Loira do bem ∞ : 06/15/11

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Pitaco de Loira: um país sem máscaras

Para não perder o costume, lá vai meu pitaco desta semana. Mesmo porque tenho que frear às vezes, um pouco meu lado socialista e anarquista de ser e pensar e de  concordar com frases feitas, ou, com a  injustiça social, como ocorrera com os heróis bombeiros, cansados de esperar por reconhecimento financeiro resolveram adotar os versos de Vandré "Quem sabe faz a hora " não espera acontecer.

Resultado de imagem para profissões
Felizmente, prevaleceu  o bom senso sobre o alvará de soltura dos bombeiros, uma das profissões mais dignas que existe e segundo estatísticas a de maior credibilidade, é quase inexistente o grau de corrupção nela. Em segundo, para mim estão as profissões de educadores e lixeiros, nem sempre paramos para pensar sobre, o quanto estes profissionais são valiosos e importantes. Vejam o lixeiro, se qualquer um de nós, parar de trabalhar, de executar nosso trabalho fará falta, mas nenhum tão quanto os lixeiros. Se resolverem não recolher o lixo nas ruas, calçadas por mais de um ou dois dias, a cidade vira um caos, bactérias e contaminações pelo ar farão com que todos nós adoecemos rapidamente.

E, no entanto esses cidadãos do bem trabalham muitas vezes, em condições precárias, sem nenhum equipamento de segurança de trabalho adequado e por ironia até, eles que salvam a população de riscos de doenças e ficam mais expostos, porém cumprem com seu papel, de forma digna, com míseros trocados no bolso, enquanto que outros, além de ganhar (mais) que o suficiente, ser reconhecido socialmente, continuam a usurpar o povo, e usam de artifícios ou influências para corromper o poder.
Onde uns ganham muitos é porque outros estão perdendo mais.  Quero deixar claro, que não estou levantando a bandeira do socialismo ou da esquerda liberal, como forma  'mais' ideal de governo, em absoluto. E Heróis para mim são pessoas simples, mas honradas e que realmente prestam um serviço público e  de utilidade para a humanidade, e no entanto a sociedade como um todo, não tem às vezes, o mínimo reconhecimento e nem respeito para com eles. Vivemos em uma época de valores invertidos no mundo faz de conta, onde pais agride professores, espancam, sem entender o legado a ser deixado para seus filhos,  agindo assim, passam o juízo de valor, de que eles não devem ter disciplina, limites e tampouco respeitar hierarquias. Que a vida é assim quando contrariados, resolvemos tudo na violência, na porrada, na subversão? * o Clube do Imperador, um filme ótimo que retrata sobre valores éticos para reflexão.

O que não podemos fazer é se calar ou se mostrar indiferente em certas coisas, senão seremos pessoas condicionadas a aceitar tudo que nos ditam, sem questionar sequer onde devem perdurar a verdade, o bom senso.
Como diria Thomas More:
"O homem não deve estar ligado a outro homem, com palavras, e protocolos apenas, mas de coração a coração". Ou seja, antes de endurecer o coração e agir somente pela lógica e interesse, devemos ser justos, bons e compassivos.