Loira do bem ∞ : 10/19/11

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Pitaco de Loira> Eu blogo, tu blogas, ele bloga...

 Eu blogo, tu blogas, ele bloga...

Por Marília Monteiro -
Vamos supor que você admire muito uma pessoa, seja ela famosa ou não. Goste do que ela expressa, ou de seu trabalho. Se quiser saber mais sobre tal personalidade, basta googlar o nome do(a) admirado(a) para encontrá-lo(a) em diversos lugares. Quem nunca fez isso?-
Em cada mídia social é possível descobrir “um lado” de uma pessoa. Por exemplo, no twitter dá para ver com quais assuntos o indivíduo está engajado e quais são seus interesses. O Orkut mostra mais como ele se relaciona com as pessoas, além de fornecer fotos e vídeos que gosta. Em cada mídia social, uma sentença! E os blogs?
Blog vem de “weblog” criado em 1997. Dois anos depois, Peter Merholz, por brincadeira, desmembrou a palavra para formar um termo, ficando “we blog”, que foi colocado na barra lateral de seu blog na época. Daí também vem o verbo “blogar”.
Atualmente, o Brasil é o segundo país em número de blogs. Dá pra acreditar?
No blog pode-se aprofundar mais e saber qual a real opinião da pessoa. A ferramenta pode revelar se o sujeito tem um lado cômico jamais visto pessoalmente, se tem pensamentos bons e irônicos/sarcásticos, e muito mais.
O conceito de Blog evoluiu muito desde sua criação. Antes, ele era visto como diário e hoje se tornou um meio de comunicação e expressão de muitos jornais, revistas, instituições e pessoas. Dá até para lucrar com eles.
Com linguagem despojada e possibilidade de focar em que quiser, o autor do blog tem total arbitrariedade nesse campo, podendo discutir política, economia, fazer humor, contar histórias, poemas, postar desenhos, etc. Possuindo tal liberdade, o autor passa a querer cada vez mais leitores para prestigiar seu blog.
Porém, seu acesso varia de acordo com o conteúdo postado. “Fazer do blog um diário não é legal. Escrever onde você foi, o que comeu, com quem foi, não interessa a quase ninguém, a não ser que você seja um artista famoso. Já fazer textos humorísticos, quadrinhos e piadas de própria autoria, ou seja, inventar coisas, é bastante interessante.

Pitaco de Loira: Voltando à Vida -

É dia de Rock, bebê !!!
Onde Você estava quando fui queimado e despedaçado?

Enquanto os dias passavam pela minha janela...
Onde você estava quando fui ferido e estava indefeso?
Porque as coisas que você diz e faz me rodeiam
Enquanto você se agarrava às palavras de outra pessoa
Morrendo por acreditar no que você ouvia
Eu estava olhando fixamente para o sol à brilhar
Perdido no pensamento e perdido no tempo
Enquanto as sementes da vida e as sementes da mudança eram plantadas
Lá fora a chuva caía escura e devagar
Enquanto eu refletia sobre esse perigoso porém irresistível passatempo
Eu dei um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que era chegado o momento
Para matar o passado e voltar à vida
Eu dei um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que o momento havia começado
De matar o passado e voltar à vida
E fui direto ... em direção ao sol brilhante..
.


É importante que todo mundo proteja aquilo que nos une, e que nos liga à Terra e aos nossos ancestrais. E a maneira que nós temos de fazer isso é mantendo nossa herança cultural. O que eu vejo é essa herança cultural sendo destruída, erodida pelas multinacionais, que precisam espalhar o desejo de lucro pelo mundo. Eu não acredito no valor das franquias de fast food. E muita gente gosta desse lixo. Nós precisamos descobrir algo melhor do que as leis do mercado para reger nossas vidas.[Roger Waters]