Loira do bem ∞ : 12/08/08

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Você sabe quais são os seus talentos???




Ontem, assisti uma entrevista na GNT, com a apresentadora Marilia Gabriela
e o coach Emerson Ciociorowski, sobre o seu livro " Executivo, o super-homem solitário".
Segundo ele, 4 são os pilares,ue devemos ter como base,ara ir em busca dos nossos objetivos e atingir a excelência:

1- Valores.

A importância de termos em mente, bem definidos, o que acreditamos, o que buscamos e as coisas que não abrimos mão.

2- Inteligência Emocional.

Saber como resolver os conflitos internos, as desavenças emocionais e pessoais, como saber administrá-los, para que não hajam influências e atritos no profissional.

3- Talento.

Segundo ele, é fazer algo sem esforço, natural não treinado e que gera resultados satisfatórios , pois o indíviduo faz algo com espontaneidade, da qual acredita, trata-se de um dom e natural.

4- Planejamento(visão de futuro, foco, direção).
Quando se coloca foco onde interessa, há ordem na casa, e consequentemente, as energias são gastas, para aquele determinado fim.

Quando fazemos o contrário, seria como um barco à vela, podemos sair do ponto de origem, sem rumo, mas sem visualizarmos as possibilidades que encontraremos pela frente, os nossos esforços serão inúteis e sem direcionamento nenhum, perdemos o foco, sem alcançar os resultados que almejamos,ficamos à deriva e a mercê da sorte.

Segundo Emerson, o talento é diferenciado do conhecimento, porque é possível dizer que este último está relacionado a eventos e lições aprendidas, enquanto o primeiro é um padrão que se repete de forma natural.

A habilidade, por outro lado, está relacionada com a capacidade que as pessoas possuem de desenvolver etapas de uma atividade.

Aspectos do talento:

No livro, o coach revela quais as principais característica do talento:

Talento não se transmite;Quando o talento se manifesta, você não despende muita energia;

Você reconhece o talento naquelas coisas que faz bem feitas e com constância ao longo do tempo;

Quando você faz algo com talento, você faz com paixão; você reconhece o seu talento para aquelas coisas que lhe proporcionam uma satisfação intrínseca, porque têm muito valor para você.

Por que não reconhecemos nossos talentos?

De acordo com Ciociorowski, uma pessoa alcança a excelência na vida profissional a partir do momento em que reconhece seus próprios talentos, agrega o conhecimento e desenvolve suas habilidades.

No entanto, descobrir quais são os nossos talentos é bastante difícil. "Nossa visão fortemente influenciada pelos valores da tradição anglo-protestante, para a qual o que vale é o esforço, contrapõe-se àquilo que fazemos naturalmente e sem grande esforço - uma das características do talento - e passamos a desprezar tudo aquilo que fazemos sem suar", explica o coach.

Além disso, o autor do livro ainda afirmou que é possível identificar uma característica comum entre as pessoas que não conseguem descobrir seus talentos: a falta de reconhecimento por parte de pais e professores daquilo que era bem feito durante a infância.

Como reconhecer e desenvolver o talento?
Para que você consiga identificar e ainda aprimorar os seus talentos, siga a reflexão proposta pelo coach:
Pense no que você faz sempre bem, com pouco esforço, naturalmente e que lhe dá prazer. Estes serão seus talentos únicos.Faça uma lista deles;

Parta dessa lista e pense em como você poderia aumentar ainda mais suas habilidades e capacitações na direção de cada um dos seus talentos;

Procure priorizar definitivamente o empenho para aprimorar seus talentos, o que lhe dará um enorme prazer hoje e não apenas quando você conseguir atingir os seus objetivos;

Em Tempo: Coach,vem da língua inglesa e para nós, formados em administração, é um termo bem comum e utilizado constantemente, trata-se do profissional que utiliza procedimentos específicos para ajudar seus clientes a produzirem mais realizações e resultados em suas vidas pessoais e profissionais. Concentra-se onde seus clientes estão hoje e no que estão fazendo para conquistar seus objetivos, através de procedimentos específicos, perguntas precisas e observações pontuais, fazer com que seu cliente descubra e implemente as soluções necessárias para conquistar seus objetivos.
Paz e Bem
Otima Semana proceis.

Comportamento Budista: CULTIVANDO O BEM




Onde reside o maior poder?na paciência ante os insultos.Quem é paciente não guarda rancor e é assim, honrado por todos. A paciência, é capaz de tolerar dificuldades, desonra, calamidade e infortúnios. É  do tipo que pode triunfar em qualquer circunstância.Tudo é transitório.Nada dura para sempre. Se lidarmos com as dificuldades com uma atitude de aceitação e paciência, já teremos contribuído em muito para melhorar a situação.Aquilo a que resistimos persiste e se permitirmos nos guiar pela paciência e humildade,jamais erraremos.
A verdadeira paciência está ante os insultos implica em não irar,não guardar ressentimentos e não nutrir maus pensamentos.
O simples fato de termos um sentimento de gratidão bem desenvolvido não garante que nunca mais faremos contatos com pessoas negativas, iradas ou descontentes, pelo contrário um bodhisattva, convive com todos tipo de gente e devemos aprender a lidar com cada um deles.Se tivermos gratidão, naturalmente brotará em nós, o desejo do perdão.

Se alguém estiver sendo negativo, sejamos positivos. Se tiver zangado, sejamos gentis.Se tiver impaciente, sejamos paciente.
Não devemos nos levar pelas emoções negativas dos outros, se elas manifestam emoções negativas ,e são especificamente dirigidas a nós, devemos reagir com perdão, gentileza e compaixão, senão nosso mundo se torna automaticamente mais sombrio.
"Não retribua raiva com raiva e jamais perpetuar essas transgressões".
As pessoas comuns se enraivecem quando se sentem usadas ou se alegram quando se sentem favorecidas. Mesmo que ainda não tenham rompido todos os grilhões que nos aprisionam, precisamos aprender a se controlar, praticando a paciência contra os insultos,não se zangando quando for prejudicado ou perturbado, e não se amedrontar com os sofrimentos nem atribulações deste mundo. Mas usar como oportunidades de aprendizado,de fortalecer nossa aura, para a nossa evolução.
A sabedoria permite-nos dar continuidade ao nosso aprendizado,mesmo que assolados por todos os tipos de dificuldades.
Sejamos cuidadosos com a palavra;comedidos com o corpo;atento ao funcionamento da mente;paciente ante os insultos,nunca se enraiveça esse é o caminho para grandes progressos do venerável mestre Hsing Yun, do livro "Cultivando o Bem".

Como diz, Fabio de Melo, é um processo de feitura, de estar sendo feita aos poucos, de às vezes,creio eu, somos invigilantes com a nossa energia, e todos os dias, de alguma forma, somos testados, no grau da iluminação, de atingir o nirvana, o equilíbrio, como Buda disse:"podemos vencer 1.000 inimigos, de nada adiantará, a maior vitória será vencer o pior inimigo, ou seja, a si mesmo".
Namastê
Ótima semana a Todos nós.

Reflexão: QUATRO TIPOS DE AMIGOS

Segundo a Sutra Fo Shuo Pei existem 4 tipos de amigos, a seguir:
- Um é como a flor, um é como a balança, um é como a montanha e um é como a terra.

Amigos que nos tratam como se fôssemos flores:


Nos bons momentos, eles nos põem acima de suas cabeças. 
Se murcharmos, jogam-nos fora. 
Se vicejarmos, tratam-nos bem. Se ficarmos pobres, eles nos abandonam. 
Ainda segundo o Sutra, pessoas que são como flores nos tratam como flores. Quando estamos florescentes de riqueza, saúde e felicidade, elas nos usam para enfeitar sua vida.Assim que se vai o vigor, descartam-nos como flores do vaso de sua sala. 


Amigos que são como balanças
Quando temos peso, inclinam a cabeça. Quando estamos leves, levantam a cabeça. Quando temos posses, eles nos respeitam. Quando nada temos, tornam-se altivos e arrogantes. 

Se for mais pesado que eles, inclinam a cabeça em nossa presença. se for mais leve, demonstram superioridade, estão sempre nos julgando e quando ganhamos peso por causa do sucesso, aumenta a inveja e a ira, e quando as perdas, nos tornam leves, voltam a se aproximar, e procuram rebaixar os outros em vez de se elevar. 


Amigos que são como montanhas
Pássaros e feras vão em bandos para lá, como para uma montanha dourada, seus pelos e plumas refletem sua luz.  A grandeza confere grandeza aos outros e com eles compartilha, alegrias e bênçãos. 

Alguns são como montanha capazes de sustentar as coisas nas encostas, como florestas e animais. São tolerantes e permitem que qualquer um viva em sua proximidade. Não fazem objeção ao mau tempo e depois de anos sob violentas tempestades, permanecem inalterados, pois paciência, tolerância, compaixão e capacidade de ser bom, são as características de um iluminado. 



Amigos que são como a Terra: A boa fortuna e a riqueza quando grandes, levam todos a demonstrar respeito. Se o opulento for também generoso e prestativo, inspirará em todos também a gratidão. 

Alguns são como a terra, pacientes e vastos. São capazes de sustentar qualquer coisa. são a fonte da vida para o alicerce para o crescimento de tudo. tal pessoa é generosa com seus dons, é como a terra. Muitos poderão aprender e ser nutridos por ela. 

Moral da Reflexão: - É importante nos esforçarmos para ser Amigos como a montanha e como a terra para nossos amigos e valorizar plenamente essas qualidades, quando a descobrimos nos outros.


Amigos são importantes, existem poucas coisas na vida mais importantes do que selecionar quem teremos como amigos, pois essas pessoas são as que vão nos ajudar a crescer e às quais iremos retribuir.  Confúcio disse: - "Quando convivemos com uma boa pessoa, logo deixamos de notar como ela nos muda para melhor". É o mesmo que entrar em uma sala cheia de orquídeas: depressa deixamos de sentir seu perfume".

"Quando convivemos com uma pessoa má, logo deixamos de notar como ela nos muda para pior. É o mesmo que entrar em um mercado de peixe: sem muita demora, deixamos de perceber o mau cheiro".

Reproduzido do livro "Cultivando o Bem", do mestre Hsing Yun, fundador da Ordem Budista Fo Guang Shan, em Taiwan.

Imagens: Reprodução Internet / site mensagens grátis.