Loira do bem ∞ : 12/16/11

sexta-feira, dezembro 16, 2011

Pitaco de Loira: Papai Noel dos Correios -Vale a pena ser um(a):)



Ontem quando fui postar um Sedex no Correio..enquanto aguardava na fila - me deparei com aquela quantidade enormes de cartinhas das crianças para o Papai Noel - Como foi o niver da Iza,que faleceu precocemente mês atrás - eu não podia desta vez enviar nenhum presente- de supetão sai da fila - vou ser a Mamãe Noel de uma criança então,que tenho certeza que estarei de certa forma - enviando bons fluídos a ela e com certeza, aprovaria minha atitude. Pela primeira vez eu fiz, talvez não, movida mesmo pela ausência e perda da amiga. A quantidade de cartas é enorme, uma mais graciosa que a outra, com desenho, erros aos tantões de Portugues..doeu saber, que muitos não serão atendidos, porque, são poucos os colaboradores e doadores. Me pus a pensar quando criança pequena, meu Pai"Fidel" rsrs, se desculpava dizendo que aquilo era "puro comércio" que Jesus mesmo nasceu numa manjedoura- mas confesso que muitas vezes, queria a forca de Noel,pois o achava um capitalista negligente e que só agradava as crianças de posse. 
E Por falar em Capitalismo, a maioria das cartinhas, como a gente vê, o poder influenciador da Mídia nelas,eles querem Robô, Helicoptero voador, Patins, Computador,Skate .... 
Creio eu que talvez para algumas crianças decepcionadas suas mães terão que conter o choro, esconder o pranto e dizer que o tal Noel,velhinho errou a entrada do chaminé -o trenó não deslizou pois aqui não havia neve, ou ele está velho demais para viajar milhas assim..mas que muita criança vai ficar no chororô danado vai.. E entre algumas cartas, eu logo me identifiquei com a da Émily, 09 anos que dizia estar indo para a 5 Série e que precisava de material escolar. Fiquei a imaginar que criança seria esta, de ao invés de pedir um brinquedo como é o de praxe, preferia os cadernos..uma como eu,quando criança pequena, eu pedi para minha "irmãe" mais velha,O Dicionário, ao ler os livros,queria entender o sinônimo das palavras que eu lia.
Bem- material comprado,cadernos,caixa de lápis de cor e adereços..Lembrei do Pe Fabio de Melo que disse, que percebeu que era pobre (na minha linguagem social "menos favorecido") quando criança, ao ir para a escola e não ter uma caixa de lápis de cor com 24. SIC - o que o diferenciava dos demais. 
Embora a menina tenha feito o pedido do material escolar é óbvio que quando abrisse o tal embrulho, estaria esperando porr algo a mais.. já que fez questão de "destacar" - Eu fui uma boa menina, estudei direitinho o ano todo e passei para a 5 Série. Qualquer pessoa um pouco sensível ou que se colocasse no lugar dela(empatia) iria ter o mesmo sentimento que tive - acrescentei uma Barbie para ela e um Jogo de Quebra Cabeças da montagem de um Circo (para estimular o raciocínio lógico) e com os seguintes dizeres:"Como voce foi uma criança estudiosa o ano inteiro,resolvi de dar um Prêmio continue a estudar mais e mais que a recompensa sempre virá sem esperar" ....E como é incrivel ...fiquei a pensar... até nas coisas amargas, a gente vê o belo...pois sem a partida da Iza- talvez eu não teria esse insigth de realizar o sonho da criança... "ficaadica# ..quem puder faça...É imensurável imaginar o brilho no olhar de uma criança !!!
PS: Aonde ministro aulas,os moradores são credenciados e escolhemos o nome de uma criança para dar presente -mas eu nunca havia participado desta experiência antes em Correio.
Em Tempo: Lembro que anos atrás um Chefe de uma das empresas que eu trabalhei, dizia que o socialista "Fidel" era o "invejoso",eu não tenho  e não deixo o capitalista ter.. Confesso que sem refletir muito cheguei até a pensar desta forma por uns tempos, mas não concordo mais com isto - o que poucas pessoas compreendem é que não condenamos o Ter, Ganhar - Como tão bem falou Roger Waters, não há nada de errado,em ter dinheiro,ganhar,enriquecer,mas,desde que saibamos,ser justos com os demais,e vez ou outra praticar o altruísmo.

O que nos incomoda é a ganância,o desejo exarcebado de ter, e passar por cima de qualquer valor para vencer e  se uma pessoa tem essa consciência, sentimentos como egoísmo,avareza e o mesquinharia,vão perdendo força..a medida que doo, eu também recebo - 


Pitaco de Loira: Ouvir música faz o cérebro inteiro se iluminar

16/12/2011 Ouvir música faz o cérebro inteiro se iluminar
Ouvir música faz o cérebro inteiro se iluminar












O cérebro se ilumina praticamente por inteiro quando a pessoa está ouvindo música, um fenômeno até agora sem equivalente em termos de atividade humana. Imagem:Vinoo Alluri

Poder ativador da música

Cientistas da Finlândia descobriram uma nova técnica inovadora que permite estudar como o cérebro processa diferentes aspectos da música.

Em uma situação realística de "curtir a música predileta", a técnica analisa a percepção do ritmo, tonalidade e do timbre, que os pesquisadores chamam de "cor dos sons".

O estudo é inovador porque ele revelou pela primeira vez como grandes áreas do cérebro, incluindo as redes neurais responsáveis pelas ações motoras, emoções e criatividade, são ativadas quando se ouve música.

Cérebro iluminado
Os efeitos da música sobre as pessoas sempre foram mais assunto de poetas e filósofos do que de fisiologistas e neurologistas.

Mas os exames de ressonância magnética permitem gerar filmes que mostram como os neurônios "disparam", literalmente iluminando cada área do cérebro nas imagens produzidas na tela do computador.

Para estudar os efeitos de cada elemento musical sobre o cérebro, o Dr. Vinoo Alluri e seus colegas da Universidade de Jyvaskyla escolheram um tango argentino.

A seguir, usando sofisticados algoritmos de computador, eles analisaram a relação das variações rítmicas, tonais e timbrais do tango com as "luzes" produzidas no cérebro.

Emoção na música

A comparação revelou algumas coisas muito interessantes, mostrando que a música ativa muito mais áreas do que aquelas relacionadas à audição.

Por exemplo, o processamento dos pulsos musicais aciona também áreas do cérebro responsáveis pelo movimento, o que dá suporte à ideia de que música e movimento estão intimamente relacionados.

As áreas límbicas do cérebro, associadas às emoções, estão também envolvidas no processamento do ritmo e da tonalidade.

Já o processamento do timbre depende de ativações da chamada rede de modo padrão, associada com a criatividade e com a imaginação.

Além do interesse científico, estas informações são valiosas para compositores, que poderão "mexer" em suas melodias dependendo da emoção que querem transmitir com suas músicas.

Reproduzido: Redação do Diário da Saúde Fonte: http://www.diariodasaude.com.br

Almir Sater encerra agenda de shows em Auriflama

*Imagem: Gabriel Teixeira e Angélica Mariz -DF 08/12/11



































Almir Sater encerra sua tão concorrida, agenda de shows, no próximo dia 17, na cidade de Auriflama, SP num show emocionante e ambiente requintado.
O Violeiro Almir Sater comemora 30 anos de carreira e sobe ao palco, para celebrar canções marcantes como Trem do Pantanal, Cavaleiro da Lua e as clássicas Tocando em Frente, Um Violeiro Toca e Chalana.
O show mescla as canções conhecidas com o ultimo Album,"7 Sinais", sem deixar de lado o toque magistral e ímpar de viola, que o tornou consagrado.

Considerado um dos artistas mais completos da música brasileira, pela sua multiplicidade de talentos e graças ao seu virtuosismo na viola caipira que tocava desde os 12 anos e já gostava do mato e sons da natureza.

Com dez álbuns solos e centena de shows lotados por todas as regiões do país, Sater tornou-se um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas. O músico acrescentou um toque mais sofisticado ao instrumento, estilos como blues e rock, embalados pela pegada do folk,uma mistura de música folclórica, linha erudita e popular, considerada atemporal, e com influências da cultura do seu estado, como a música andina e paraguaia.

É um dos poucos que não deixou a emoção de lado e a música flui de dentro do coração e do interior da alma. Dono de personalidade simples e carismática, o artista é um dos mais requisitados, para abrilhantar shows, eventos culturais e corporativos por todo o país.

Também obteve grande destaque como ator nas novelas:''Pantanal'' (1990),''Ana Raio e Zé Trovão''(1991),''O Rei do Gado''(1996) e ''Bicho do Mato''(2006). Em 2010, o músico foi um dos convidados para gravação do DVD Emoções Sertanejas, em homenagem aos 50 anos de carreira de Roberto Carlos.

Além da multiplicidade de talentos, é considerado um preservacionista do meio ambiente, estimulando a conscientização e a preservação dos costumes do homem pantaneiro. Almir Sater estará acompanhado pelos músicos renomados de sua banda.

SERVIÇO:
Quando:17/12/11- sábado.
Onde: Auriflama-SP
Horas: Abertura dos portões 21:00 h
Local :Centro Pastoral.
Investimento em Valores R$:
Variam de R$ 500,00 à R$ 1.000,00 de acordo com a localização no salão.
Mesas para oito pessoas incluso água, refrigerante e 03 vales porção de frios-
Nota:à partir do dia 10 Dez - Ingressos Individuais R$ 100.00-
Ponto de Venda e Reserva de Mesas e Informações adicionais:
Site: http://facebook.com/MSBUFFETEDECORACAO
MSN: msbuffetedecoracao@hotmail.com
Marcos (17) 9106-6293 - (17) 9641-340

Julgando os outros conforme a visão de terceiros -A Raposa e o Lenhador

Reza uma lenda que  um lenhador acordava às 6 horas da manhã e trabalhava o dia inteiro cortando lenha. Só parava tarde da noite. Ele tinha um filho, lindo, de poucos meses e uma raposa, sua amiga, tratada como bicho de estimação e de sua total confiança.
Todos os dias o lenhador ia trabalhar e deixava a raposa cuidando de seu filho. Todas as noites, ao retornar do trabalho, a raposa ficava feliz com sua chegada.
Os vizinhos do lenhador alertavam que a raposa era um bicho, um animal selvagem, e portanto, não era confiável. Quando ela sentisse fome comeria a criança. O lenhador, sempre retrucando com os vizinhos, falava que isso era uma grande bobagem. A raposa era sua amiga e jamais faria isso.
Os vizinhos insistiam:
“Lenhador, abra os olhos! A raposa vai comer seu filho”.Quando sentir fome, comerá seu filho!”
Um dia o lenhador, muito exausto do trabalho e muito cansado desses comentários, ao chegar em casa viu a raposa sorrindo como sempre e com sua boca totalmente ensangüentada....
O lenhador suou frio e sem pensar duas vezes, acertou o machado na cabeça da raposa...
Ao entrar no quarto desesperado, encontrou seu filho, no berço, dormindo tranqüilamente e ao lado do berço uma cobra morta!!!!!!!O lenhador enterrou o machado e a raposa juntos.

Moral da Estória: Se você confia em alguém, não importa o que os outros pensem a respeito. Siga sempre o seu caminho e não se deixe influenciar e, principalmente, nunca tome decisões precipitadas,pautadas em experiências do passado ou porque convive ou já conviveu com gente ardilosa,dissimulada e gananciosa.
Cada ser humano carrega em si, suas vivências, cultura e princípios e valores. Não podemos generalizar pessoas.
Quantas vezes,em nossas vidas, somos precipitados em julgar as pessoas, pelo que o outro vem nos dizer,sem nem mesmo questionar  se de fato é a verdade sobre tal pessoa ou argumento. Acostumados a desconfiança,medo de ser traído, passado para trás, não damos oportunidades de seguir em frente, e cortamos de nossas vidas,pessoais ou profissionais, laços e elos essenciais para a nosso crescimento e abundância. 
Na Bíblia existe citações que nos fazem refletir sobre ao fazer um pré julgamento ou até embasados em opiniões de terceiros,que nem sempre representam a verdadeira,mas que agem de acordo com seu próprio interesse.
Em eclesiástico,nos diz que "Todo o que é consultado dá o seu conselho,mas há conselheiros que só atendem a si próprios.
Vê bem com quem te aconselhas,informa-te primeiro quais são os seus interesses,porque eles pensam dentro de si próprio.
Não suceda talvez que finque na terra uma estaca e te diga: O teu caminho é bom ,e  ao mesmo tempo,se ponha à parte para ver o que te acontecerá.
Consulta sobre santidade com um homem sem religião,/com um injusto sobre justiça,/com uma mulher sobre outra que ela tem ciúme/com um covarde a respeito da guerra / com um negociante acerca do tráfico de mercadorias./com o comprador sobre a venda,/com um invejoso sobre o reconhecimento,/com o ímpio sobre piedade,/com o desonesto sobre honestidade,/com o operário do campo sobre qualquer trabalho,/com o jornaleiro por ano sobre o que ele deve fazer durante um ano ,/com o servo preguiçoso a respeito do muito trabalho,/
Nunca te aconselhes com estes sobre tais coisas;mas comunica continuamente com um homem santo, que tu reconheceres nele fiel temor de Deus. forma dentro de ti um coração de bom conselho, porque não tens outra coisa de maior preço do que ele. Mas sobretudo pede, ao Altíssimo que dirija teu caminho em verdade.
Uma  palavra má transtornará o coração;porque nem todas as coisas convém a todos;nem todas as pessoas se comprazem das mesmas coisas. 
Isto vem reforçar que muitos a fim de preservar algo que julgam ser seu e para garantir seu próprio interesse,pessoal ou profissional ,semearão dúvidas,incertezas e desconfiança nos corações de seus semelhantes,através de ardilosas armadilhas.
Assim como os que se sentiam incomodados pela lealdade da raposa, existirá aqueles que virão e nos dirão
-Não te fies neste colaborador,futuramente ele pode vir a colocá-lo em condições de prejuízos financeiros"
-Não confie neste relacionamento, poderá ser traído(a), e serás motivo de chacota ou vergonha ou grande amargura.
-Não leve esse projeto adiante, ele não está mesmo apresentando resultados imediatos.não vale a pena.
-Não faça aquela viagem ela talvez não será fortuita. Não crie laços ou amizade com esta pessoa, ela poderá ser motivo de grande decepção.talvez não seja confiável.
E,nós,amadores,desconfiados, ou até ressabiados, por viver experiências no passado semelhantes,acatamos por impulso,medo ou precaução.
Quando na verdade, tudo que um individuo assim deseja é ,tirar do caminho, o que considera a "pedra" no dele, talvez por ser  menos evoluído,e não doutrinado espiritualmente,não se libertou ainda do egoísmo e das fraquezas de ser  ganancioso, materialista, individualista ou inseguro quanto as suas habilidades pessoais ou profissionais.
"Quem decide um caso sem ouvir a outra parte não pode ser considerado justo, ainda que decida com justiça." (Sêneca)


Desejo Paz e Bem !!!

Pitaco de Loira:" A gente sempre destrói aquilo que mais ama".

Estava eu a ler sobre uma critica do filme '"O Retrato de Dorian Gray"adaptado da obra prima do gênio Oscar Wilde, e sobre qual me deparei ao reler sua biografia, com essa frase esmagadora e tão realista:
" A gente sempre destrói aquilo que mais ama / em campo aberto, ou numa emboscada; /alguns com a leveza do carinho / outros com a dureza da palavra; / os covardes destroem com um beijo, /os valentes, destroem com a espada.(in Balada do Carcere de Reading, 1898)-
E o quanto ela é uma verdade irrefutável e dolorida ...pois realmente,cometemos esses deslizes e fraqueza, ao longo de nossas vidas, consciente ou inconscientemente, o de destruir o que nós mais amamos, seja pelo grau de intolerância, de insegurança, medo ou por sentimentos de orgulho, arrogância , altivez.
E assim, deixamos de viver ou conviver com o que de fato importa para nós, às vezes, pelo rigidez de não querer ceder ou admitir o quão o outro é importante para nós, ou por não dar "o braço a torcer", ou por estarmos cegos em ver a razão, deixamos nos levar pela emocão, e num ímpeto colocamos tudo a perder, seja num relacionamento pessoal, profissional ou laço de amizade.

E em fração de segundos, tudo que fora construído, os laços atrelados,vão se extinguindo e quando acordarmos, talvez, não tenhamos mais tempo ou oportunidade de reparar o dano feito não só ao outro, como a nós mesmos, por simples vaidade e orgulho da não aceitação.
Ficamos "emburrados", passamos anos a fio, sem relevar um simples desagravo, uma palavra mal colocada ou até dita de forma inoportuna, movida por alguma fato que foge ao nosso entendimento., e que um diálogo, uma conversa espontanea com certeza, amenizaria ou pelo menos colocaria fim as nossas dúvidas, incertezas quanto ao relacionamento pessoal, familiar, profissional, se devemos descartá-los.

Temos a mania de nos calar quando deveríamos falar e falamos quando na verdade deveríamos nos calar.

Tem uma frase de Pe Fábio de Melo, que retrata essa grande verdade e da qual eu tenho sempre recorro, antes de emitir qualquer julgamento ou ao decidir cortar laços e definitivos, que envolvam desentendimento, divergência ou disputa. "Diga -me quem voce mais perdoou na vida e eu te direi quem voce realmente amou " -é um fato, quando rompemos uma amizade, um relacionamento e ignoramos o outro, e não somos capazes de voltar atrás, é porque não nutríamos nenhum sentimento relevante ou consideração, porque mesmo ferido, frustrado ou decepcionado, faríamos como Shakespeare" -Voce pode ter feito tudo errado, mas eu continuo aí do seu lado" -


Eu acho que tudo que a gente precisa é de alguém que esteja ao nosso lado, mesmo tendo se decepcionado ou frustrado conosco, mas que tenha a sensibilidade e a humanidade de pesar na balança antes o que fizemos de bom, os prós e contras. Este seria o maior bálsamo, só podemos nos considerar justos, retos e tementes a Deus, se de fato em nosso coração, houver humildade e o de prevalecer acima da intolerância, orgulho e o egoísmo. Fora isto, tudo é vaidade, ego e superficialidade movidos apenas por interesse próprio. Aí não podemos culpar o outro, e sim a nós próprios, que faltamos com a lealdade e lisura em nossas ações.Só o que é verdadeiro, consistente é capaz de resistir a qualquer intempérie ou vendaval.
By Loira Do bem