Loira do bem ∞ : 03/31/09

terça-feira, 31 de março de 2009

....não sei quem sou..eu simplesmente vivo...

Eu quase que nada sei.Mas desconfio de muita coisa.(Guimarães Rosa).

Quem sou?!Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou,mas o que para mim importa é o que eu estou a procura de ser e isso eu ainda não sou.(Angela Delphim)

Não sei quem sou,que alma tenho.Sinto-me múltiplo.(Fernando Pessoa).



Eu desconfio que eu sou uma branca de alma negra,de alma indígena,que preza pela fraternidade,liberdade e equidade;

Que a íris dos meus olhos nada mais é que o azul da liberdade que aspiro para os povos,raças e credos;sem dogmas;





Uma vendedora de sonhos,talvez,mas não acredito em sonhos que se vendem como uma mercadoria.

Acredito em pessoas melhores,que o sistema faz as pessoas,como também as pessoas mudam o sistema,

Não sou da esquerda,nem da direita,mas do meio,do equilíbrio,que precisa ver para crer;e que só desiste das coisas quando for para outra dimensão;que está em fase de transição,sempre aprendendo,eu não estou feita,estou sendo refeita;
defeitos aos montes,vontade de acertar aos litros;

Quem sou eu?-Um enigma,talvez o imaginário para aqueles que não conseguem me desvendar(Mariana Gueiros).

Me descubro um pouco mais a cada dia,minhas ânsias e desejos... isso é fundamental para dizer quem eu sou,porque às vezes eu mesma me surpreendo...




Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.
Não me dêem fórmulas certas,por que eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim,por que vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.Não me convidem a ser igual,por que sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma pra sempre"



Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas,pois eu também sou o escuro da noite a única verdade é que vivo.
Sinceramente,eu vivo.Quem sou?
Bem,isso já é demais....(Clarice Lispector)
"Um Cavaleiro da lua, talvez"

"Filmado por Nádia em Londrina-Pr no dia 22.08.08,