quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Márcio de Camillo em Lançamento de CD "Crianceiras" no Sesc Horto

Pitaco by Loira do Bem  "TODAS AS IDADES"
MÁRCIO DE CAMILLO FAZ RELEITURAS MUSICADAS DOS POEMAS DO POETA MANOEL DE BARROS - "EM IMPERDÍVEL ESPETÁCULO.

Espetáculo cênico musical Crianceiras (Foto: Vânia Jucá/ Divulgação) 
Espetáculo cênico musical Crianceiras (Foto: Vânia Jucá/ Divulgação)
 Um espétáculo para "todas as idades", na verdade, é o que fará Márcio de Camillo, em comemoração ao mês dedicado ao "Dia das Crianças" e "Dia Nacional da Leitura", nesta  quinta e sexta feira, no Teatro Prosa, do Sesc Horto, em Campo Grande, MS.
O artista fará dois espetáculos para o lançamento do CD "Crianceiras" e  imperdíveis: 04 e 05 de Outubro, às 18:30 e 20:30 respectivamente.
"Ao Vivo, Acústico e poético" assim define o cantor e compositor Márcio de Camillo,  seu mais novo trabalho, os poemas de Manoel de Barros musicados por ele.
 Os shows ainda  contam com a direção de Luiz André Cherubini, que engradece ainda mais a genialidade do projeto.
A repercussão do seu trabalho musical, foi tão grande, que  o CD concorreu na"Categoria Melhor Álbum Infantil" pelo Prêmio da Música Brasileira 2012 em sua 23ª edição e ficou entre os três finalistas.
Serviço:
Espetáculo Cênico Musical
Poesias Manoel de Barros
Musicadas por Márcio de Camillo
Direção: Luiz Adré Cherubini
Quando: 04 e 05 de Outubro de 2012 - quinta e sexta-feira
Cidade: Campo Grande -MS
Horas:  18:30 e 20:30 
Local: Teatro Prosa - Sesc Horto.
Investimento em Valores R$:
Antecipados Inteira:       R$ 20.00
                     1/2Entrada: R$ 10.00
 Ponto de Vendas Antecipado:
Le Parole. R. Euclides da Cunha, 1126, Campo Grande, MS Tel:- +55 (67) 3043-5100


Almir Sater em Campo Grande (MS) no Palácio Popular da Cultura - www.Campo-Grande-Noticias.com.br

Almir Sater em Campo Grande (MS) no Palácio Popular da Cultura - www.Campo-Grande-Noticias.com.br

Pitaco by Loira do Bem via by São Francisco de Assis


04 de Outubro ViVa a sabedoria de Francisco !
Bendito Seja
Benditas sejam as dificuldades que nos agridem e fazem pensar.
Benditas sejam as horas que gastamos em função do bem eterno.
Bendito seja quem nos maltrata à primeira vista e nos ajuda a melhorar.
Bendito seja que não nos conhece e não acredita em nós.
Bendito seja quem nos compara com vagabundos e indolentes.
Bendito seja quem nos expulsa, como párias ou fanáticos.
Bendito seja a mão que nos nega o cumprimento.
Bendito seja quem quer nos esquecer, impaciente.
Bendito seja quem nos nega o pão de cada dia.
Bendito seja quem nos ataca por ignorância e covardia.
Bendito seja quem nos experimenta no correr do tempo.
Bendito seja quem nos faz chorar nos caminhos.
Bendito seja quem não agrada no momento.
Bendito seja quem exige de nós a perfeição.
Benditos sejam os que nos maltratam o coração porque, verdadeiramente, são estes, meus filhos, os nosso vigilantes e os que nos ajudam a seguir o Cristo com maior segurança, pois Deus, através deles, nos ajuda na auto educação, de maneira que fiquem abertas todas as portas para o Amor Universal.
(Atribuída a Francisco de Assis à Frei Leão, após a negativa do papa Inocencio III de recebê-lo em audiência)