domingo, 5 de junho de 2011

Pitaco de Loira:PLANETA VERDE JÁ 05 DE JUNHO DIA DO MEIO AMBIENTE

HOJE DIA DO MEIO AMBIENTE: Planeta Verde já..


foto retirada do Blog grupoeco-artesas.blogspot.com
 Trate o mundo igual a gente trata a nossa casa,nosso quarto,o altar de nossa igreja,respeitar a terra como nosso santuário.Acho que é educação. A ecologia começa com a educação em casa[Almir Sater]


Não é só Hoje, a consciência e respeito pelo meio ambiente é sempre. o artista Almir Sater foi muito feliz em sua declaração em entrevista concedida ano passado para a nossa comunidade no Orkut, sobre essa questão.  sentimentos como empatia e gratidão são primordiais para que o planeta continue nos fornecendo o necessário para viver.


Hoje se vê no mundo todo, a ganância dos homens, por desbravar terras, mares,usinas e petróleo,
pessoas sendo assassinadas no Pará,em virtude de levantar a voz contra o desmatamento, a subtração da madeira,a injustiça social,e tudo continua do mesmo jeito, pessoas acuadas, oprimidas  num mundo onde não prevalece o bom senso e a equidade nunca.


Na minha mente paira a pergunta de Jesus Cristo, há 2.000 anos atrás- Que adianta o Homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma??? Eu teria vergonha de andar exibindo carrões importados, em revistas,esbanjando fortunas ,com futilidades,quando há tantas pessoas passando fome,vivendo em condições míseráveis neste planeta... e sobretudo ,matando a mãe natureza,-destruindo florestas,rios e mares.


Nós não herdamos a terra de nossos país, apenas a tomamos emprestado de nossos filhos”,sabiamente disse o cacique indigena, que é demonstra equilibrio,inteligencia e bom senso que quase todos os homens brancos não possuem mais...


Não cabe mais no universo tantas futilidades, ganância e ambição descabida,pessoas irresponsáveis agindo como se fossem a própria lei, valores distorcidos e principíos esquecidos..o que me conforta é pensar como Madre Teresa Calcutá,no fim o acerto de contas não é entre voce e a outro e sim entre voce e Deus..que assim seja.


Lembrando ainda as palavras de Jesus Cristo, "Aqueles que muito foram dados, muito lhe serão cobrados".


"Só no dia que acabar a última gota de água limpa, que cair a última árvore e que morrer o último peixe, o homem branco descobrirá que dinheiro não se come, não se bebe, não se respira!"Frase de um índio Sioux, do Século XIX