quinta-feira, 27 de março de 2014

Comportamento: Você é um manipulador de emoções?


Como Identificar Comportamentos Manipuladores
Criado por Rafael Bemerguy e Sabrina L. Furtado

Quando falamos em manipulação, estamos falando sobre o ato de tentar influenciar o comportamento ou ações de outra pessoa de forma indireta. Somos humanos, e como tais, nossas emoções muitas vezes acabam distorcendo o julgamento que fazemos da realidade, tornando difícil enxergar a verdade por trás da dissimulação (quando fingimos ou disfarçamos o que sentimos ou pretendemos) embutidos em diferentes formas de comportamento. Os aspectos controladores da astúcia somados à manipulação às vezes são tão sutis que passam despercebidos, escondidos embaixo de um manto de sentimentos como obrigação, amor ou algo que já virou hábito. Neste artigo você vai aprender a identificar um comportamento manipulador à sua volta para que você consiga contornar a situação, e não virar um refém dela.

Passo 1
Entenda as características de uma personalidade manipuladora. Elas não são óbvias porque essas pessoas agem em silêncio ao construírem um muro de obrigações que temos para com elas. Esse muro acaba fazendo com que você se sinta pressionado e obrigado a continuar agindo dessa maneira por elas, mesmo que no fundo você fique se perguntando como a coisa chegou a esse ponto. Algumas das características de uma personalidade manipuladora incluem:
  • O mártir. A pessoa com esse tipo de personalidade age como se ele ou ela fossem muito legais com os outros, mas na verdade estão misturando consideração com a necessidade de serem importantes para você. Quando agem assim, eles fazem coisas pelos outros que ninguém pediu ou quis que fizessem, mas assim eles garantem uma ligação com o “favorecido”. Fazendo esse “favor” para você, eles esperam que você dê algo em troca. Outra coisa que eles costumam fazer é jogar na sua cara tudo o que já fizeram por você e quando terão o retorno para tanta “boa vontade”...
  • Os excessivamente dependentes e carentes. São pessoas que não se sentem à vontade em ser elas mesmas nem em mostrar as suas próprias ideias e opiniões. Elas acabam se escondendo por trás de uma máscara de manipulação para que você ache que está lidando com alguém normal, quando na verdade estão fazendo com que você supra a carência delas.
  • Os narcisistas. Esse é o arquétipo do manipulador e é muito difícil lidar com esse mestre da manipulação.
  • Você. Sério mesmo. Cada um de nós acaba tendo um comportamento manipulador uma vez ou outra. É que, para a maioria das pessoas, esse deslize acontece de vez em quando. Para os manipuladores, é um vício que usam como um manual para o dia-a-dia e para todos os relacionamentos.
 Em breve Passo 2.