Loira do bem ∞ : Rock Anos 70
Mostrando postagens com marcador Rock Anos 70. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rock Anos 70. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 23 de maio de 2017

SHOWS OFICIAIS DE ALMIR SATER | AGENDA

AGENDA OFICIAL - SHOWS DE ALMIR SATER 2017 ( Shows em Cartaz).
 Você já sabia é claro "AR de Almir Sater e Renato Teixeira goo.gl/SD3nmJ
¯\_(ツ)_/¯ é o “Melhor Álbum de Música Raízes Brasileiras do Grammy Latino 2016.
No Compasso da viola de Almir Sater saiba onde ela 🎸vai estar AGENDA 2017 
 
Imagem: Carlota  Fotografia/ CG



MAIO 2017
02/05/17 - Sorriso/MT - Show Corporativo.
05/05/17 - Brasília/DF Show "Tocando em Frente" Centro de Conv. Ulysses Guimarães.
06/05/17 - Goiânia/GO - Teatro Rio Vermelho
09 e 11/05/2017 - Campinas/SP - shows corporativos.
12/05/17- Joinville/SC - Show "Tocando em Frente" - Local: Joinville Square Garden.
13/05/17 - Florianópolis/SC - Show "Tocando em Frente" - Local: Centro Sul
26/05/17 - Maringá/PR - Show "Tocando em Frente" - Excellence Centro de  eventos.
27/05/17 -  Rondonópolis/MT - Show corporativo.

JUNHO 2017
02/06/17 - sexta-feira
Cidade: Belo Horizonte/MG

Local: Palácio das Artes
Horas: 21h00
Ingressos: Setores 1e 2 – Valores 140,00 inteira e 70,00 p/ meia-entrada.
Balcão: Valores 120,00 inteira e 60,00 p/ meia-entrada.
Meia-entrada de acordo com a Lei em vigor no site.
Evento Oficial Facebook: https://www.facebook.com/events/710830842410668
Ponto de Vendas:
Pela internet, acesse: Ingresso Rápido ou televendas 4003-1212.
Ponto físico: Bilheteria do Palácio das Artes: de segunda-feira a sábado, das 10h às 21h e aos domingos e feriados, das 14h às 20h. Tel.: (31) 3236-7400


03/06/17 - Sábado
Santos/SP
- Show "Tocando em Frente" - Local: Mendes Convention Center


08/06/17 - quinta-feira.
Porto Alegre/RS
- Show "Tocando em Frente" - Local: Auditório Araújo Vianna


10/06/17- sábado
Uberlândia/MG
- Show "Tocando em Frente" - Local: Castelli Master


17/06/17 - Sábado
Muzambinho/MG
- Local: Praça Pública (Agrotur)


18/06/17 -  Domingo.
São Paulo/SP - Local: Sesc Itaquera - Palco da Orquestra Mágica
Horas: 16h00
Entrada: grátis.

23/06/17 - sexta-feira
JUIZ DE FORA / MG. Centro de eventos Capitólio.

Almir Sater e Banda
Abertura: Tiago Sarmento.
Horário: Abertura 20h30 - Show 22h00
Local: Centro de eventos Capitólio – Juiz de Fora/ MG.
Endereço: Av. Deusdedit Salgado, 4088 – Teixeira.
Valores de Ingressos em R$
Mesa Setor 1- 450,00 primeiro lote
Mesa Setor 2- 400,00 primeiro lote
Ingresso pista: 90,00 primeiro lote - meia-entrada R$ 45.00
Forma de Pagamento: Cartão de crédito parcelado ou boleto ( única parcela).
Ponto de vendas: 
Online: https://ticketmais.com.br
FÍSICOS:Almir Sater e Banda
Abertura: Tiago Sarmento.
Quando: 23 de Junho de 2017 – sexta-feira.
Horário: Abertura 20h30 - Show 22h00
Local: Centro de eventos Capitólio – Juiz de Fora/ MG.
Endereço: Av. Deusdedit Salgado, 4088 – Teixeira.
Valores de Ingressos em R$:
Mesa Setor 1- 450,00 primeiro lote
Mesa Setor 2- 400,00 primeiro lote
Ingresso pista: 90,00 primeiro lote - meia-entrada R$ 45.00
Forma de Pagamento: Cartão de Crédito (parcelado) ou boleto ( parcela única).
Pontos de venda:
Online: TICKETMAIS https://bit.ly/2oUJIMp
FÍSICO: Hotel Green Hill: Av. Deusdedith Salgado, 4.351
Shape Suplementos: Independência Shopping 2º Piso
Zé Kodak ,Santa Cruz Shopping: 1º piso, loja 46
Zine Cultural: Rua Marechal Floriano Peixoto, 723 – Centro
Soul Planet Music - R. Morais e Castro, 218 - Passos
(Somente Ingresso de Pista, pagamento em dinheiro)
Mais Informações (32) 9.8819-1296

JULHO 2017
01/07/17 - Curitiba/PR - Local: Teatro Guaíra
MAIS SHOWS vai anotando
Para 'Tour Tocando em Frente' link Oficial da turnê http://tocandoemfrente.net

Mais novidades vem por aí...Aguardem ∞ ♬•¨¯`•♩∞ "Tudo que a gente precisa é de +AR puro" - 🌳📲📀😜Aproveite! AR Disponível nas plataformas digitais: https://umusicbrazil.lnk.to/DDeDestino  Lojas e Sites virtuais.
 
*Escritório de Almir Sater | Contato Shows e eventos.
Claudete Faria | email: claudetefaria@uol.com.br
☎ +55 (11)4485-1539/ (11)4485-3049/ (11)9.7546-3850

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Almir Sater se apresenta em Mococa nesta terça

Almir Sater se apresenta em Mococa nesta terça (04) – em mais um show incrível, com Open Bar e Open Food. No palco, acompanhado por uma banda, o músico revisita suas canções marcantes como "Trem do Pantanal" e as clássicas: "Um Violeiro Toca", "Tocando em Frente" e "Chalana", bem como os seus discos mais atuais, o último solo “7 Sinais” e o inédito “AR”, sem deixar de lado o toque magistral de viola que o tornou consagrado.
Foto: Maida Garcia Magalhães
Com mais de 35 anos de carreira e 11 discos gravados, o compositor, cantor e violeiro Almir Sater, um dos artistas mais completos, graças ao seu virtuosismo, continua a encantar gerações. Dono de um talento ímpar e versatilidade como instrumentista, Almir Sater foi apontado pela Revista "Rolling Stone Brasil" entre os 30 maiores ícones brasileiros da guitarra e do violão na edição de 2012.

Em 2015, gravou o CD “AR” em parceria com Renato Teixeira nas plataformas digitais https://umusicbrazil.lnk.to/DDeDestino - sites e lojas virtuais.

Com produção do norte-americano Eric Silver, o álbum navega por diversas vertentes e influências musicais, do folk ao rock Anos 70, sem deixar de flertar com o purismo da música caipira e a poesia bucólica e logo caiu nas graças do público, admiradores, fãs, crítica especializada e foram contemplados no 27º Prêmio de Música Brasileira de 2016, como melhor dupla regional, em junho passado.

Fotos CD "AR" - Eduardo Galeno/ Agencia Produtora.


O disco também foi indicado em duas categorias no 17º Grammy Latino 2016 -“Melhor Música da Língua Portuguesa” com a canção “D De Destino” – e premiado como “Melhor Álbum de Música Raízes Brasileiras”( na disputa com os também renomados Alceu Valença e Elba Ramalho), em Las Vegas. Os artistas gostaram tanto da feitura do projeto anterior que já estão em fase final de gravação de MAIS AR previsto para lançamento ainda este ano.

Também obteve grande destaque ao aceitar convites para representar personagem de violeiro em novelas como “Pantanal” e “Rei do Gado”, além de Ana Raio e Zé Trovão e Bicho do Mato (2006).

SERVIÇO:
Almir Sater e Banda
Quando: 04 de Abril de 2017
Onde: Vale Imperial  - Mococa/SP
Valor: R$ 200,00 a R$ 300,00 por pessoa (Dependendo da localização da mesa).
Serão comercializadas mesas com oitos lugares divididas em três setores.
ADQUIRA JÁ O SEU CONVITE.
Parcelamos em até 4x no Cartão de Crédito.
Ponto de Venda: Supermercado São Domingos.
Dúvidas, clique aqui ou pelo telefone (19) 99215-5625.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Bastidores com Almir Sater | Renato Teixeira fala sobre +AR

Renato Teixeira de forma poética fala em sua Fan Page no Facebook sobre os bastidores da gravação do novo CD +AR em parceria com Almir Sater



Apesar de amigos e parceiros musicais de longa data, pela segunda vez, para nossa satisfação gravam juntos novamente. Segundo Sater em relato anterior, gostaram tanto da feitura do primeiro trabalho "AR" que logo pensaram em dar continuidade. E não é para menos, o disco logo caiu nas graças do público, fãs, mídia e da crítica especializada. 

Foto: Eduardo Galeno / Agencia Produtora.


 













Gravado entre o Brasil e Nashville (EUA), com produção do norte-americano Eric Silver ( também na produção de +AR) o álbum conta com 10 músicas inéditas compostas e eles foram contemplados no 27º Prêmio de Música Brasileira de 2016, como melhor dupla regional.

O disco "AR" foi o escolhido no 17º Grammy Latino 2016 - em Las Vegas, como “Melhor Álbum de Música Raízes Brasileiras”, na disputa com os também renomados Alceu Valença e Elba Ramalho.

AR –Disponível nas plataformas digitais: https://umusicbrazil.lnk.to/DDeDestino e CD Físico nas Lojas e Sites virtuais https://goo.gl/1so7wS


🍃🎸 enquanto mais +AR não vem, continuamos a purificar nossa mente e espírito com o atual, afinal a originalidade vale muito a pena, assim dizem os sábios.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Almir Sater desembarca em Minas para shows em Capitólio e BH

Depois de uma série de apresentações mensais, Almir Sater encerra sua agenda de shows deste ano, em Minas Gerais, na “terra de violeiros” como ele sempre faz questão de frisar. 

                                                   
                                                             Foto: Cristiane Nogueira
O Artista se apresenta neste fim de semana em dois shows imperdíveis: na sexta (16) em Capitólio, no suntuoso Clube Campestre Escarpas do Lago com direito a Jantar do conceituado Buffet Fátima Faria e Open Bar. As Reservas e Mesas para 04 pessoas estão à venda pela Secretaria do Clube - pelos telefones: (37) 3326-5100 e Whatsapp: (37) 9.9955-9110.  Sater acompanhado de sua banda revisita sua carreira consagrada há mais de 30 anos, até os dias atuais, sem deixar de lado o toque de viola que o tornou consagrado. Além do CD "AR" - um dos momentos marcantes é a canção emocionante "Assim Os Dias Passarão" que deverá estar no próximo CD. O Artista faz um convite imperdível -assista:


Já no sábado (17) na bem sucedida Tour Tocando em Frente, com os amigos e parceiros Renato Teixeira e Sérgio Reis no BH Hall em Belo Horizonte. Os Ingressos através do Site Ticketsforfun

Foto acervo: Renato Teixeira Oficial
No palco, os artistas revisitam suas trajetórias com canções que marcaram gerações, como Romaria, Tocando em Frente, Coração de Papel, Um Violeiro Toca, A Saudade É Uma Estrada Longa, Frete, Panela Velha, Amora entre outras. No repertório, também estão inclusas as mais recentes canções do CD “AR” de Almir Sater e Renato Teixeira, vencedor do Grammy Latino como “Melhor Álbum de Música Raízes Brasileiras” como Bicho Feio, Peixe Frito, Amor Leva Eu, A Flor Que A Gente Assopra, A Primeira Vez, D De Destino (indicada para o Grammy também como “Melhor Canção da música Portuguesa”).
Foto: Eduardo Galeno / Agencia Produtora.
O disco “AR” que foi lançado há um ano atrás, em 11 de Dezembro de 2015 – em todas as plataformas digitais. Desde então tem sido sucesso da crítica especializada, mídia e público, agrada em cheio todas as gerações. Almir Sater e Renato Teixeira gostaram tanto da feitura do projeto anterior que já estão em fase final de gravação de MAIS AR previsto para lançamento em 2017, com novas canções.
                                             Foto: Eduardo Galeno/ Agencia Produtora.

Essa parceria em disco renovou nossa vontade de continuar compondo juntos, agora não apenas as canções que sempre fizemos, mas também para um trabalho mais extenso. As dez canções que estarão em Mais Ar foram acontecendo de uma maneira muito harmoniosa e nos deram um enorme prazer. Nossa parceria é como um lindo canto de pássaro” filosofa Almir Sater.( Fonte: Estadão).

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

ALMIR SATER EM ENTREVISTA INÉDITA PARA O REGIONAL


“O momento em que faço uma canção, componho uma canção que me agrada, é uma sensação de estado de graça, é muito bom então para o compositor compor uma música é sinal de que ele está vivo”. - Almir Sater.



Durante a passagem por Catanduva/SP para apresentação no SESC, em homenagem ao “Dia do Comerciário”, teve ingressos Esgotados com bastante antecedência, Almir Sater concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal  O Regional onde fala sobre sua carreira, a valoração da viola, suas influências musicais, novelas, Tião Carreiro, suas canções e claro o novo trabalho “AR” em parceria com Renato Teixeira e que podemos aguardar para 2.017. Vem mais AR por aí.
Acompanhe a entrevista na íntegra,  a seguir:

‘Cada um Toca a Música Conforme Toca o Seu Coração’
Por Cíntia Souza
Da Reportagem Local 

O Regional - Você é um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas. Como se sente com esse feito?
Almir Sater - Acho que é um certo exagero isso ai. As pessoas ficam depositando na gente umas responsabilidades que às vezes não são nossas. Eu quando comecei a tocar viola já tinha grandes violeiros já, resgatando a viola, o próprio Tião Carreiro. Pessoas com uma linguagem diferente na viola. Eu apenas era de uma geração um pouco diferente, então trazia um pouco, algumas influências diferentes. Isso ai que trouxe um pouco de vitrine e visibilidade, mas não me acho responsável por resgatar nada. 

O Regional - Considera Tião Carreiro seu mestre? Quais foram os principais ensinamentos que pode ter com ele?
Almir Sater - O Tião Carreiro quando comecei a tocar viola caipira eu lembro que um amigo meu me falou assim - você quer tocar viola caipira? Compra, tem dois discos do Tião Carreiro que são só solos de moda de viola. Compra para você ter uma ideia. Eu comprei os dois discos do Tião Carreiro de solo de viola e realmente me deu uma noção do que era o som da viola. Não sei tocar as músicas dele, do Tião, nunca soube tocar as músicas do Tião, sou um compositor que toco minhas músicas, mas aquele disco me ajudou muito. Sobre os ensinamentos acho que tem que juntar três violeiros para você ter uma base de viola caipira, que é o Tião Carreiro, que é fundamental, outro grande violeiro que tem uma técnica fantástica chama-se Renato Andrade e o terceiro que tem uma espontaneidade e um toque caboclo que é Zé Coco do Riachão, são três pessoas que já desencarnaram, já estão no outro mundo, mas que deixaram muita coisa para a gente poder aprender e acrescentar se possível.  

O Regional - São eles que são as suas influências? 
Almir Sater - Na parte de viola caipira sim. Agora tenho minhas influências da minha geração, do meu tipo de som, que vão muito além da viola caipira, coisa da minha geração de The Beatles, Pink Floyd, de Sá e Guarabira, sempre gostei de um rock rural.

O Regional - O rock te ajuda nas composições, nas produções? 
Almir Sater - Eu venho de uma geração roqueira. A pessoa pergunta por que eu sou? Sertanejo? Sou roqueiro, toco viola caipira, mas eu venho de uma geração roqueira, do folk, folk rock e da viola caipira também, então é a soma disso tudo ai.

O Regional - Quais foram as principais mudanças da música caipira na atualidade?
Almir Sater - Cada época tem seu sotaque, cada cidade tem sua maneira de se expressar, cada região tem uma viola caipira, tem um toque, então a música sertaneja vai se modificando. Na minha época também existia música romântica, música de influência dos mariachi mexicanos, algumas que eram mais bregas que o pessoal falava também, então sempre teve esse tipo. Cada um toca a música conforme toca o seu coração e não sou eu que vou julgar o que é que é bom e o que é ruim, eu julgo pelo meu trabalho.  

O Regional - Tem mais de 40 anos de carreira. Se pudesse nomear os momentos mais marcantes, quais deles seriam?
Almir Sater - O momento mais marcante da carreira é quando você recebe o primeiro convite para gravar um disco, isso é inesquecível. O primeiro show que a gente faz a gente nunca esquece, os primeiros a gente nunca esquece.

O Regional - Soma mais de 10 discos solos gravados, quais são as músicas que foram as mais marcantes?
Almir Sater - Tem várias músicas, músicas que foram importantes naquele momento, como “Peão” foi importante, “Tocando em Frente” foi importante, a própria “Chalana” que não é musica minha, nunca gravei, mas o diretor não achava aquela música para entrar em uma cena e pediu para eu gravar só um pedacinho que eu nunca mais iria ouvir. Essas coisas vão ficando e se eternizando na vida da gente. 

O Regional - Além de músico também interpretou personagens na televisão. Como foi essa experiência para você? 
Almir Sater - Já tinha feito uns filmes já e quando me chamaram para a TV era um personagem que tinha a ver comigo, que tocava viola, trabalhava no pantanal, tinha tudo a ver comigo, gostei muito eu ia fazer só aquele bico e acabei fazendo mais três novelas depois, e foi bom, ajudou muito a divulgar o meu trabalho, a minha imagem foi pra muito longe e atrás veio um pouco o som da minha viola, as novelas me ajudaram muito, naquele momento foram muito importantes, faria tudo de novo, mas hoje não quero mais. 

O Regional - O que a música representa para você?
Almir Sater - A musica é o meu sustento, é o que cria a minha família, é o que me faz mais feliz do que tudo. O momento em que faço uma canção, componho uma canção que me agrada, é uma sensação de estado de graça, é muito bom então para o compositor compor uma música é sinal de que ele está vivo.

O Regional - Lançou um álbum com Renato Teixeira no ano passado. Existe um novo projeto da parceira de vocês que deve ser lançado em breve? 
Almir Sater - Fizemos um disco e gostamos tanto que resolvemos continuar fazendo o volume dois desse disco, vamos continuar o disco, lançar esse e continuar fazendo o próximo que está praticamente pronto. Fizemos todas as músicas nesse ano, motivados pelo disco, e a motivação na vida de todo mundo é muito importante, na vida de todos, na música mais ainda então a gente acabou fazendo mais umas canções, gravamos agora e vamos fazer no mesmo estilo, mesmo jeito que a gente fez o outro disco e provavelmente deve estar por volta de março, abril, maio por ai.