sexta-feira, novembro 18, 2016

AR de Almir Sater e Renato Teixeira é premiado no Grammy Latino

O álbum "AR" de Almir Sater e Renato Teixeira recebeu o prêmio de "Melhor álbum de música de raízes brasileiras" pelo 17ª edição do Grammy Latino, evento realizado nesta quinta-feira (17) passada, em Las Vegas (EUA).

Gravado entre o Brasil e Nashville (EUA), produção do norte-americano Eric Silver, o CD traz 10 músicas inéditas e concorria com artistas renomados  - Alceu Valença (álbum "A Luneta E Tempo") e Elba Ramalho ("Cordas, Gonzaga e Afins"), entre eles.

Encarte CD – Imagem: Eduardo Galeno – Agencia Produtora

O disco também havia sido indicado na categoria “Melhor música em língua portuguesa” com a faixa “D de Destino”, da qual o cantor Djavan foi o agraciado. 

"AR" desde que foi lançado nas plataformas digitais, logo caiu nas graças do público, crítica especializada, fãs e admiradores no geral. Em Junho passado, os artistas foram escolhidos como melhor dupla regional no Prêmio da Música Brasileira.   

  Encarte CD – Imagem: Eduardo Galeno – Agencia Produtora.
Muito Além das Fronteiras...

O disco navega por diversas vertentes e influências musicais, como do folk ao rock Anos 70, sem deixar de flertar com o purismo da música caipira e a poesia bucólica. “Tem uma fase da vida que você é rock and roll, tem outra fase que você é country e tem aquela que você é folk”, lembra Renato Teixeira.

Já Almir ressalta essa junção de matizes e sons diversos, embalados pelas suas influências musicais, do Folk Rock - “Apesar de sermos parceiros, temos estilos particulares. Foi possível deixar os dois bem evidentes”. O público de Brasília poderá averiguar ao vivo, neste sábado (19) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães - os músicos farão uma única apresentação na Capital. 


Sem dúvida, um show imperdível!. E que venha mais AR em 2017 para todos nós, afinal quanto mais puro, merecido e um belo presente de aniversário ao artista Almir Sater também.