domingo, 5 de abril de 2015

09 DE ABRIL - ALMIR SATER RETORNA EM JUIZ DE FORA/ MG


 

   É preciso pra poder pulsar ...
Almir Sater que o diga, pois segue Tocando em Frente, para mais uma bela apresentação no aconchegante e sofisticado Cine-Theatro Central, em Juiz de Fora, Minas Gerais no próximo dia 09 de Abril. "Nosso show é para se ouvir, fechar os olhos e ouvir, vai ter viola, violão de 12 cordas, é um show simples mas vai ser muito bom" - Almir Sater. 
Considerado é um dos responsáveis, pelo valoração da viola de 10 cordas, popularmente conhecida como viola caipira, Sater agrega um toque mais sofisticado ao instrumento, com toques de blues e rock e uma pegada do folk, uma mistura de música folclórica, erudita e popular. Com mais de 30 anos de carreira, 10 discos solos gravados, o Artista revisita nos palcos, seu bem sucedida  trajetória, sucessos consagrados e prêmios alcançados.
Nos anos 1990, Almir também ganhou dois prêmios Sharp, (hoje Prêmio de Música Brasileira), com as canções: “Moura” (instrumental) como melhor música e instrumentista. E novamente com a composição de “Tocando em Frente”, esta considerada um “hino” motivacional da música brasileira.Também obteve grande destaque como ator nas novelas: “Pantanal” (1990), “Ana Raio e Zé Trovão” (1991), “O Rei do Gado” (1996) e “Bicho do Mato” (2006).

Em 2012, o violeiro foi apontado pela Revista Rolling Stone, entre os maiores instrumentistas do violão e guitarra. Além do toque peculiar e diferenciado na viola, o músico não dispensa o violão folk de 12 cordas, que alternados, produzem um espetáculo original e de primeira qualidade. E o resultado é único, ao mesmo tempo reflete traços populares e eruditos, despertando atenção de públicos diversos.

O artista é um dos poucos que não deixou a emoção de lado e a música flui de seu coração, com originalidade, sem subterfúgios ou aparatos tecnológicos, transborda em sentimentos, na forma real, capaz de penetrar até nas almas mais blindadas e aguçar a comoção. A interação com o público é tão natural que a impressão, após o show é de ter estado no quintal de casa, completamente à vontade, num tom mais intimista. O Cantor, compositor e instrumentista Almir Sater será acompanhado pelos músicos Rodrigo Sater (violão de aço ), Marcelus Anderson (acordeon), Guilherme Cruz (violão), Reginaldo Feliciano (baixo acústico), Giselle Sater (backing vocal).

SERVIÇO:
Data: 09/04/15 - Quinta-feira
Cidade:  Juiz de Fora/MG.
Horas:  21h00
Local:  Cine-Theatro Central
Site Cine Theatro Central
Investimento em Valores:
Plateia A e B: R$ 100
Balcão Nobre: R$ 90
Galeria: R$ 80
Camarote: R$ 660 (seis lugares)
Meia: estudante (diante de identificação)
Ponto de Venda:
Mais informações:
Cine-Theatro Central – (32) 3215-1400
Bilheteria: das 9h às 19h
Endereço: Praça João Pessoa, s/nº - calçadão da Rua Halfeld - Centro.
Produção: Jackson Martins  Mais Informações: Página FACEBOOK

Comportamento: Como administrar o Ataque de Ansiedade |

Eu nunca havia adoecido na minha vida até 2 meses e meio atrás. Dá pra contar nos dedos, quando tive uma resfriado ou indisposição alimentar. Sempre tive uma vida extremamente saudável, hábitos de vida impecável, até por vaidade eu diria, mas era. E sempre fui considerada uma pessoa resiliente, de fácil adaptação, já tive altos e baixos, anos pra cá mais baixos do que altos, mas nunca permiti abalar meu psicológico. De anos pra cá, adotei  ainda mais o jeito nietzschiano de ser, adversidades são aprendizados, e através da potencialidade, buscar os desafios, e com eles a superação.  Uma pessoa que sempre viu o mundo colorido, apesar de con(viver) com pessoas, coisas e fatos que vivem no preto, branco e tons cinzentos. Sempre vi o lado positivo das coisas, não me 
lembro de mesmo nas intempéries abalar, deprimir ou perder a esperança. Pelo contrário, sempre agi de forma divertida até, "se não tem remédio, remediado está". Em casa, sou tachada como "é diferente de todos", porque sempre tive um riso largado no rosto,  acho que sempre fui meio Polyana, desde criança, sonhadora, e praticando o jogo do contente( enxergar um lado bom nas coisas). E mesmo com toda a minha sensibilidade, nunca deixei-me levar pelo lado mesquinho e sabotador de pessoas que de 2011, para cá, contribuíram de algumas formas, para que eu pudesse sucumbir. Nem assim, porque sempre dei muito valor à minha saúde, costumo afirmar que este é o maior patrimônio de qualquer pessoa. E sem ele, nada no mundo vale a pena alcançar. Depois da saúde, a paz interior. São duas coisas essenciais para o equilíbrio da vida. O resto considero frivolidades.  
A vida é muito fugaz para sermos pessoas vazias, materialistas, egoístas e gananciosas.
Pois bem, depois da morte de um ente querido meu, eu sucumbi sem perceber. A vida se tornou literalmente cinzenta, sem cor e com dor. E no dia a dia, a gente não sente esse rodamoinho girando dentro da gente, tomando conta demansinho.
Qual é a causa? oriundo do quê?. Geralmente após um forte stress.  E que veio de repente, do nada, eu estava assistindo TV, um filme de comédia romântica, deitada, na boa, e comecei a sentir o lado do corpo direito tremer, e desgovernado, a falta de Ar, depois o peso da perna, ela não saia do lugar,  parecia de chumbo.
Segundo os médicos, pode ser uma somatização das coisas que ao decorrer destes anos vivi,  e que talvez tenha  sido a perda familiar a bomba relógio. Talvez seja isso, mais a ponta do iceberg,  perder o meu perfil Loira Dobem, minha marca que criei com tanta esmo e criatividade, bem no dia de finados, também foi uma apunhalada. Ainda mais quando se desconfia de algumas pessoas, que até Te bajulava anos atrás. E acontece assim de repente, a príncipio confunde com sintoma de infarto, AVC, Pânico, falta o ar, o corpo amolece, treme desgovernado, vai fechando a garganta e tudo que a gente quer é alguém para socorrer, a sensação é que a qualquer momento, vamos desmaiar ou morrer literalmente. Até compreender que são os sintomas de um ataque de Ansiedade. E como isso acontece? de uma para a outra. Por mais que sejamos resilientes, fortes e preparados para as adversidades, chega uma hora que nosso emocional grita, revida e o corpo desaba. E tudo vem ao mesmo tempo: como um trem desgovernado, passando por cima da gente. O ataque do pânico é pior ainda, é um medo do medo incompreensivo. Eu estava com esse medo, porque era eu entrar no computador nas redes sociais, lá vinha a dor no corpo e angústia de lá estar. Descobri que estava correlacionado, com o não respeito ao meu trabalho inconscientemente. Depois de passar por três médicos, o primeiro um desastre, os dois outros depois maravilhosos, e pasmem da UPA,  nunca havia estado em um hospital público, sempre tive plano de saúde até ano atrás, das quais nunca usei, exceto para coisas triviais, como tratamento de pele, exames de rotinas ginecológicos, etc e tal. 

Mas sempre tem uma primeira vez. Um dos diferenciais que achei interessante é que toda a rede pública hospitalar está interligada,  coisa que não havia, quando tinha plano de saúde anteriormente. Bastou um clique e a médica já estava de posse do exame, consulta,  que havia realizado anteriormente.  Após o ataque súbito, quando fui para o hospital, e em duas crises que tive, em Março, 07 e 26, esses dois médicos, foram fundamentais para que eu encontrasse o controle emocional e passei a pesquisar sobre, até chegar a compreensão que não era um ataque de pânico e sim de Ansiedade. O primeiro me tranquilizou de que vou morrer um dia, risos, mas que não era problema de coração, a segunda me mandou para a homeopatia, e me ensinou duas coisas infalíveis: Primeiro, medir a pulsação por 1 minuto, se tiver dentro do normal e respirar profundamente. Sim, de tudo isso que está abaixo, indicado pelo excelente site wikishow, eu diria, que a Respiração é o principal fator para normalizar os sintomas.  Voltei a fazer yôga, meditar, estou tomando florais, consegui voltar a escrever meus textos, e quando sinto os sintomas, caminho, inspiro e respiro, penso em coisas agradáveis, em coisas felizes que me trouxeram ate´aqui e assim espero me libertar em breve dessa "coisa"que se abateu sobre meu espírito e emocional.
 Não estou a desabafar isso no meu Blog, para que receba solidariedade, compaixão ou piedade. Pelo contrário, para que mais pessoas possam identificar os sintomas, como lidar com eles, e não se desesperar e usar mais da medicina alternativa. E que não tente ser como eu, sempre colocando panos quentes nas contrariedades, agindo de forma polida e permitindo que pessoas desprovidas de afeto, retidão possam machucar nossa alma, de modo tão desapercebido que quando vamos  dar conta, já estamos dormentes, adoecidos e doloridos. A vida é muito breve para permitir que pessoas, fatos e coisas nos destrua, nos derrube e nos faça perder a fé, o entusiasmo e a vontade de sorrir. E um pedido para quem ainda não acordou para o "chamado do despertar de consciência planetária". O mundo pede por pessoas construtivas, sociedade mais justa, produtiva e humanizada. Cada um de nós, nasceu com brilho próprio, uma habilidade, cabe a cada um de nós descobrir nossos talentos. Não há lugar para o egoísmo, inveja, mesquinharia, altivez, orgulho, vaidade. Somos responsáveis por cada energia contrária que emanamos ao outro. E a pergunta é: Você quando se deita, sente-se uma pessoa justa, imparcial, e sensata?. A vida é muito breve, para acumular fealdade na nossa alma.  E agora, os sábios conselhos  e não se esqueça música tem que ser as boas mesmo, risos, para que possa de fato fazer a diferença na emoção.  Boa Sorte e boa Semana.

 DICAS PARA ATAQUE DE ANSIEDADE
  • Cante uma canção. Ela o(a) ajuda a respirar melhor e distrai você do terror de um ataque de pânico.
  • Se seu ataque de pânico piorar e você começar a vomitar, tome um banho quente com uma camiseta ou uma toalha sobre seu corpo. Isso o(a) fará se sentir confortável. Relaxe e descanse no banho pelo tempo que precisar. Não apresse as coisas após sair. O melhor conselho é dormir após terminar o banho.
  • Se você tiver um ataque de pânico tarde da noite, caminhe pelo quarto e respire profundamente.
  • Borrife óleo puro de lavanda misturado com água em um lenço. (Mantenha-o disponível no seu bolso) Os óleos na lavanda ajudam a pessoa a relaxar e a se acalmar durante ataques de ansiedade.
  • Exercite-se regularmente. Aprenda técnicas de relaxamento que sejam eficientes para reduzir o estresse. Durma por mais tempo – o sono é absolutamente necessário para quem sofre de ansiedade. Você nunca deve abrir mão dele de propósito.
  • Tente beber um copo de chá de camomila durante a noite. Evite cafeína, refrigerantes e nicotina – tais produtos são estimulantes.
  • Mesmo que isso seja óbvio para algumas pessoas, sempre se lembre de que sua família existe para apoiá-lo, amá-lo e protegê-lo. Não receie em contar seus problemas a eles, mesmo que isso seja embaraçoso.
  • Experimente diversas atividades para acalmar sua ansiedade.
     Reproduzido Site:  pt.wikihow
As fotos são ilustrativas, reproduzidas Internet.