sábado, 5 de abril de 2014

Comportamento Social: Oito maneiras de se identificar a Manipulação Emocional


Manipulação segundo o dicionário informal é aquele que ilude, manipula, faz a mente da cabeça de outra pessoa, tenta convencer sua mente, dizendo que só aquela é aceita. Sujeito que induz outras pessoas e cria acontecimentos que influencia as opiniões de maneira sutil, levando as pessoas a pensar que as conclusões que elas tiram são mais lógicas, não percebendo que suas razões foram "agendadas" de maneira cognitiva para que chegassem ao que o autor queria, em resumo, qualquer escritor deve ser um bom manipulador simbólica e cognitivamente. Ou seja, é aquele que se aproveita de uma situação, para beneficio próprio e uso de artifícios, artimanhas, para manipular, forjar, maquinar, preparar.


Por Fiona McColl.
A manipulação emocional é também conhecida como "Agressão dissimulada.
1) Não adianta tentar ser honesto com um manipulador emocional. Você diz alguma coisa e é logo contestado. E na medida mesmo em que você vai ouvindo as palavras, você vai tendo aquela horripilante sensação de que elas NÃO significam desculpa alguma, de que não há arrependimento algum; mas uma vez ditas as palavras, nada mais LHE resta a dizer. Ou isso, ou você, de repente, se encontra paparicando a angústia do outro! Sob todas as circunstâncias, se você perceber esse jogo - não sucumba! Não cuide, não aceite um pedido de desculpas que sente como besteira. Se se sente como besteira, provavelmente é.

Regra número um: se lidar com um chantagista emocional confie em seus instintos. Confie nos seus sentidos. Depois que um manipulador emocional encontra uma manobra bem-sucedida, ela é adicionada a uma lista prioritária e você terá apenas alimentado essa constante dieta de merda.

2) Um manipulador emocional é o retrato de um ajudante a postos. Se você lhes pedir para fazer algo, quase sempre concordam - isto é se eles não se voluntariarem para fazê-lo primeiro. Quando você lhes diz que não parecem querer fazer qualquer coisa - eles vão tentar fazer parecer que É CLARO que eles querem e como você está sendo irracional. Esta é uma forma de discurso contraditório - que é algo em que os manipuladores emocionais são muito bons. Regra número dois: se um manipulador emocional disse SIM - responsabilize-o por isso. Não compre os suspiros e as sutilezas dos sinais não verbais - se não eles não quiserem ajudar - faça-os dizer, cara a cara, de frente - ou apenas coloque seus fones de ouvido e vá tomar um banho e deixando-os com seu teatro.

3) Discurso contraditório - dizendo uma coisa e, posteriormente, garantindo-lhe que não disseram nada daquilo. Se você está em um relacionamento onde você imagina que você deveria começar a manter um registro do que foi dito, porque você está começando a questionar sua própria sanidade, você está experimentando manipulação emocional. Um manipulador emocional é um especialista em distorcer as coisas ao redor, racionalizando, justificando e explicando tudo. Eles podem mentir de forma tão suave que você pode sentar-se olhando para o preto e eles vão chamá-lo de branco e argumentar de modo tão convincente que você começa a duvidar de seus próprios muito sentidos. Durante um período de tempo, isto é tão insidioso e erosivo que pode literalmente alterar o seu sentido de realidade. ATENÇÃO: A Manipulação Emocional é MUITO perigosa!

4) Culpa. Manipuladores Emocionais são excelentes vendedores de culpa. Eles podem fazer você se sentir culpado por se manifestar, ou por não se manifestar, por ser emocional ou por não ser suficientemente emocional, por dar e cuidar, ou por não dar e cuidar o suficiente. Qualquer coisa é um jogo justo e propenso à culpabilização com um Manipulador Emocional. Manipuladores Emocionais raramente expressam suas necessidades ou desejos abertamente - eles conseguem o que querem através da manipulação emocional. A culpabilização não é o único meio, mas é poderosa. Muitos de nós estamos bem condicionados a fazer o que for necessário para reduzir os nossos sentimentos de culpa. Outra poderosa emoção que é usada é a simpatia. Um manipulador emocional é uma grande vítima. Eles inspiram um profundo sentimento de necessidade de apoio, cuidado e suporte. Manipuladores Emocionais raramente lutam suas próprias lutas ou fazem o seu próprio trabalho sujo.

5) Os Manipuladores Emocionais lutam sujo. Eles não lidam com as coisas diretamente. Eles vão conversar por suas costas e, eventualmente, colocar os outros na posição de lhe dizer o que eles mesmos não querem dizer. São passivos-agressivos, o que significa que encontram maneiras sutis de fazer você saber que eles não 'reservas' felizes de um jogo. Eles vão dizer o que eles pensam que você quer ouvir e depois fazer um monte de merda para minar tudo. Chorar, gritar ou eletrocutá-los - apenas o último poderá ter algum benefício a longo prazo e provavelmente, também, colocá-lo na cadeia.

6) Se você tiver uma dor de cabeça um manipulador emocional terá um tumor cerebral! Não importa qual é sua situação, o Manipulador Emocional provavelmente já esteve lá ou está lá agora - mas somente dez vezes pior. É difícil, depois de um período de tempo, sentir-se emocionalmente conectado a um Manipulador Emocional, porque eles têm uma maneira de desviar as conversas e colocar de volta os holofotes sobre eles mesmos. Se você chamar a atenção deles sobre este comportamento, provavelmente, vão se mostrar profundamente feridos ou, muito petulantes, irão chamá-lo de egoísta - ou alegarão de que é você que está sempre no centro das atenções. O fato é que, mesmo que você saiba que este não é o caso, você é deixado com a tarefa impossível de provar. Não se incomode - confie em seus instintos e vá embora!

7) Os Manipuladores Emocionais de algum modo têm a capacidade de influenciar o clima emocional das pessoas ao seu redor. Quando um manipulador emocional está triste ou com raiva, o ambiente em que está reverbera estes sentimentos, isto traz uma profunda resposta instintiva que encontra algum meio de equalizar o clima emocional e o percurso mais rápido é fazer com que o manipulador emocional sinta-se melhor - consertando o que quer que esteja errado para ele. Fique com este tipo de perdedor por muito tempo, e você ficará tão emaranhado e co-dependente, que esquecerá que ainda tem suas próprias necessidades - para não falar que você tem todo o direito de ter suas necessidades satisfeitas.

8) Os manipuladores emocionais não têm nenhum senso de responsabilidade. Eles não assumem nenhuma responsabilidade para si ou por seu comportamento - é sempre sobre o que todo mundo tem "feito contra eles". Uma das maneiras mais fáceis de detectar um manipulador emocional é que eles, muitas vezes, tentam estabelecer intimidade, através da partilha rápida de informações extremamente pessoais, que geralmente é do tipo "enforque-se-e-sinta-pena-de-mim". Inicialmente você pode achar este tipo de pessoa, muito sensível, emocionalmente aberto e talvez um pouco vulnerável. Acredite em mim quando digo que um manipulador emocional é tão vulnerável quanto um pit bull raivoso, e sempre haverá um problema ou uma crise de superar.