terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Pitaco de Loira> O FUNERAL DA LEOA

Tendo o leão perdido subitamente a sua rainha, todos se apressaram a mostrar fidelidade ao monarca oferecendo-lhe consolo.
O monarca deu vazão à sua tristeza e toda a caverna, visto que leões não têm outros templos, ressoava com seus lamentos. Seguindo o seu exemplo, todos os cortesãos rugiram, em seus diferentes tons. A corte é um lugar onde todos ficam tristes, alegres ou indiferentes de acordo com o príncipe reinante; ou, se alguém não se sente assim, pelo menos tenta parecer que sente; todos procuram imitar o senhor.

Diz-se que uma só cabeça anima milhares de corpos, mostrando nitidamente que os seres humanos não passam de máquinas. Mas voltemos ao nosso assunto. Só o veado não chorava. Como ele era capaz disso, realmente?

-A morte da rainha era uma desforra pura para ele; ela havia estrangulado a sua esposa e o seu filho.

Um cortesão achou justo contar ao consternado monarca, e até afirmou ter visto o veado rir. A ira de um rei, diz Salomão, é terrível, principalmente a de um rei-leão. “Miserável forasteiro!” Exclamou, “ousas rir quando todos a sua volta se desfazem em lágrimas?

- Não sujaremos nossas garras reais com teu sangue profano! Vingarás, bravo lobo, a nossa rainha imolando esse traidor a sua augusta alma”

Ao que o veado respondeu: ‘Senhor, já não é mais hora de chorar, a tristeza aqui é supérflua. Vossa reverenciada esposa acabou de aparecer para mim repousando sobre um leito de rosas;eu a reconheci instantaneamente.

- ‘Amigo’. ela me disse, termine essa pompa fúnebre, faça cessar essas lágrimas inúteis permaneça por uns tempos incontido, ele me gratifica."

- Mal ele havia falado, quando alguém gritou: “Um milagre! Um milagre!”

O veado, em vez de ser punido, recebeu um belo presente.

Moral da História: Deixe que o rei sonhe, teça-lhe elogios, e conte-lhe algumas mentiras agradáveis e fantásticas. Por mais indignado que ele esteja com você, engolirá a isca e fará de você o seu melhor amigo. FÁBULAS, JEAN DE LA FONTAINE. 1621-1695

Ponto de Reflexão:
"Se quiser contar mentiras que pareçam verídicas, não conte a verdade na qual ninguém vai acreditar. IMPERADOR TOKUGAWA IEYASU DO JAPÃO, SÉCULO XVII

"A pessoa mais detestável do mundo é a que sempre fala a verdade, nunca romanceia. Eu acho sempre mais interessante e lucrativo romancear do que dizer a verdade. (Joseph Weil vulgo “The Yellow Kid”, 1875-1976).