domingo, 30 de outubro de 2011

31/10 Halloween Doce ou Travessura ( Trick-or-treat) ???

A Data de 31 de Outubro é mundialmente conhecida como "O dia das Bruxas ou Halloween", que é uma festa típica que acontece nos países anglo-saxônicos, com especial relevância nos Estados Unidos.

A palavra Halloween tem origem na Igreja católica. Vem de uma palavra contraída do dia 1 de novembro, "Todo o Dia de Buracos" (ou "Todo o Dia de Santos"), é um dia católico de observância em honra de santos. Mas, no século V DC, na Irlanda Céltica, o verão oficialmente se concluía em 31 de outubro. O feriado era Samhain, o Ano novo céltico.

Alguns bruxos acreditam que a origem do nome vem da palavra hallowinas - nome dado às guardiãs femininas do saber oculto das terras do norte (Escandinávia).

O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-novo. Celebra também o final da terceira e última colheita do ano, o início do armazenamento de provisões para o inverno, o início do período de retorno dos rebanhos do pasto e a renovação de suas leis. Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Mas o que ficou mesmo foi o escocês Hallowe'en.


Uma das lendas de origem celta fala que os espíritos de todos que morreram ao longo daquele ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar pelo próximo ano. Os celtas acreditavam ser a única chance de vida após a morte. Os celtas acreditaram em todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturassem com o dos vivos.

Como os vivos não queriam ser possuídos, na noite do dia 31 de outubro, apagavam as tochas e fogueiras de suas casa, para que elas se tornassem frias e desagradáveis, colocavam fantasias e ruidosamente desfilavam em torno do bairro, sendo tão destrutivos quanto possível, a fim de assustar os que procuravam corpos para possuir, (Panati).

Os Romanos adotaram as práticas célticas, mas no primeiro século depois de Cristo, eles as abandonaram.

O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passa ser conhecido como o Dia das Bruxas.

A brincadeira de "doces ou travessuras" é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas, os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha.

Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu.


A ORIGEM DA LANTERNA



A vela na abóbora provavelmente tem sua origem no folclore irlandês.
Um homem chamado Jack, um alcoólatra grosseiro, em um dia 31 reza a lenda que o diabo veio levar sua alma. Desesperado, Jack implora por mais um copo de bebida e o diabo concede.
Jack estava sem dinheiro para o último trago e pede ao Diabo que se transformasse em uma moeda. O Diabo concorda.
Mal vê a moeda sobre a mesa, Jack guarda-a na carteira, que tem um fecho em forma de cruz.
Desesperado, o Diabo implora para sair e Jack propõe um trato: libertá-lo em troca de ficar na Terra por mais um ano inteiro. Sem opção, o Diabo concorda.
Feliz com a oportunidade, Jack resolve mudar seu modo de agir e começa a tratar bem a esposa e os filhos, vai à igreja e faz até caridade.
Mas a mudança não dura muito tempo, não.

No próximo ano, na noite de 31 de outubro, Jack está indo para casa quando o Diabo aparece. Jack, esperto como sempre, convence o diabo a pegar uma maçã de uma árvore. O diabo aceita e quando sobe no primeiro galho, Jack pega um canivete em seu bolso e desenha uma cruz no tronco. O diabo promete partir por mais dez anos.
Sem aceitar a proposta, Jack ordena que o diabo nunca mais o aborreça.
O diabo aceita e Jack o liberta da árvore. Para seu azar, um ano mais tarde, Jack morre. Tenta entrar no céu, mas sua entrada é negada. Sem alternativa, vai para o inferno.
O diabo, ainda desconfiado e se sentindo humilhado, também não permite sua entrada, e como castigo, o diabo joga uma brasa para que Jack possa iluminar seu caminho pelo limbo. Jack põe a brasa dentro de um nabo para que dure mais tempo e sai perambulando.

Os nabos na Irlanda eram usados como "lanterna do Jack " originalmente. Mas quando os imigrantes vieram para a América, eles acharam que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. Então Jack O'Lantern (Jack da Lanterna).
Na América passa a ser uma abóbora, iluminada com uma brasa.
Sua alma penada passa a ser conhecida como Jack O'Lantern (Jack da Lanterna).
Quem presta atenção vê uma luzinha fraca na noite de 31 de outubro. É Jack, procurando um lugar.Eu hem.. #medo# rsrsrs...
A abóbora: Simboliza a fertilidade e a sabedoria.A vela: .Indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral.

O Halloween pelo Mundo

A festa de Halloween, na verdade, equivale ao "Dia de Todos os Santos" e o "Dia de Finados", e foi absorvido pela Igreja Católica para apagar os vínculos pagãos, dando origem a festa. Os países de origem hispânica comemoram o Dia dos Mortos e não o Halloween. No Oriente, a tradição é ligada às crenças populares de cada país.

Como no Brasil, comemora-se o Dia de Todos os Santos em 1º de novembro e Finados no dia seguinte. As pessoas usam as datas para relembrar os mortos, decorando túmulos e lápides de pessoas que já faleceram.

A Irlanda é considerada como o país de origem do Halloween. Nas áreas rurais, as pessoas acendem fogueiras, como os celtas faziam nas origens da festa e as crianças passeiam pelas ruas dizendo o famoso “tricks or treats” (doces ou travessuras).

No dia 1º comemora-se o Dia dos Anjinhos, ou Dia dos Santos Inocentes, quando as crianças mortas antes do batismo são relembradas.
No México,O Dia dos Mortos (El Dia de los Muertos), 2 de novembro, é bastante comemorado no México. As pessoas oferecem aos mortos aquilo que eles mais gostavam: pratos, bebidas, flores. Na véspera de Finados, família e amigos enfeitam os túmulos dos cemitérios e as pessoas comem, bebem e conversam, esperando a chegada dos mortos na madrugada.
Uma tradição bem popular são as caveiras doces, feitas com chocolate, marzipã e açúcar.

Nesse país,a Tailândia existe o festival Phi Ta Khon, comemorado com música e desfiles de máscaras acompanhados pela imagem de Buda. Segundo a lenda, fantasmas e espíritos andam entre os homens. A festividade acontece no primeiro dia das festas budistas.
Fontes: Internet -Google Diversas-
#blessed

Pitaco de Loira: A morte não é nada. - Iza, você permanece comigo

Setembro deveria ser o mês da primavera, da roda que gira, da semente e semeadura, dos frutos que a gente colhe, dos sonhos se transformando em realidade, de felicidade e de projetos idealizados sendo enfim, realizados.

Para mim foi o mês de turbilhão de emoções, de um dia para o outro tudo na vida, virou de cabeça para baixo. Pessoas que antes me paparicavam, enchiam-me de palavras de gratidão e demonstravam gratidão, num piscar de olhos, me viraram às costas, sem um mínimo de compaixão ou de reconhecimento, me deixando à deriva.

Adoeci, pois quando perdemos, somente coisas materiais, a gente se aperta, mas consegue de um modo ou de outro, enxergar uma luz no fim do túnel, mas quando te sangram a alma, pessoas das quais nutrimos tanto respeito e admiração (pela segunda vez),  isto acontece - é de tirar o prumo e perder o rumo e o desencanto permeia meu pensamento desde então.

E, como se não bastasse tudo isto, desde o dia 22 do mês que deveria ser o da primavera, do plantio e colheita, uma pessoa aparentemente saudável, como a Iza, cheia de vida, energia e sonhos, a vida vem e passa essa rasteira. É muito sinistro isto, fim de semana antes, estava dia 17, no show de Almir Sater, no Citibank Hall, ela até havia me dito, "se o artista cantar cavaleiro da Lua", rock blues- que gostamos, te ligo na hora(ela fã de Bono Vox  e eu a vida toda de Pink Floyd, vide Roger Waters) Raulzito, LZ- 
Me arrependo do que eu não fiz, até convite VIP, havia ganho, para estar neste show - por motivos de força maior, não fui- seria a chance de estar junto de minha amiga e guardar para sempre na memória, um momento feliz.

Mas, infelizmente a gente não tem a bendita bola de cristal, para saber que no dia seguinte, tudo vai se transformar em tragédia. O que me conforta, é que durante todos os dias, nos falamos, do hospital, eu não abandonei minha amiga, nem me importei que a vida aqui fora, corria ao contrário do que eu queria, se danem, os avarentos, egoístas, mesquinhos, inseguros, interesseiros de plantão. Um dia, a roda gira, quem está em cima desce, quem está embaixo, sobe, é a Lei do Universo -

Foram 30 dias de luta, sábado agora, foi aniversário do meu pai, se vivo estivesse, cheguei até pedir a ele, em oração, que conversasse com a hierarquia, os anjos e os mentores, (pois acho que Deus mesmo deve ficar num plano mais elevado espiritualmente), sobre ajudar na cura de minha amiga, para que ela saísse daquele estado de letargia, mas infelizmente não adiantou.

Domingo para segunda, tive diversos sonhos, flash, acordei assustada, e disse para eu mesma - Eu não vou abrir Internet hoje, de jeito nenhum - não estou preparada para fazer nada essa semana- e fui atrás de um significado para meu sonho- e ...infelizmente, era.. "notícia da morte de uma pessoa distante"-

Interrompi na hora e não li até o final, pois achei que isto era mau agouro - mas não deu outra - quando abri o facebook, lá estavam as pessoas, que a conheciam em comum - falando se eu já sabia do ocorrido- Primeira coisa me veio a música de Chico Buarque - 'Pai afasta de mim esse cálice Pai"...

Só acreditei mesmo quando eu liguei para os parentes e depois quando a própria mãe (2) dela, me ligou à tarde para me confortar sobre.

Incrível essa pessoa, ao invés de eu consolar, acabei sendo consolada, que egoísmo o meu- ela preparando tudo para o funeral, a missa, recebendo familiares, gente vinda de outros países ,estados e eu, sendo consolada e me dando serenidade de que a missão dela, estava cumprida na terra, e de que, estaria sofrendo bastante no leito hospitalar.

Uma das amigas, que esteve no show de BH, ultimo de Almir, ficou emocionada, ao ver o respeito e admiração que nutro por ela, que até indagou e eu respondi ..o Por quê? eu explico e sem Freud---Eu disse no sábado, enquanto ela ainda lutava, mesmo entubada, pela vida, a essa amiga:

 É porque a Iza, tem qualidades e virtudes que não se vêem mais nas pessoas de hoje em dia -sem querer generalizar, mas ela tem caráter, princípios e valores bem definidos. Ela tinha posicionamentos muitos definidos, e não se deixava influenciar pela opinião alheia, mas era convicta nas suas ações e atitudes.

Considerava o lar, um lugar sagrado e cúmplice e quem adentrasse, deveria honrar com o respeito e ética por tal merecimento, era justa e correta nas falas, honrava a sua palavra e não deixava uma amiga na mão, nem em palavras, nem na hora das atribulações e verdadeiramente vibrava com minhas conquistas, projetos e planos adquiridos. Meu velho pai sempre me dizia,"homem que é homem honra sua palavra e palavra dada, palavra empenhada"-
E,Iza, era uma pessoa assim: amiga, advogada, doce, ponderada, sensata, educada, gentil, inteligente,
E..Iza, era assim uma pessoa divertida, generosa, que tinha muitos sonhos, projetos, inclusive em casar, ter filhos, até enviei um Santo Antonio para ela, rs -reza a lenda que quando ganhamos é que dá sorte- não sei se isto é verdade, porque o meu nem de ponta cabeça resolveu -rs - até joguei fora - mas, toda a crença deve ter a sua recompensa, quem sabe a Lei da Atração, o pensamento firme e convicto,.....não sei se vale muito a pena, rezar, rezar e rezar...

Talvez seja apenas um desabafo, um momento dolorido, que estou hoje, talvez seja a chuva forte na vidraça, que molha de leve o quarto, o vento, a brisa, a tristeza, a impotência de não estar presente no adeus a minha amiga, talvez seja, a revolta que me assombrou de repente o coração..não sei ...não sei..só sei que minha alma está fragmentada, e eu preciso aos poucos, voltar a ter motivos para acreditar de novo, na vida, nas pessoas, o dom de sonhar, de ser otimista e crente nos homens de boa vontade, porque com certeza, tudo o que eu sei, hoje, é que estarei mais pobre espiritualmente e socialmente e isto não há status, dinheiro que possa pagar. -Dá raiva, talvez se ela não fosse tão gente boa, não seria requisitada agora, para o andar de cima ,de forma tão prematura...

Enfim tudo o que me resta é dedicar esse espaço, pelo amizade fraternal que nos unia,"Eu só posso agradecer por tudo, pelo exemplo de dignidade, princípios e valores que tinha, tão arraigados dentro de si, e dos quais me fizeram acreditar, em momentos tão nebulosos que passei, ao perder a fé nas pessoas, que existem de fato, as que são dignas de todo o respeito e consideração. As lágrimas que hoje derramo, a revolta que brota em meu coração, não tem fé que no momento vai amenizar, só o tempo vai poder estancar esse rombo que se abateu sobre mim e no meu coração. Obrigada por ter feito parte de minha vida, siga em Paz , até o dia que nos encontramos novamente. Para sempre minha amizade e estima verdadeira.

Fica aqui minha homenagem -eterna amizade e estima, sob o maior som do planeta...Roger Waters, ex Pink Floyd,

O por que?-Eu quero guardar para sempre na memória, o dedo de prosa, e sua risada e surpresa, onde, trocando figurinhas, dias antes, no domingo dia 18/09 , após vir contar sobre show de Almir Sater e às gargalhadas, de que não se conformava, por eu ter eleito um "terceira idade"- Waters (das quais te fazia rir quando estava até mesmo no hospital toda a vez que lembrava o episódio) sic- como um destes "homens" -um ser em extinção e raro que ainda permeiam o planeta Terra..e que encantam, não só pelo talento em si, mas pela postura, princípios e valores das quais não abrem mão de suas convicções e por nada que o façam desistir no meio do caminho"
Ano após ano
Correndo sobre este mesmo velho chão
O que encontramos?
Os mesmos velhos medos
Queria que você estivesse aqui ...
Wish You Were Here
A morte não é nada.
Apenas passei ao outro mundo.
Eu sou eu. Tu és tu.
O que fomos um para o outro ainda o somos.
Dá-me o nome que sempre me deste.
Fala-me como sempre me falaste.
Não mudes o tom a um triste ou solene.
Continua rindo com aquilo que nos fazia rir juntos.
Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo.
Que o meu nome se pronuncie em casa
como sempre se pronunciou.
Sem nenhuma ênfase, sem rosto de sombra.
A vida continua significando o que significou:
continua sendo o que era.
O cordão de união não se quebrou.
Porque eu estaria for a de teus pensamentos,
apenas porque estou fora de tua vista ?
Não estou longe,
Somente estou do outro lado do caminho.
Já verás, tudo está bem.
Redescobrirás o meu coração,
e nele redescobrirás a ternura mais pura.
Seca tuas lágrimas e se me amas,
não chores mais.
SANTO AGOSTINHO
SIGA EM PAZ Izabel até que nos encontremos de novo que o Pai Celestial te guarde nas suas mãos!!!
Em homenagem a minha amiga Izabel Oliveira 15-12-1976 -24-10-2011)

Pré-venda de ingressos para show de Roger Waters em São Paulo começa nesta sexta


Ingressos para vendas do "maior espetáculo da terra,o show de Roger Waters começa a ser divulgado.

Ex-líder do Pink Floyd se apresenta em Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo em 2012; pré-vendas começam no dia 28 de outubro

Foram divulgados nesta quarta-feira (26) os preços e datas de venda para os shows de Roger Waters no Brasil em 2012. Em Porto Alegre (25 de março, no Beira rio) as entradas custam entre R$ 180 e R$ 500. No Rio de Janeiro (29 de março, no Engenhão) o valor varia de R$ 180 a R$ 600. Já em São Paulo (dias 31 de março e 1º de abril) o preço vai de R$ 180 a R$ 900.


As vendas acontecem no site Tickets For Fun, nos pontos de venda e pelo telefone 4003 5588. Veja no final da matéria o serviço com todos os preços por cidade. Clientes dos cartões American Express e Bradesco terão direito a uma pré-venda exclusiva. Em Porto Alegre e no Rio, a pré-venda ocorre de 29 e 31 de outubro e as vendas para o público em geral abrem no dia 1º de novembro.
Para o primeiro show de são Paulo a pré-venda acontece entre 28 e 30 de outubro, com as vendas para o público geral no dia 31 de outubro. O segundo show de São Paulo é o último a abrir a pré-venda, entre os dias 1º e 3 de nnovembro, com a venda para o público geral a partir do dia 4 de novembro.
A turnê do álbum "The Wall" (lançado em 1979) começou no ano passado na América do Norte e em 2011 seguiu para a Europa, sempre com ingressos esgotados. Antes disso, o disco só havia sido tocado na íntegra logo depois do lançamento e em julho de 1990, para comemorar a queda do muro de Berlim.
Um dos discos mais bem-sucedidos da carreira do Pink Floyd, "The Wall" (um álbum duplo conceitual) vendeu 23 milhões de cópias. Pouco depois, foi adaptado para o filme "Pink Floyd The Wall" (82), dirigido pelo cineasta Alan Parker.
Com uma infra-estrutura que pesa, no total, 112 toneladas e precisa de 21 caminhões para ser transportada, a turnê usa alta tecnologia para reproduzir o som original do álbum, escrito e produzido por Waters. O espetáculo conta com telões, som quadrafônico, efeitos especiais, fogos de artifício, o porco voador, bonecos infláveis, o famoso avião batido e as imagens originais de Gerald Scarfe.
A última vez que Waters havia vindo ao continente foi em 2007, tocando outro álbum do Pink Floyd, "The Dark Side of the Moon".
SERVIÇO
Roger Waters em Porto Alegre
25 de março
Estádio Beira Rio (Av. Padre Cacique, 891)
Ingressos: R$ 180 (cadeira descoberta), R$ 240 (pista e anel inferior), R$ 280 (cadeira coberta) e R$ 500 (pista prime)
Venda: Tickets For Funpontos de venda e pelo telefone 4003 5588
Roger Waters no Rio de Janeiro
29 de março
Estádio Engenhão (Rua Arquias Cordeiro, s/nº)
Ingressos: R$ 180 (setor superior), R$ 250 (pista), R$ 300 (setor inferior) e R$ 600 (pista prime)
Venda: Tickets For Funpontos de venda e pelo telefone 4003 5588
Roger Waters em São Paulo
Dias 31 de março e 1º de abril
Estádio Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 )
Ingressos: R$ 180 (arquibancada laranja), R$ 200 (arquibancada vermelha, arquibancada azul), R$ 240 (arquibancada especial), R$ 300 (setor inferior), R$ 450 (setor superior, setor 4), R$ 500 (setor 3), R$ 550 (setor 2), R$ 650 (setor lateral, setor 1), R$ 750 (setor VIP), R$ 900 (setor prime)
Venda: Tickets For Funpontos de venda e pelo telefone 4003 5588
http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/musica/ingressos-para-shows-de-roger-waters-variam-entre-r-180-e-r-900/n1597325942510.html
Fonte: 
Ooooh Voce não pode me alcançar agora Não importa a forma de que voce tente !!!
Ooooh, you cannot reach me nowOoooh, no matter how you try ...

sábado, 29 de outubro de 2011

LER É PRECISO - 29 OUTUBRO DIA NACIONAL DO LIVRO



Pitaco de Loira DIA NACIONAL DO LIVRO -29 de Outubro
LER É PRECISO ---

Você sabe por que comemoramos o dia Nacional do Livro no dia 29 de outubro? Por que foi nesse dia, em 1810, que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada a Biblioteca Nacional e esta data escolhida para o DIA NACIONAL DO LIVRO. 
O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "MARÍLIA DE DIRCEU", de Tomás Antônio Gonzaga.
Comemore também!
Comemore o dia do livro: lendo; presenteando com livro, ou, escrevendo uma frase.
Fonte: http://www.prolivro.org.br/ipl/publier4.0/texto.asp?id=557

"Um público comprometido com a leitura é crítico rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por idéias."(Mário Vargas Llosa)-

"Um publico que vem a uma Feira de Livros é um público especial.Uma CIDADE que prestigia o Livro é uma cidade especial[Almir Sater]

O pior analfabeto
É o analfabeto político,
Ele não ouve, não fala,
Nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe o custo da vida,O preço do feijão, do peixe, da farinha,
Do aluguel, do sapato e do remédio.
Dependem das decisões políticas.
O analfabeto político
É tão burro que se orgulha
E estufa o peito dizendo que odeia a política.
Não sabe o imbecil que,da sua ignorância política
Nasce a prostituta, o menor abandonado,
E o pior de todos os bandidos,
Que é o político vigarista,
Pilantra, corrupto e lacaio dos exploradores do povo."
[Berthold Brecht]

Almir Sater em Campinas - Revista IN

Almir Sater em Campinas - Revista IN

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A importância da estratégia no mundo corporativo

Visão Holística e sistêmica no mundo corporativo --
"É hora de amadurecer, não podemos mais viver num mundo novo com ideias velhas"
Empresas são pagas pra gerar riqueza, não para controlar custos.”“A coisa mais importante para lembrar sobre qualquer empresa é que os resultados só existem do lado de fora. Do lado de dentro da empresa só existem custos. --Peter Drucker - "o Pai da administração moderna"-






A maneira mais simples de se enxergar estratégia é pensar que a empresa está em um ponto "A" e precisa atingir um ponto "B". Estratégia é o que deve ser feito para se chegar lá, o que nem sempre é uma linha reta. Aí entra a inteligência do estrategista em analisar as muitas variáveis envolvidas no processo e escolher aquela que melhor se aplica à situação. Quem costuma velejar sabe que para ir do ponto "A" ao "B" às vezes é preciso viajar em zigue-zague para aproveitar melhor os ventos. Porém, a ideia de pontos "A" e "B" é apenas uma ilustração simples, mas nem sempre reflete a realidade.

Há situações em que a melhor estratégia é não ir ao ponto "B" ou, talvez, até mesmo sair do segmento ou do mercado. Uma boa estratégia não pode partir de premissas imutáveis e deve levar em conta as possibilidades. Infelizmente muitas empresas procuram uma estratégia para negócios do tipo "Queremos vender areia no Saara" e até acabam encontrando um consultor que faça um bonito trabalho neste sentido. Sem resultado, porém.

O que está acontecendo com maior freqüência, tanto para profissionais como para empresas, é que hoje somos obrigados a dirigir com um para brisa convexo, como uma lente que permita enxergar em 360 graus. Um olho fica no destino, mas o outro fica atento a mudanças repentinas no mercado. Antigamente fazíamos planos para vinte anos, depois para dez, depois para cinco, para três... Hoje um terrorista qualquer assume o controle de um avião e muda o mundo em questão de minutos. A melhor estratégia hoje é a estratégia da mudança contínua, ou melhor, da prontidão para a mudança.

O relacionamento interpessoal é apenas uma das facetas do marketing pessoal. O marketing pessoal tem por objetivo criar uma marca positiva por onde quer que passemos, portanto é um trabalho de "marcar" pessoas com nossas qualidades para que elas multipliquem essa percepção. O bom marketing pessoal é como um perfume, que deixamos por onde quer que passemos, quer criemos um relacionamento mais estreito com as pessoas que encontramos, quer não.

Acho que o gesso é sempre um problema para qualquer negócio. Empresas engessadas demoram a perceber que estão no caminho errado ou que demoraram demais para adotar uma nova rota. Mesmo que uma empresa apele para um bom profissional, devemos nos lembrar de que esses profissionais também são seres humanos, sujeitos a erros, a teimosias e a uma visão equivocada do mercado. Como fazemos com a saúde, nunca é demais buscar uma segunda opinião.

O que às vezes é preciso é um planejamento mais enxuto, mais de guerrilha, de campo de batalha, sem muitas delongas em seguir o figurino e preencher todas as etapas.

Não existe prosperidade sem trabalho, sem planejamento, sem uma visão clara e inteligente dos objetivos da empresa ou do profissional. Em marketing, entendo que essa visão clara está em ter bem definido quem é nosso cliente e sua capacidade de compra. Nem sempre um bom produto ou serviço garante que minha empresa vá prosperar. Eu posso vender Ferraris, mas se quiser fazer isso para uma comunidade pobre em um país subdesenvolvido, não vou conseguir. Deve haver inteligência em qualquer negócio para avaliar todas as possibilidades.

Deixar claro para o empreendedor que marketing não é propaganda, mas todo um conjunto de ações que envolvem detectar, analisar e atender de forma lucrativa as necessidades e desejos de um mercado. O que muitas vezes acontece é um problema de comunicação. Se você perguntar, a maioria das empresas dirá que está investindo em marketing porque colocou um anúncio no jornal. Quando nada acontece, o empresário acaba concluindo que nem mesmo uma estratégia de marketing foi capaz de fazer algo por sua empresa.

Estamos vendo um mundo que muda o tempo todo e onde a prosperidade cresce mais pelo diálogo do que pela força, e o brasileiro é bom no diálogo, no relacionamento e na facilidade de se adaptar às mudanças.

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante.

sábado, 22 de outubro de 2011

Foi assim que eu percebi: Nem tudo que reluz é outro, que o diga Otelo de Shakespeare!

  "A abelha que tem o mel na boca tem um ferrão na cauda" - John Lyiy - Foi assim que   que eu avaliei, após assistir o filme Otelo, ou seja cuidado com os bajuladores e suas reais ou segundas intenções, pois nem tudo que reluz é ouro.
Quase todos um dia na vida, já leram (livros) ou viram (filmes), embasados nas peças do poeta e dramaturgo inglês, o bardo Shakespeare. Particularmente, gosto muito do que ele produziu e são sempre atuais, a forma com que ele traz à tona, nossos sentimentos, vicissitudes e misérias humanas. E, podemos refletir, e tirar aprendizados interessantes a respeito. Desde que o mundo é mundo, sempre existiram pessoas, com caráter menos nobre, que usam de mecanismos ardilosos, para defender seus interesses próprios, com uma intenção nada generosa por trás dos gestos. Geralmente, essas pessoas, são perspicazes, solícitas, acima de qualquer suspeita, até faz acreditar que são parceiros, nos campos pessoais ou profissionais, conselheiros,  e as pessoas, que não tem a "mesma" má índole, são vítimas destas armadilhas e de forma infame, colocando tudo a perder, pelo excesso de confiança e lealdade ou até mesmo de insegurança. Para exemplificar esse universo de sentimentos tão contraditórios, em nós seres, uma resenha sobre Otelo:

A trama se baseia na vingança de Iago, alferes de Otelo, um general mouro, que casou-se com Desdêmona, filha de um rico senador, devido a promoção que ele considerava injusta a Cássio, por este ter sido o intermediário deste romance, e planeja junto com outro parceiro, contar ao pai da jovem, que a mesma não se casara com alguém de sua classe. O Senador sai então a procura de Otelo a fim de tirar-lhe a vida, porém, recebe um comunicado, sobre o contra-ataque a uma esquadra Turca que se dirigia para a Ilha de Chipre e no caso, Otelo é o único considerado capaz de comandar o exército. Ele então é inocentado, e seguem o casal para Chipre.
Iago que já se encontrava no local, frustrado por seu plano, mas sendo hábil conhecedor da natureza humana, sabia das fraquezas que mais afligem a alma de Otelo: o ciúme e coloca em prática seu plano ardiloso para conseguir seu intento. Um destas vítimas será, Cássio, um dos amigos de Otelo, era o que mais possuía confiança, até mesmo por sua beleza e juventude seria, então capaz de despertar em Otelo, o mouro, um homem já maduro, o ciúme por Desdêmona, por ser uma jovem e bela mulher. Durante uma festa que os habitantes da ilha prepararam a Otelo, Iago induziu Cássio a se embriagar, culminou com o envolvimento num briga com Rodrigo, outro amigo, e quando o mouro soube do acontecido destituiu Cássio de seu posto.
Nesta mesma noite Iago começou a jogar Cássio contra Otelo, e fez o mesmo crer que a punição teria sido muito severa e que este deveria falar com Desdêmona para que ela convencesse Otelo a devolver-lhe o cargo.

Cássio não se deu conta dos planos maledicentes de Iago e aceitou a sugestão, ingenuamente, e Iago então começa a ventilar para Otelo que Cássio e sua esposa poderiam estar tendo um caso, seu plano foi tão bem traçado que Otelo começou a desconfiar de Desdêmona. Iago sabia que Desdêmona havia sido presenteada por Otelo com um lenço de linho que fora de sua mãe, o Mouro acreditava que este lenço era encantado e que enquanto sua amada o tivesse, a felicidade do casal estaria garantida,  Após ter encontrado o lenço que Desdêmona havia perdido e sabendo da crença de Otelo, Iago diz a ele, que sua mulher havia presenteado seu amante com o lenço, o deixando fora de si. Otelo já enciumado pede o lenço à esposa, que não sabe explicar o que aconteceu com ele. Neste meio tempo Iago coloca o lenço no quarto de Cássio para que ele o encontre, após isso.

Iago fez com que Otelo se escondesse para ouvir uma conversa entre ele e Cássio, os dois falam sobre Bianca, amante de Cássio, porém Otelo só escuta parte da conversa e acredita tratar-se de Desdêmona, pouco tempo depois chega Bianca a quem Cássio entrega o lenço e pede que providencie uma cópia. Otelo ficou fora de si quando viu que Desdêmona havia presenteado a outro homem com seu lenço, as conseqüências disto foram que Iago em nome de sua lealdade jurou matar Cássio para vingá-lo, porém sua intenção era matar Rodrigo e Cássio por esses representarem empecilho aos seus planos, mas na verdade o que aconteceu foi que Rodrigo morreu e Cássio ficou apenas ferido. Otelo completamente descontrolado mata sua Desdêmona em seu quarto, quando Emília esposa de Iago, sabendo do que havia acontecido a sua senhora, revela a Otelo que sua esposa nunca havia sido infiel, que tudo não passara de uma trama de seu marido, Iago que por sua vez, matou Emília, fugindo, mas logo foi capturado. Otelo desesperado por saber que matara seu grande amor, em vão apunhala seu próprio peito, caindo sobre o corpo de sua amada, e morre beijando-a. No lugar de Otelo fica Cássio, Iago foi entregue as autoridades e Graciano ficou com os bens do Mouro.
-Reflexão:
"Quantas vezes por intriga e interesse vil de outros, rompemos, sem dar chance, de explicações, um relacionamento amoroso, uma sociedade, uma parceria, uma amizade, porque "Iagos" da vida, insistem em cruzar os nossos caminhos, envenenando a alma, sem chance de defesa, colocando em dúvida, a capacidade, a lealdade, a fidelidade de sentimentos, de um para o outro(a) pelas circunstâncias que eles criaram, e não verdadeiras, e que impulsivos e emotivos, ou dominados pelo ciúme, dúvida, orgulho, cometemos os mesmos erros de Otelo, sem se dar conta, que fomos manipulados por essas pessoas, o tempo todo, inseguras, ambiciosas e dotadas de interesses próprios, com o intuito de eliminar o obstáculo que segundo imaginam, quando na verdade, poderiam, ser somado as forças, e não fragmentadas?

O que aprender desta lição?
-Que não devemos ser precipitados em acreditar em tudo que ouvimos falar, nem nas circunstâncias que possam surgir, nem tudo que reluz é ouro, nem tudo que se vê, ouve é como se vê ou ouve...nas palavras de Brechet: "Só acredite no que os seus olhos veem e seus ouvidos escutam. Não acredite nem no que os seus olhos veem e seus ouvidos escutam. E saiba que não acreditar ainda é acreditar. Afinal quem acredita em tudo o que ouve, Julga o que não vê.
-Que embora existam muitos Iago(s), manipuladores e vis, também há muitos"Cássio"(s), sonhadores, leais e idealizadores, ao nosso lado, assim como algumas Desdêmona(s), fidedignas aos seus princípios e laços firmados...

Antes de tomarmos providências e medidas arbitrárias, devemos, refletir, analisar e ver quais seriam de fato, as reais intenções das pessoas envolvidas( o fim justificam os meios) e se de fato, não estão visando apenas o interesse próprio e não o bem comum e o respeito a felicidade alheia. Somente depois de filtrar, avaliar, os prós e contras e todas as ações é que devemos, tirar as conclusões e tomar decisões sábias, para não gerar arrependimentos depois, quando, enfim, uma Emília qualquer, muito tempo depois, retirar o véu da ilusão e nos colocar face a face com a verdade de forma dolorida e já fragmentada.

Pode ser que não tenhamos mais tempo e nem oportunidade de nos retratar, assim como Otelo não teve em reverter mais nada.
Pode ser que, só nos resta com o passar do tempo, uma consciência acusadora, do quão fomos injustos ao nos deixar levar pela "pitaco" e egoísmo alheio e nos restará a lástima, e o sentimento da injustiça e falta de discernimento e confiança.
"A ambição do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente, não pensa no mal que daí a algum tempo pode resultar dela."[Maquiavel ]

Bom final de semana Namastê !!!

Mídias sociais: você está preparado?

A resposta é “não”! Ninguém está preparado para lidar com a revolução das mídias sociais.
Texto Por Deborah Dubner -



Nem os experientes seniors do mundo digital, nem os nativos da Internet que “twittam” todos os dias. O fato é que novidades chegam todos os minutos pelo Google, Orkut, Twitter, Ning, Myspace, Youtube, Facebook, Flickr e tantos outros. Novos verbos como “googar” e “twittar” se incorporam rapidamente ao vocabulário diário, nos dando a estranha sensação de que não podemos mais viver sem essas palavras.
A Mídia Social elegeu o Obama, está revolucionando o jornalismo, acabou com a guerra no Irã, está reinventando a propagandas, implementando saúde e educação.
Mas afinal, o que é Mídia Social? Mídia Social é a comunicação de todos para todos. Até poucos anos atrás a comunicação de massa era de um para todos.
Quem detinha os meios de comunicação, detinha o poder. Isso mudou! Agora todos podem produzir e receber informações através da maior rede de comunicação do planeta: a Internet. "Mídia" são os meios e "Sociais" são os relacionamentos.
Quem decide mergulhar nesse mar de possibilidades passa por vários estágios:
o primeiro é a regra é que não há regras nesse mundo: cada comunidade tem sua razão de ser e funciona do seu “jeitão” exclusivo e particular, emitindo determinadas formas de comunicação,
2-encontrar amigos, familiares, colegas de trabalho, descobrir o que você pode fazer, como se comunicar, ler coisas interessantes, compartilhar o seu mundo, ter novas ideias, fazer negócios. Começa a ficar gostoso. Ou não! Você pode descobrir no meio do caminho que aquilo não tem nada a ver com você. Tudo bem! Nada é para todo mundo--
3-é quando você se sente em casa, familiarizado com as ferramentas, e consegue explorar o melhor dos mundos. É quando você pensa: “Ah! Agora saquei!” e se diverte pra valer, cria, inventa, faz, refaz, compartilha, experimenta, arrisca, evolui.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Administração: Como Conviver com colegas de trabalho difíceis

Publicado em  por Jozy Machado
Trabalhar com diferentes tipos de pessoas é rotina. E aprender a lidar com elas é necessário.
 

Saber trabalhar em equipe e lidar com diferentes tipos de personalidades é fundamental para se destacar na carreira. Hoje em dia, é comum que pessoas de vários departamentos trabalhem juntas para desenvolver projetos e impulsionar o crescimento de uma empresa. E, para que isso aconteça, dois fatores indispensáveis devem estar em sintonia: bom relacionamento interpessoal e boa comunicação. Vera também explica que esses tipos de comportamento se manifestam quando o profissional se vê em situações estressantes e ameaçadoras. “Normalmente, os comportamentos difíceis aparecem como forma de defesa em situações nas quais a pessoa se sente ameaçada. São atitudes movidas por emoções negativas, como medo, inveja, ciúme, raiva, frustração etc”, afirma. Veja as características dos cinco estilos mais comuns de comportamentos difíceis citados pela pesquisadora (e como lidar com elas): Mas como nem todo mundo é igual, comunicar-se e relacionar-se com pessoas pode ser um desafio desgastante. Especialmente, se os colegas tiverem temperamento difícil. Vera Martins, mestre em comunicação e mercado, especialista em medicina comportamental e pesquisadora do comportamento humano, de São Paulo (SP), classifica os cinco estilos de comportamentos difíceis mais comuns no ambiente de trabalho: o impositivo, o dono da verdade, o dissimulado, o passivo e o reclamão (veja abaixo as características).
“Se o profissional não souber lidar com esses comportamentos difíceis, esses colegas podem tirá-lo do seu trajeto profissional e levá-lo a direcionar energias para questões que não agregam nada ao seu trabalho. Se o profissional for dominado pelo medo de enfrentamento, sua imagem pode ser manchada por comentários maldosos e sua credibilidade cair por terra”, diz.
Tipos de colega
IMPOSITIVO
DONO DA VERDADE
DISSIMULADO
PASSIVO
RECLAMÃO
Impositivo:
Sua crença: “As coisas devem ser feitas de acordo com a minha vontade.”
Seu objetivo: vencer o outro para não ser vencido. E, para isso, age como um trator.
Principais características
• Inflexível: nunca abre mão de sua vontade;
• Autoritário: usa o poder como argumento;
• Agressivo: intimida os colegas;
• Egoísta: ignora opiniões, sentimentos e necessidades alheias;
• Destrutivo: faz críticas depreciativas;
• Antipático: tem dificuldade de se relacionar;
• Oportunista: Nos erros, culpa o colega; nos acertos, se vangloria.
Como lidar: 
  • com os impositivos, você deve ser assertivo: dizer claramente e com firmeza o quanto aquele comportamento agressivo o incomoda e como você quer ser tratado.
Dono da Verdade:
Sua crença: “A minha verdade é tão óbvia e não entendo quem discorda de mim.”
Seu objetivo: provar que ele está certo e o outro errado, sempre.
Principais características:
• Excessivamente argumentador: defende suas ideias com vigor.
  • Do contra: sempre discorda da opinião do outro, para mostrar que tem razão (ainda que não tenha certeza disso)
• Arrogante: faz muitas objeções. Dá a impressão de que quer prejudicar o colega (e às vezes quer);
• Rígido: possui uma rigidez mental que lhe dificulta compreender os colegas;
• Egocêntrico: Tem dificuldade de ouvir, só concordando se o argumento do colega tiver respaldo em fatos e dados e, principalmente, se o colega for um especialista. Ou, claro, concordar com ele.
Como lidar: antes de dizer suas ideias, escute com atenção tudo o que o dono da verdade tem a dizer. Ele precisa sentir que as suas ideias foram ouvidas. Faça perguntas esclarecedoras para entender realmente o que ele está dizendo e busque tire suas dúvidas. Quando for conversar com ele, esteja preparado com dados e informações convincentes.
Sua crença: “Se eu massagear o ego do colega, supervalorizando suas virtudes, ele fará tudo o que eu quero.”
Seu objetivo: manipular os outros para obter o que quer. É difícil estabelecer uma relação de confiança com um dissimulado.
Principais características
• Inescrupuloso: assume o crédito pelo trabalho dos outros para subir na carreira;
• Falso: finge amizade e colaboração para obter a confiança do colega e, assim, conhecer as suas fraquezas para usá-las ao seu favor;
• Canalha: oferece ajuda para demonstrar a fraqueza do colega, sempre em público;
• Egoísta: não tem intenção honesta de ajudar o outro;
• Puxa-saco: quando precisa de algo ou alguém, acha que tem de seduzir, massageando o ego do outro;
• Interesseiro: sempre faz troca de favores. Não oferece nada que não vá cobrar depois.
Como lidar: com os dissimulados, esteja sempre atento. Registre tudo o que foi discutido. Defina claramente as responsabilidades e dê crédito a todos os envolvidos no trabalho. Quando houver tentativa de manipulação, peça fatos e dados que comprovem aquilo que o manipulador diz.
Sua crença: “se eu entrar em conflito, meu colega não vai colaborar comigo e me excluirá.”
Seu objetivo: não correr riscos de ser humilhado, rejeitado e ignorado.
Principais características
• Bonzinho: cede em prol dos interesses do colega, buscando aprovação;
• Permissivo: evita confrontos e se mostra amável e extremamente colaborador;
• Desorganizado: não sabe dar limites e se perde em suas atribuições. Com isso, corre o risco de não cumprir prazos ou trabalhar mais do que sua função exige
• Pouco participativo: não se posiciona em momentos importantes, não dá ideias, não antecipa problemas
• Pouco confiável: não assume responsabilidades, nem no trabalho.
Como lidar: estimule a participação dos passivos, pedindo opiniões e fazendo perguntas para que eles se posicionem e assumam responsabilidades em relação ao trabalho.
Sua crença: “As pessoas são ruins e aproveitadoras. Eu sou uma vítima.”
Seu objetivo: reclamar de tudo para se sentir confortável e não precisar mudar em nada.
Principais características
• Negativo: está sempre vendo o lado ruim das situações e dizendo coisas desagradáveis;
• Pessimista: não se entusiasma com mudanças e sempre acha que nada vai dar certo;
• Insatisfeito: sempre reclama da situação na empresa, das injustiças que sofre e de quanto gostaria de mudar, mas não faz nada para isso;
• Folgado: dá um jeito de livrar-se das piores tarefas.
Como lidar: Não alimente a insatisfação dos reclamões com comentários negativos sobre a empresa, o trabalho, os colegas e o chefe. Quando eles reclamarem, estimule-os a resolverem o problema com a pessoa envolvida na situação que os incomoda. Converse sobre as alternativas de escolhas, ajudando-os a terem outro olhar para a situação.
Como evitar conflitos O autocontrole é fundamental para lidar com profissionais difíceis. “Agir de forma impulsiva pode comprometer a sua imagem no ambiente de trabalho. Na maioria das vezes, a perda de controle, traz prejuízos, pois a pessoa se arrepende e pode ser tarde demais”, explica a psicóloga e psicoterapeuta Olga Tessari, de São Paulo (SP). Veja as orientações da mestre em comunicação e mercado Vera Martins, que também é autora dos livros “Seja Assertivo!” e “Tenha Calma!” (ambos da Ed. Campus), para lidar com colegas de trabalho difíceis:
Lições gerais
Seja assertivo. Diga o que pensa, sente e precisa, sem rodeios ou constrangimento. Fale com firmeza e autoconfiança, mas sem usar palavras e gestos agressivos. Mantenha sempre o respeito e a educação;
Esteja sempre embasado em fatos e dados para vender suas ideias, administrar conflitos e dar e receber retorno sobre os resultados. Diga ao colega somente aquilo que agregue algo e que traga benefícios ao relacionamento;
Coloque-se no lugar do outro, buscando compreender o que o leva a adotar esse comportamento difícil. Entender como o outro funciona ajuda-o a melhorar sua argumentação e tornar seu posicionamento mais seguro e autoconfiante;
Mostre envolvimento com o colega e o quanto você o respeita em suas competências. Reconheça os pontos fortes dele, faça elogios sinceros às suas boas realizações, mas sem exageros. Isso ajuda a quebrar a arrogância, a agressividade, a timidez e a insegurança do outro.
Inteligência Emocional
A Inteligência Emocional também é um fator importante para trabalhar com pessoas difíceis de lidar. “Compreende a capacidade de se relacionar com o outro (ouvir e comunicar), motivar, se conhecer e ter autocontrole. Uma pessoa inteligente emocionalmente não é aquela que controla as suas emoções, mas aquela que controla as suas ações. Não é porque estou com raiva que tenho de agredir o outro”, explica a psicóloga Lucimar Delaroli, especializada em Gestão de Recursos Humanos e professora dos cursos de pós-graduação nos MBAs de Marketing da ESPM/ RJe de Gestão de Negócios da IBMEC/RJ.

“O que falta às pessoas, hoje em dia, é uma dose de capacidade de se colocar no lugar do outro e compreender a posição e as atitudes alheias, não no sentido de se submeter às vontades, mas, sim, de compreendê-lo para poder estabelecer um diálogo”, diz o professor doutor Marcelo Afonso Ribeiro, do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, da USP.

Vale levar em consideração que, muitas vezes, as pessoas não percebem que agem de forma inadequada com os colegas ou não sabem que as suas atitudes afetam os demais. “Tendemos a achar que essas pessoas agem para, deliberadamente, nos prejudicar ou irritar, esquecendo-nos de que elas, como nós mesmos, só estão vivendo suas vidas e correndo atrás de seus objetivos como julgam correto fazê-lo”, afirma a psicóloga Lucimar Delaroli.
Daniela Silveira.
Imagens: Google.
Sobre Jozy Machado - Jozeane Machado, 35 anos formada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Paulista- Unip. Com experiência profissional em RH.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Pitaco de Loira> Eu blogo, tu blogas, ele bloga...

 Eu blogo, tu blogas, ele bloga...

Por Marília Monteiro -
Vamos supor que você admire muito uma pessoa, seja ela famosa ou não. Goste do que ela expressa, ou de seu trabalho. Se quiser saber mais sobre tal personalidade, basta googlar o nome do(a) admirado(a) para encontrá-lo(a) em diversos lugares. Quem nunca fez isso?-
Em cada mídia social é possível descobrir “um lado” de uma pessoa. Por exemplo, no twitter dá para ver com quais assuntos o indivíduo está engajado e quais são seus interesses. O Orkut mostra mais como ele se relaciona com as pessoas, além de fornecer fotos e vídeos que gosta. Em cada mídia social, uma sentença! E os blogs?
Blog vem de “weblog” criado em 1997. Dois anos depois, Peter Merholz, por brincadeira, desmembrou a palavra para formar um termo, ficando “we blog”, que foi colocado na barra lateral de seu blog na época. Daí também vem o verbo “blogar”.
Atualmente, o Brasil é o segundo país em número de blogs. Dá pra acreditar?
No blog pode-se aprofundar mais e saber qual a real opinião da pessoa. A ferramenta pode revelar se o sujeito tem um lado cômico jamais visto pessoalmente, se tem pensamentos bons e irônicos/sarcásticos, e muito mais.
O conceito de Blog evoluiu muito desde sua criação. Antes, ele era visto como diário e hoje se tornou um meio de comunicação e expressão de muitos jornais, revistas, instituições e pessoas. Dá até para lucrar com eles.
Com linguagem despojada e possibilidade de focar em que quiser, o autor do blog tem total arbitrariedade nesse campo, podendo discutir política, economia, fazer humor, contar histórias, poemas, postar desenhos, etc. Possuindo tal liberdade, o autor passa a querer cada vez mais leitores para prestigiar seu blog.
Porém, seu acesso varia de acordo com o conteúdo postado. “Fazer do blog um diário não é legal. Escrever onde você foi, o que comeu, com quem foi, não interessa a quase ninguém, a não ser que você seja um artista famoso. Já fazer textos humorísticos, quadrinhos e piadas de própria autoria, ou seja, inventar coisas, é bastante interessante.

Pitaco de Loira: Voltando à Vida -

É dia de Rock, bebê !!!
Onde Você estava quando fui queimado e despedaçado?

Enquanto os dias passavam pela minha janela...
Onde você estava quando fui ferido e estava indefeso?
Porque as coisas que você diz e faz me rodeiam
Enquanto você se agarrava às palavras de outra pessoa
Morrendo por acreditar no que você ouvia
Eu estava olhando fixamente para o sol à brilhar
Perdido no pensamento e perdido no tempo
Enquanto as sementes da vida e as sementes da mudança eram plantadas
Lá fora a chuva caía escura e devagar
Enquanto eu refletia sobre esse perigoso porém irresistível passatempo
Eu dei um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que era chegado o momento
Para matar o passado e voltar à vida
Eu dei um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que o momento havia começado
De matar o passado e voltar à vida
E fui direto ... em direção ao sol brilhante..
.


É importante que todo mundo proteja aquilo que nos une, e que nos liga à Terra e aos nossos ancestrais. E a maneira que nós temos de fazer isso é mantendo nossa herança cultural. O que eu vejo é essa herança cultural sendo destruída, erodida pelas multinacionais, que precisam espalhar o desejo de lucro pelo mundo. Eu não acredito no valor das franquias de fast food. E muita gente gosta desse lixo. Nós precisamos descobrir algo melhor do que as leis do mercado para reger nossas vidas.[Roger Waters]

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A TEIA DE ARANHA

Teia de Aranha-


 






















Uma vez um homem estava sendo perseguido por vários malfeitores que queriam matá-lo

O homem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato e, no desespero, elevou uma oração a Deus da seguinte maneira:- "Deus Todo Poderoso fazei com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os bandidos não me matem"

Nesse momento escutou que os homens se aproximavam da trilha onde ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha.A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha.

O homem se pôs a fazer outra oração cada vez mais angustiado:- "Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha."- "Senhor, por favor, com tua mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha, para que os homens não possam entrar e me matar..."Abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu apenas a aranha tecendo a teia.

Estavam os malfeitores entrando na trilha, na qual ele se encontrava esperando apenas a morte.Quando passaram em frente da trilha o homem escutou:- "Vamos, entremos nesta trilha!"- "Não, não está vendo que tem até teia de aranha!? Nada entrou por aqui.Continuemos procurando nas próximas trilhas"

Reflexão:Fé é crer no que não se vê,é perseverar diante do impossível.Nem sempre entendemos os desígnios de Deus, mas para tudo debaixo da terra há um propósito-

Às vezes pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede que tenhamos confiança n'Ele para deixar que sua glória se manifeste e faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha.

❥-❥❥-❥-Não Temas-

Gideão numa manhã de trabalho, num momento em que ele se sente desamparado por Deus, pequeno e sem forças em si mesmo para vencer o inimigo. E um Anjo o intui em nome do Senhor,mas ele se sente um pouco amedrontado pela responsabilidade que aquele encontro lhe trás, mas logo recebe a paz do Senhor que lhe diz: não temas!


Reflexão: "Mesmo que estejas passando por questionamentos, por desânimo ou se sentindo pequeno, preste atenção: o Senhor te chama homem valente. Ele tem novos desafios e a Vitória sobre qualquer inimigo"


'EU SOU a presença que governa minha mente,meu lar,meus negócios e meu mundo e não há elemento que possa interferir nisto"


e vamu que vamu .

A gente espera do mundo E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
[Lenine]
A paciência é, acima de tudo, sabedoria, é esperar o momento certo de fazer ou de dizer as coisas, sem criar nenhum tipo de rejeição.É a serenidade, diante das dificuldades, impedindo que ações mal pensadas sejam externadas. Não é subserviência, é cautela, é saber esperar a oportunidade exata… é ter a calma necessária…Não tenha pressa… nada acontece por acaso…
Tudo tem seu tempo certo.(Vilmar Barcelos)
Haja paciência ...

Violeiro Almir Sater faz show em Campinas SP 29 Outubro

Violeiro Almir Sater faz show em CampinasDivulgação - publicada em 13. 10. 2011 - atualizada 9h58O cantor Almir Sater comemora 30 anos de carreira e sobe ao palco para celebrar canções, como Trem do Pantanal, Cavaleiro da Lua e as clássicas Tocando em Frente, Um Violeiro Toca e Chalana
Almir Sater estará acompanhado pelos músicos renomados de sua banda


































O show mescla as canções conhecidas com o ultimo Album,"7 Sinais", sem deixar de lado o toque magistral e ímpar de viola, que o tornou consagrado. Com dez álbuns solos e centena de shows lotados por todas as regiões do país, Sater tornou-se um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas,  
O músico acrescentou um toque mais sofisticado ao instrumento, estilos como blues e rock, embalados pela pegada do folk, uma mistura de música folclórica, linha erudita e popular, considerada atemporal. O cantor, é um dos poucos que não deixou a emoção de lado e a música flui de dentro do coração e do interior da alma. Almir Sater estará acompanhado pelos músicos renomados de sua banda.

Almir Sater
Almir Sater é um exímio violeiro, cantor, compositor e instrumentista ímpar, que nasceu em Campo Grande, MS e desde pequeno, já gostava da natureza e do som de viola; o seu estilo caracteriza-se pelo experimentalismo e sua música agrega uma sonoridade tipicamente caipira da viola de 10 cordas, do folk norte-americano, com influências das culturas fronteiriças do seu estado, como a música paraguaia e andina. E o resultado é único, ao mesmo tempo reflete traços populares e eruditos, despertando atenção de públicos diversos.
Sua trajetória musical sempre foi marcada por grandes feitos, um deles, em 1988, escolhido por unaminidade pela crítica, para participar da abertura do Free Jazz Festival em 1989 ao lado de nomes sagrados da música mundial.


Serviço
Agenda
29 de Outubro de 2011
Horário
21h00
Ingresso
Mesa VIP: R$ 400,00 ( para 4 pessoas );Mesa Golden: R$ 360,00 ( para 4 pessoas );Cadeiras : Setores 1 / 2 e 3 : Inteira : R$ 80,00 - Meia: 40,00
Promocional 50,00; Camarote: Inteira : R$100,00 - Meia: 50,00.
Onde
Telefone
19 3258-2500
Endereço
Av. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros nº 2156
Campinas / SP

http://www.guiarioclaro.com.br/materia.htm?serial=148004980
Fonte: