Loira do bem ∞ : 09/05/12

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Almir Sater encerrou agenda de shows no PR e apresentações emocionantes.

"Se tem emoção tem Almir Sater ".
Não tem como não sair de um show de Almir Sater, em estado de letargia, como diria Freud, e eu explico sem ele, o Artista que encanta quase há 4 décadas, tem um carisma inexplicável.
Ou melhor, um dom natural de cantar, voz adocicada e afinadíssima, um instrumentista ímpar, que moe os instrumentos, tudo isso acompanhado de uma banda, onde é visível a sincronicidade deles, em cada acordes e a entrega de todos no palco, com emoção e harmonia.
Talvez seja por isso, que cada ano que passa, legiões de novos seguidores, fãs e admiradores do músico Almir Sater, surge, ainda mais.
O artista, encerrou a agenda de shows de Agosto no Paraná, em Umuarama, dia 31, com chave de ouro.
E logo, mal começou Setembro, e a chegada da Primavera, já entrou com o pé direito em Toledo (01) e Londrina (02) , emocionando o público, com suas canções marcantes, além do toque peculiar e unico de viola.
O público bem eclético, de todas as idades, desde criança até a terceira feliz idade, marcaram presença.
Era visível a ansiedade da platéia, que formavam filas e mais filas para entrar no Teatro, para variar, casa cheia, todos os assentos devidamente ocupados, e quase que euzinha, aqui, tenho, que sentar no chão, se não fosse meus amigos ter guardado um lugar.. que diga se de passagem, não tão perto do palco,.
Assim que foi liberado a entrada na portaria, um alvoroço se fez, e ...quem demorou um pouco, ficou para trás.
Algumas fotos enviadas por Andianara Barbosa, violeira e fã de Almir Sater, e vídeos do Youtube, para encantar ainda mais.. e ainda de brinde uma entrevista em Umuarama, onde, Sater demonstra gratidão, ao ser reconhecido entre os maiores ícones da Musica Brasileira, na verdade 25.



Professora de Artes Liz Baú Rodrigo Sater e seu filho José Eduardo.
Liz  é uma das mais respeitadas professoras de Artes em Londrina, Pr,  e fez questão de dizer ao Músico, que em sala de aula, trabalha com seu CD , a canção 'Irmãos da Lua", para seus alunos. 
Professora de Artes Liz Baú e Guilherme Cruz Violonista da Banda de Almir Sater.
José Eduardo e Guilherme Cruz Violonista da Banda de Almir Sater .
A nova geração marcando presença no show de Almir Sater  e perpetuando seu legado, que nos confidenciou que ficou  literalmente encantado com a performance dos artistas em palco, e da entrega total deles ao show.
José Eduardo sendo fotografado num momento em que o Público se acomodava para assistir o super showzaço de Almir Sater -. casa cheia, público atento a cada detalhe dos acordes do artista, que o aplaudia sem parar.
Os Músicos no palco da esquerda para a direita Marcellus Anderson ( sanfona), Guilherme Cruz ( violão folk de 12 ) Almir Sater ( voz, viola caipira, violão folk de 12) Rodrigo Sater ( voz e violão de aço de 6 cordas) e Antonio Porto ( contrabaixo elétrico e acústico) , formavam o quinteto, e juntos, sem parafernálias ou aparatos tecnologicos, munidos de talentos e habilidades nata,  misturados a emoção que flui de dentro da alma,  culminando com a sinergia entre artistas e plateia. puro arte.
José Eduardo Almir Sater e a Professora de Artes Liz Baú
 Almir Sater e a violeira  "roqueira"  estudante de Artes Visuais Andianara Barbosa.

Alguns momentos marcantes do show.  Só um "aperitivo", para assistir e depois ir correndo comprar o ingresso
e ver toda essa emoção de perto, ao vivo e a cores. 
Maneira Simples


Bailão Pantaneiro  dá-lhe polca, guarânia e chamamé.


Entrevista Almir Sater em Umuarama