.

LLUNGA (Bantu, dialeto africano – o mesmo de onde tem origem cafuné): uma pessoa que está disposta a perdoar um abuso pela primeira vez, tolerá-lo pela segunda, mas nunca uma terceira.

LA DOULER EXQUISE (Francês): a dor de partir o coração que é desejar alguém e não poder ter.

KOI NO YOKAN (Japonês): quando se sente, logo no primeiro encontro com uma pessoa, que vocês vão se apaixonar.

YA’ABURNEE (Árabe): “você vai me enterrar”. Quem faz essa declaração quer dizer que vai morrer antes do(a) amado(a) porque seria impossível viver sem ele(a).

FORELSKET (Norueguês): A euforia que se sente quando se apaixona pela primeira vez.

Fonte: Revista Marie Clare. Por Mayra Stachu.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Comportamento: 15 de Agosto " Dia dos Solteiros"



Dizem por aí que Hoje é dia dos "Solteiros”... me fez lembrar a língua afiada de Oscar Wilde e com seu costumás humor sardônico: "Os solteiros ricos deviam pagar o dobro de impostos. Não é justo que alguns homens sejam mais felizes do que os outros.... AHAHAHA... Já vejo, parece mais uma história tipo "A Raposa e a Uva"? sic...

A verdade é uma só... "quem está dentro, muitas vezes quer sair, e quem está fora muitas vezes quer estar dentro".. No final, Se formos honestos com nossos anseios, por mais que tenhamos dinheiro, estabilidade, cultura, status, influência, reconhecimento, poder ..e todos esses blah blah blah..No íntimo, todos nós só almejamos uma só coisa: "Ser verdadeiramente AMADOS". e claro, ser correspondidos...

"O solteiro vive como um rei e morre como um cão. “O casado vive como um cão e morre como um rei.” Jean Anouilh o escritor francês assim dizia. seja o que for, cabe a cada um de nós como quer morrer ou viver.

Comportamento: "O SER HUMANO É INSUBSTITUÍVEL"

Oh isso me faz pensar...."Empresa Japonesa cria boneca quase humana que substitui namorada".—de que Renato Russo tinha razão ao afirmar que a "Solidão" era o mal deste século. E pior a solidão de almas. Touché.
Estamos tão amedrontados com a falta de entendimento de uns com os outros, que já começam a criar mecanismos onde a presença do outro pode ser substituída, para evitar o confronto, crise ou perda, frustração, decepção, sei lá quantos "aõs". — Será que pode mesmo?.

E amedrontados continuamos, gastamos horas a fio em criar soluções para suprir nossas necessidades e esquecemos que é no " vazio de alma", que precisamos re-construir nossos conceitos em relação aos outros.

Ao invés de gastar 1.000 libras esterlinas (mais de R$ 3,8 mil) para preencher esse ilusório comportamento, deveríamos investir em qualidade de relacionamento, quem sabe se deixarmos um pouco do egoísmo, individualismo, cinismo e todos "ismos" que criamos em torno de nós, e que aumentam o ABISMO e dificultam aproximações e podemos abrir a "Caixa de Pandora" e afugentar de vez todos os nossos males que nós próprios criamos? Se não podemos mudar o mundo, as pessoas que nos frustram mudamos nós, e buscamos novas pessoas, novos caminhos, novos rumos, novas possibilidades, perspectivas.

.— A felicidade nossa não pode depender e nem deve estar numa determinada coisa ou pessoa para sentirmos bem, nisso acredito faz anos. Humanos são insuportáveis, talvez seja nisso o encanto, não estarmos na mesmice todo o santo dia!. Mesmo assim eu ainda prefiro os seres humanos com todas as imperfeições!.


Lembrando que é do do Japão, segundo pesquisa, a mais alta taxa de suicídio do mundo. "As pessoas são solitárias porque constroem muros ao invés de pontes." "O Pequeno Príncipe".

Feedback baseando na reportagem conforme link abaixo:

Uma empresa japonesa criou uma evolução da 'boneca inflável' que, segundo o fabricante, é tão parecida com uma mulher real que quase não dá para notar a diferença.
http://portalcantu.com.br/noticias/brasil-mundo/item/14666-empresa-cria-boneca-quase-humana-que-substitui-namorada

sábado, 9 de agosto de 2014

ALMIR SATER ROUBA A CENA NO FESTIVAL DE INVERNO SESC TERESÓPOLIS


A emoção e o talento de um grande artista

                       
Fonte: Portal Terê
Teresópolis, 08/08/2014
-
Quem foi ao SESC Teresópolis, na noite dessa sexta, 08/08, teve a oportunidade de curtir o talento de um artista completo: Almir Sater, nascido em Campo Grande (MS) em 14 de novembro de 1956, com mais de 30 anos de carreira, é cantor, compositor, músico e ator.

Assista ao vídeo
Trechos do Show de Almir Sater (4min48s)


O Show, marcado para a quadra do SESC, às 21h30, começou pontualmente. Almir Sater interpretou seus grandes sucessos, acompanhado de músicos de qualidade. O Público cantou, se emocionou e espantou o frio da noite serrana em Teresópolis.

Diversas músicas do repertório do cantor recebem influência de ritmos como o blues e o rock, tornando a música tradicional do interior muito atraente para os mais diversos públicos e idades.

Confira no vídeo acima e nas fotos abaixo, cenas da quadra do SESC Teresópolis, em um dos últimos shows musicais do Festival de Inverno 2014, que termina no próximo domingo, 10/08.

Confira abaixo mais fotos do evento, que o Portal Terê traz para você:
Clique para ampliar - Foto: Portal Terê Clique para ampliar - Foto: Portal Terê Clique para ampliar - Foto: Portal Terê
Qualidade técnica e paixão nas canções de Almir Sater
Clique para ampliar - Foto: Portal Terê Clique para ampliar - Foto: Portal Terê Clique para ampliar - Foto: Portal Terê
Violas caipiras, violão, acordeão e baixo na apresentação que espantou o frio                                           


sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Administração e Marketing: A importância de ser Líder

A melhor definição de um líder é aquela pessoa que dirige ou agrega um grupo. Ele tem a função de unir os elementos do grupo e a liderança está relacionada com a motivação, porque um líder eficaz sabe como motivar cada integrante da sua equipe. Ser líder não é simplesmente dar ordens.

Exemplo a ser seguido
Um bom líder não é aquele que está à frente simplesmente para dar ordens ou cobrar os resultados. Ele é um exemplo a ser seguido, não é o que fala mais alto, mas é aquele que quando chega todos param para ouví-lo. Uma das qualidades de um líder é saber ouvir, analisar os problemas e tomar sua decisão baseada em fatos. Outra qualidade fundamental é participar, estar junto e aprender com seus erros.

Honestidade
Ninguém gosta de ser liderado por uma pessoa arrogante e desonesta, portanto, ser um bom líder é cultivar a honestidade consigo mesmo e ser humilde. Essas características passam credibilidade para o grupo. Neste caso, ser humilde não é ser bobo, é conhecer o seu potencial, mas também valorizar as qualidades daqueles que o rodeiam.
O bom líder, o bom empresário, o bom gerente, sabe que para alcançar os objetivos da sua empresa não consegue sozinho. Ele entende que para ter sucesso é necessário trabalhar em equipe e que cada pessoa envolvida no processo é fundamental, ninguém deve ser desprezado, pois fazem parte de um todo. No sucesso da equipe é que está o sucesso de um bom líder.
Criatividade
Um bom líder jamais fica ultrapassado. Ele deve atualizar-se constantemente, ter a mente e os olhos abertos para novas oportunidades. Deve ser criativo, com capacidade para tomar suas decisões e correr riscos. Tudo isso com base na razão, bom senso e na experiência adquirida. Além disso, tem que ser capaz de transmitir confiança aos seus liderados.
Relacionamentos
A base dos negócios é o relacionamento, quer seja com os colaboradores ou com os clientes. Valorizar a equipe de trabalho é um dos segredos para uma boa administração. Um clima organizacional agradável também depende de seu líder que deve manter a equipe motivada através de recompensas e também permitir que os membros participem das decisões da empresa, de forma a agregar ideias criativas para que o negócio seja mais eficiente e eficaz na busca do crescimento.
Persistência
Essa qualidade dever ser inerente a qualquer empreendedor, principalmente, a qualquer líder. No mundo dos negócios é preciso ser persistente e ter a capacidade de se levantar quantas vezes forem necessárias após uma queda. Um bom líder sabe que nem sempre o caminho será de flores, mas que se for persistente conseguirá obter sucesso no final da trajetória.
Persuasão
A arte de encantar as pessoas com ideias é uma das principais características de um bom líder. A história está repleta deles que utilizaram o dom da oratória para arrastar multidões. Nos negócios não pode ser diferente. Para engajar pessoas ao seu projeto é preciso ser persuasivo e colocar paixão naquilo que faz. As pessoas percebem quando é apenas empolgação de momento ou quando é o sonho de uma vida.
Problemas
Para ser um bom líder é fundamental ser equilibrado na hora de resolução dos problemas, pois eles nunca acontecem isoladamente, mas sim aparecem como uma tempestade. Nessa hora, o líder precisa usar suas habilidades para remover as barreiras e dar equilibro para a empresa.
Vivência
Algumas pessoas são líderes natos, mas outros se tornam bons líderes no decorrer de suas vidas com os bons hábitos que aprenderem no decorrer de sua trajetória profissional. A experiência de um líder é de grande valor no momento de tomar uma decisão importante ou de resolver um problema ou se antecipar e conseguir prever algumas variáveis negativas que possam ocorrer. A experiência é algo fundamental para o líder.
Feedback
Um bom líder saber falar, mas também deve saber ouvir. Ele não é o dono da verdade. Ele sabe ouvir as pessoas e entender o que elas querem. É preciso paciência para ouvir os liderados. A confiança entre líder e liderado é fundamental para que a empresa seja forte e eficiente, e, sem confiança, é impossível construir relacionamentos saudáveis dentro da empresa.
Aprendizado constante
Um líder deve ser rico em conhecimento e sabedoria naquilo que ele lidera. Deve conhecer profundamente a área, gostar de ler para enriquecer seus conhecimentos teóricos e práticos ao longo de sua carreira. É preciso enriquecer a experiência profissional com os erros e acertos que cometeu e também com outros exemplos de líderes que obtiveram sucesso ou fracasso.
Responsabilidade social
Um bom líder se preocupa com o meio ambiente e também com a responsabilidade social. Palavras como sustentabilidade e caridade fazem parte do planejamento de qualquer empresa que possui um bom líder. É a empresa dando retorno para o que recebe da sociedade.
A palavra é de ouro
Hoje os negócios não podem ser mais feitos no “fio do bigode” como se dizia muito antigamente. O que um empresário dizia já era válido e tinha que ser cumprido. Um bom líder deve cumprir sua palavra, independente de contratos estabelecidos. Ele assume seus compromissos e nunca volta atrás naquilo que se propôs a fazer.
Ser líder não é tarefa fácil. Exige compromisso e dedicação. Ser líder é extrair das pessoas o melhor de si em prol dos outros.
“Tiago Aguiar, é empreendedor e mentor de empresas. Autor do livro “Dê um Startup na sua Vida”  Fonte: http://www.tiagoaguiar.com.br

Comportamento: Diferença entre o "Simples X Simplório.



¯\_()_/¯ Simplesmente Isso. 
Diferença entre o "Simples X Simplório.
Há uma diferença fundamental entre ser simples e simplório. Os simples resolvem a complexidade, os simplórios a evitam. (…)
Ser simples não significa evitar o complexo, abrir mão da sofisticação, negar a profundidade, contentar-se com o trivial.
Maneiras de ser Simples
São desapegadas: não acumulam coisas, fazem uso racional de suas posses, doam o que não vão usar mais.
São assertivas: vão direto ao ponto com naturalidade, mesmo que seja para dizer não, sem medo de decepcionar, não “enrolam” nem sofisticam o vocabulário desnecessariamente.
Enxergam beleza em tudo: em uma flor no campo e em um quadro de Renoir; em uma modinha de viola e em uma sinfonia de Mahler; em um pastel de feira e na alta gastronomia.
Têm bom humor: são capazes de rir de si mesmas e, mesmo diante das dificuldades, fazem comentários engraçados, reduzindo os problemas à dimensão do trivial.
São honestas: consideram a verdade acima de tudo, pois ela é sempre simples e, ainda que possa ser dura, é a maneira mais segura de se relacionar com o mundo. Por Eugenio Mussak.

 Imagem via Google.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

| 04/08/2014 | ENTREVISTA - Um pantaneiro na serra

04/08/2014
ENTREVISTA - Um pantaneiro na serra
Almir Sater fez show inesquecível no Festival Sesc de Inverno


Aos 57 anos, Almir Sater está em plena forma. Tocando como nunca, na última quinta-feira, 31, o músico fez uma apresentação para ficar na memória dos friburguenses. Com uma banda de cinco integrantes, que conta com dois violões — um, inclusive, tocado por seu irmão, Rodrigo Sater —, contrabaixo, acordeom e os vocais de Gisele Sater, também irmã do cantor, o músico mato-grossense fez um espetáculo contagiante de uma hora e meia. Sem intervalos, o músico misturou seus clássicos de raiz pantaneira com performances instrumentais. A quadra lotada do Sesc Nova Friburgo teve uma aula de quase duas horas de talento e competência musical, em uma mistura de virtuosismo e simplicidade.

Antes do show, Almir nos recebeu em seu camarim de forma gentil e despretensiosa, até nos oferecendo café. Após as apresentações, sentou-se em roda com os representantes da imprensa local, usando chapéu e bota, como se estivesse em sua fazenda, e falou de maneira descontraída por quase vinte minutos. Depois, subiu ao palco e fez uma grande apresentação. Confira abaixo a entrevista que A VOZ DA SERRA fez com o cantor.
Como está a música no Pantanal hoje? Para você, tem alguém artista novo que represente bem a música pantaneira?

Eu acho que anda meio sem graça. Eu sinto falta dos compositores, aquela pessoa que tira do nada alguma coisa que nos emocione. Alguém que pega um pedaço de papel e escreve uma poesia e você chora de emoção. Sinto falta desse tipo de gente, que foi abundante na década de 1960, 1970.

Como foi sua proximidade com o Grupo Água [grupo chileno de música andina que, na década de 1970, viajou pela América do Sul e gravou com vários artistas brasileiros]?

Eu toquei com eles só em casa, sem compromisso. Quando vieram para o Brasil, eles passaram por Campo Grande, então nós tocamos lá em uma chácara de amigos. Depois, quando foram pro Rio, eles ficaram na minha casa. Foi nessa época que eles conheceram o Milton [Nascimento]. Eles arrumaram de tocar na abertura de um show do [Jards] Macalé, nesse show eles se conheceram e depois gravaram o disco Geraes.

Eu gosto muito do som deles. É um som muito bonito, muito diferente. Sempre gostei dessa proximidade, dessa latinidade. Essa música que vem lá do altiplano andino eu acho muito especial, muito própria, muito bonita.

A música andina foi muito influente na sua carreira.

Sim, eu gosto muito desse som. Na época eu até comecei a tocar charango [instrumento de cordas tradicional da música andina, que, como a viola caipira, possui cinco pares de cordas]. Aprendi a tocar e cheguei a gravar com ele. Mas depois que ele quebrou, eu nunca mais encontrei um charango tão bom e acho que minha carreira de "charanguista” acabou ali.

E o Lírio Selvagem [banda dos músicos da família Espíndola], você também tocou com eles, não foi?

Sim, essa foi minha primeira apresentação profissional, à convite da Tetê e da Alzira. E eu aceitei, me apresentando como músico. Depois acabei entrando em estúdio, foi a primeira vez que gravei, inesquecível para mim.

Foi no disco do Lírio?

Na verdade não, o que eu participei foi o Piraretã. Porque logo depois que eu entrei o grupo meio que acabou; essa coisa de irmão é meio complicado [risos]. A gente começou a gravar como um disco do Lírio, mas acabou virando o primeiro disco solo da Tetê. Eu fiz alguns arranjos pro álbum também.

Você também gravou na sua carreira dois discos instrumentais, apesar das letras terem um papel essencial em suas músicas. Como você teve a ideia desse projeto?

Eu estava gravando um disco meu no estúdio Som da Gente, que tinha um selo instrumental, onde gravava um pessoal de jazz. Um dos donos do selo me fez o convite do disco instrumental, dizendo que gostava do som da minha viola e aí nós gravamos. Era uma gravadora pequena, então o primeiro disco foi mais de viola e violão. No segundo que eu pude sonhar um pouco mais alto, ter experiência com uma filarmônica, com cordas. Mas surgiu dessa liberdade, do dono da gravadora dizer: "Vai gravando”. 

Era um bom estúdio, que tinha um técnico maravilhoso, o Marcos Vinícius, que foi ele que gravou o disco, que conseguiu tirar o som da minha viola e me ajudou muito. Eu devo a ele esses dois álbuns.

Seu último disco e sua última atuação em novela foram em 2006. Existem alguma relação nisso?

Nesse caso, teve uma relação, sim. Porque eu estava com material pronto pra gravar o disco e aí me chamaram pra fazer a novela Bicho do Mato. Eu fiquei em dúvida e acabei optando por fazer. Então "abortei” o disco. Aí eles me pediram umas canções do disco e eu enviei umas quatro ou cinco para eles escolherem uma, e escolheram as cinco. Pegaram metade do meu disco, então eu fui às pressas e terminei de gravá-lo. E lancei. Até acho que poderia ter sido melhor esse disco, mas como estava naquele entusiasmo da novela, tendo que terminar o acabamento das canções para usarem na trilha, acabei finalizando o disco inteiro.

Você hoje sente falta de atuar? Qual foi seu papel favorito?

Não sinto falta nenhuma [risos]. O papel que gostei mais foi o do Cramulhão (na novela Pantanal), porque a gente ficava lá no Pantanal e gravava pouco. Eu não era o protagonista, então ficava pescando o tempo todo [risos]. Era muito feliz, a sensação era boa. Foi uma novela de muito sucesso, muito diferente, as pessoas estavam muito felizes com o resultado — e a felicidade contagia.

Você poderia falar um pouco do projeto Comitiva Esperança?

Foi uma época em que a gente tinha muito tempo livre e resolveu fazer uma viagem de 90 dias para conhecer um pouco da cultura pantaneira e também, por experiência própria, saber como era um pouco nosso isolamento, compor no isolamento. E aí fomos três músicos e três cineastas, a procura de alguma identidade que valeria a pena a viagem. E só o Pantanal já valia a viagem, a luz, o perfume das matas. 

Mas a gente não tinha como reproduzir isso. Então fizemos um média-metragem, em 16 mm, e não havia roteiro, foram só os dois olhos. Eu acabei compondo também algumas canções e hoje em dia fica a lembrança, fica de curiosidade para as outras pessoas. Foi bom viajar 90 dias a cavalo pelo Pantanal, sem rumo.

E hoje. Você faria essa viagem de novo?

Não dessa forma. Não com tanta gente. Porque nós viajamos assim, além dos seis artistas, eram mais três pessoas da equipe, somando nove no total. Eu viajaria hoje a duas pessoas, quieto, aí até toparia, sem máquina fotográfica, sem filmagem, só pelo passeio. Por que fazer filme é um negócio que dá trabalho, praticamente nós ficamos a disposição de carregar câmera, tripé, aquelas latas de filme.


Entrevista realizada pelo estagiário Lucas Vieira, sob orientação da chefia de redação
 Fonte:

sábado, 2 de agosto de 2014

Comportamento: Diferença entre Inteligência e Cognição



Inteligência é o que se pode melhorar por meio de estudos, o raciocínio, compreensão e aprendizagem. Cognição inclui todo o processo mental que pode ser descrita como uma experiência de conhecer (incluindo percepção, reconhecimento, conceber e raciocínio), que se distingue de uma experiência de sentimento ou da vontade. Mas para um leigo saber a Diferença entre Inteligência e Cognição não é muito fácil.

Inteligência e Cognição são dois termos relacionados, mas não são mesma coisa. Neste artigo, vamos entender as características básicas de cada um, que vai nos ajudar a diferenciar os dois.

Inteligência é o que se pode melhorar por meio de estudos, o raciocínio, compreensão e aprendizagem. Cognição inclui todo o processo mental que pode ser descrita como uma experiência de conhecer (incluindo percepção, reconhecimento, conceber e raciocínio), que se distingue de uma experiência de sentimento ou da vontade. Mas para um leigo saber a Diferença entre Inteligência e Cognição não é muito fácil.

Inteligência e Cognição são dois termos relacionados, mas não são mesma coisa. Neste artigo, vamos entender as características básicas de cada um, que vai nos ajudar a diferenciar os dois.

O dicionario define ‘inteligência’ como:
1. Conjunto de todas as faculdades intelectuais (memória, imaginação, juízo, raciocínio, abstração e concepção).
2. Qualidade de inteligente.
3. Compreensão fácil.
4. Pessoa muito inteligente e erudita.
5. [Figurado, conluio.
6. Harmonia.
7. Habilidade.
8. Atividade ou serviço que visa obter e fornecer informações secretas relativas ao estado, ao governo, à segurança ou a sectores estratégicos.
[Informática artificial: Ramo da informática que estuda o desenvolvimento de sistemas computacionais com base no conhecimento sobre a inteligência humana.


Inteligência vem do latim intelligentia que tem a ver com a capacidade de aprender ou compreender um determinado termo. Inteligência é desenvolvida desde a infância. Ninguém nasce inteligente, é preciso trabalhar sua inteligente para melhorar suas habilidades. É muito difícil definir inteligência, porque ninguém pode medir a inteligência. Existem diferentes tipos de inteligência: Inteligência Linguística, inteligência espacial, inteligência musical, inteligência corporal, Inteligência Interpessoal, entre outras.

Por exemplo:
Inteligência linguística - Falar e escrever bem.
Inteligência lógico-matemática - habilidades lógicas, ou seja, habilidades matemáticas para provar ou resolver problemas.
Inteligência de Musical - Realizar, compreender e apreciar a música.
Inteligência interpessoal - Interagir com os outros de forma eficaz.

Definição de cognição:
Função da inteligência ao adquirir um conhecimento.

O ato ou processo de conhecer; percepção.

Conhecimento entre outros.
[cognição]

A cognição é um processo mental necessário para realizar as tarefas que têm a ver com os mecanismos de como aprender, lembrar e prestar atenção ao invés de qualquer conhecimento real que você aprendeu. Sem a capacidade de cognição, não se pode mostrar inteligência. É um processo no qual a pessoa desenvolve-se através de habilidades baseadas no cérebro.

O QI ou Quociente de Inteligência serve para medir a capacidade cognitiva de cada um. É uma forma de testar sua capacidade para resolver problemas e entender conceitos.

Inteligência é, basicamente, a capacidade de um bom desempenho em tarefas cognitivas. É a capacidade de utilizar o conhecimento, resolver problemas, compreender ideias complexas, aprender rapidamente e adaptar-se aos desafios ambientais. É um processo de como você pensa, e etc.
[Resumindo]

Inteligência é a capacidade de entender o que é percebido, aprendido, ou fundamentado, ao contrário, a cognição é o processo de pensamento ou conhecimento. É o resultado mental de percepção, aprendizagem e raciocínio.
Por Cilene Bonfim.
Fonte: CbNews O portal de notícias do Mundo – cbnewsplus.com

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

DE ARTISTA PARA ARTISTA: O RETRATO ARTESANAL DE ALMIR SATER

Uma verdadeira aventura, segundo nossos heróis aqui, teve de tudo, teve chuva, teve tombo, vidro quebrado do retrato, mas nada disso atrapalhou o humor, a vontade e a alegria de estarem no show e juntos do Almir Sater, a fim de entregarem o retrato feito especialmente para homenagear o artista.

"Trocadilho" de Fernando Pessoa, "Ai que delícia cumprir um dever". Sim, quando se pode ver o sonho de uma pessoa realizada dessa forma.  Lander é um rapaz muito querido em sua cidade e nas redes sociais.  Além de ser um Desenhista de mão cheia e faz retratos com perfeição, é motoqueiro, roqueiro,  fã de viola, Tião Carreiro,  Almir Sater,  e ainda namorado da bela jornalista Camila, que teve um desfecho fundamental para realizar o sonho dele no final.  Enfim sabe aquelas pessoas com leveza de alma, sentimentos bons e sem "ranhaduras" na alma.?... Então dá gosto ter por perto.

O Casal reside em Muriaé, em Minas Gerais, amantes da natureza, das estradas e aventuras. Mal sabiam eles que iriam viver uma de suas maiores aventuras, o de estar de frente com o autor do seu retrato Almir Sater, um desejo há muito acalentado. E eu estava com o coração na boca literalmente, porque nem sempre depende só do artista ou sua produção para tal feito, muitas vezes depende da organização local, do compromisso do artista para se deslocar para outro show em outra cidade ou estado, enfim naquele dia, o universo conspirou a favor deles.  
Logo que soube em meu Blog que o Almir Sater ia se apresentar no Festival da Sanfona e Viola em Mimoso do Sul, ES, perto de sua cidade, ele começou a fazer retrato, desenho livre e a mão, artesanal mesmo do artista, sonhando com a oportunidade de entregar a ele, pessoalmente. E veio ter comigo, eu botei "pilha", de que seria um presente ímpar, original da qual qualquer pessoa gostaria de ganhar. 
E cada dia ele ia postando nas redes sociais o retrato tomando vida, eu agonizando e energizando, claro, para que ele conseguisse realizar o seu intento. A produção de Almir Sater realizou o seu desejo e segundo eles foram recebidos por parte deles, do artista, com carinho especial. 
Abaixo as fotos registram o momento especial do Casal e a entrega do retrato.












 

 Finalizo o post com as palavras de Almir Sater, segundo Lander,  quando ele leu os dizeres atrás do seu retrato "É isso ai, rock n roll" \m/ -   
Oh yeah, pois esse som tem o dom de unir pessoas geniais e originais e que valorizam coisas simples mas que fazem toda a diferença no final!.
Para contactar o  Trabalho do  desenhista Lander acesse seu perfil no Facebook:
https://www.facebook.com/lander.vinicius.5