quarta-feira, 23 de abril de 2014

| Hoje é dia de Shakespeare| |23 Abril |.

Ser ou não Ser? Eis a questão... Hoje é dia de Shakespeare.


Infelizmente Aniversário de sua morte, mas por que não lembrar deste que soube através de suas dramaturgias, explorar emoções tão complexas latentes em nós.
*Romeo and Juliet, *Othelo, *Hamlet, Macbeth, *Sonho de uma noite de verão e a Tempestade foram os que eu li ou assisti filme, * a Megera Domada, que até a plim plim transformou em folhetim como O Cravo e a Rosa. Ou seja, nada se cria tudo se copia. Embora, não com a mesma genialidade.
Através da sagacidade de Shakespeare, principalmente ao ler e assistir Othelo faz pensar e refletir que:
“De todas as poderosas armas de destruição que o homem foi capaz de inventar, a mais terrível - e a mais covarde - é a palavra”.
Quantas vezes por intriga e interesse vil de outros, que cheios de perfídias, nos encaram como “pedras nos seus caminhos” a fim de atingir seus intentos, semeiam dúvidas, quanto ao caráter do outro. Quantas rompemos e sem dar chance, de explicações, um relacionamento amoroso, uma sociedade, uma parceria, uma amizade, porque "Iagos" da vida, insistem em cruzar os nossos caminhos, envenenando a alma, sem chance de defesa, colocando em dúvida, a capacidade, a lealdade, a fidelidade de sentimentos, o caráter, pelas circunstâncias que criaram, e não verdadeiras¿.
E que nós, a maioria, cegos, impulsivos, emotivos, ou dominados pelo ciúme, dúvida, orgulho, cometemos os mesmos erros de Otelo, sem se dar conta, que fomos manipulados por essas pessoas, o tempo todo, inseguras ou ambiciosas e dotadas de inveja, com o intuito de eliminar o obstáculo que segundo imaginam, quando na verdade, poderiam, ser somado às forças, e não fragmentadas? .
Na ficção pelo menos a justiça no final sempre vence e a honra também.
.. Tudo que se espera é que embora existam muito Iago(s), manipuladores e vis, Emília (s) corrompida, também há muitos “Cássio” (s), sonhadores, leais e idealizadores, ao nosso lado, assim como algumas Desdêmona(s), fidedignas aos seus princípios e laços firmados, que mediante a fealdade da alma, preferem ainda a beleza da honra.

Assista o filme no Canal do Youtube: