Loira do bem ∞ : 03/30/13

sábado, março 30, 2013

Longas noites


O que temos para o sábado??? .O que temos de Novidades para Domingo ????? sic ......Não...Não...Não eu me recuso a saber....mesmo com toda a fama com toda lama...snif..[ eu quero ir no Lollapalooza ver Eddie Vedder amanhã, 31.] ... preciso acabar logo com isso, preciso lembrar que eu existo...vou usar a tática da A Raposa e as Uvas... sic...hehehe....e que afinal não é Led Zeppelin vide Robert Plant... ai sim eu ia me enforcar no pé de cebola... hehehe...
oh Yeah ..

 











 Eddie Vedder - Long Nights
Não tenho medo
Para quando eu estiver sozinho
Eu estarei numa situação melhor do que antes
Eu tenho essa luz
Eu irei em busca de crescimento
Quem eu era antes
Eu não posso lembrar
Longas noites permitam-me sentir...
Estou caindo ... Estou caindo
As luzes se apagam
Permitam-me sentir
Estou caindo
Estou caindo ao chão
Ah ...
Vou aproveitar esta alma que está dentro de mim agora
Tal como um novo amigo
Eu sempre saberei
Eu tenho essa luz
E a vontade de mostrar
Serei sempre melhor do que antes
Longas noites permitam - me sentir ...
Estou caindo ... Estou caindo
As luzes se apagam
Permitam-me sentir
Estou caindo
Estou caindo seguro ao chão
Ah ...

Eddie Vedder - Long Nights

A RODA QUE GIRA

A roda que gira é o tempo que vai e que vem, um tempo não linear, um círculo, numa constante dança, as coisas acontecem, as escolhas aparecem, e a roda gira.
Assim como é em cima, é embaixo, assim como embaixo, é em cima. Gira continuamente, é um ciclo que não tem fim. São leis baseadas na física do Universo, e a sua principal base se constitui a partir do movimento circular e infinito, que atua sobre as outras leis.



"Ninguém se iluda, pois Deus não se deixa escarnecer; aquilo que o homem semear isso mesmo terá de colher". “ Quem não deve não teme”  -são ditados populares e antigos, mas que vem a calhar, relacionados com a ação e reação, causa e efeito. E se nossa consciência repousa tranquila, não há o que temer.

A roda que gira, significa que tudo está em constante movimento e em estado impermanente, e que, invariavelmente, a paciência é o caminho.  Neste giro, os preparativos para colher o que semeou ou plantou, em outras palavras, segundo a crença, "tudo que vai, volta, e tudo que sobe tem de descer”. Isso não se trata de praga, maldição, inveja ou mau olhado, jogado contra nossos desafetos, inimigos ou adversários. Mas a Lei do Universo, da física quântica, ou que chamem de karma ou carma, não importa.Segundo Dalai Lama, “Toda ação humana, quer se torne positiva ou negativa, precisa depender de motivação”.

Haverá de colher aquilo que semeou, se nossa ação, foi positiva, neste giro, em que a roda vai passando, colheremos frutos bons, porém, se nossas ações foram de forma negativa, quando estivermos em situação boa ou ruim, ficaremos a mercê do nosso plantio ou semeadura no passado. O que fizermos ao outro, de forma mesquinha, cruel e covarde, atravancando o caminho dele ou até para alcançarmos os intentos e objetivos, obrigatoriamente, teremos que arcar com essas consequências, e para isso, não há sal grosso, que possa combater, está no livro da nossa vida, o universo é sábio. Assim como as estações do ano, primavera, outono, verão e inverno, [nascimento, crescimento, morte, renascimento], a roda que gira é um círculo, assim como o ano é uma viagem circular que fazemos em volta do sol, e não há como impedir o fluxo dela, ela vem, quer queiramos ou não.

Todo o ciclo da Roda do ano pode ser compreendido a partir dos processos interiores e psicológicos que vivemos à medida que vamos caminhando e progredindo no aprendizado. Percebemos, cedo ou tarde, que o novo é o velho renascido e o velho é o novo que virá. Muito há que se agradecer nesta e em todas as épocas pelos queridos que passaram por nossas vidas, os que ficaram, os que resgatamos da fornalha da incompreensão, os que escolheram ficar do nosso lado, sob circunstâncias tão adversas e aqueles que nunca nos abandonaram. É possível perdoar os erros dos amigos e dos inimigos, nos socorrendo da compaixão que vem com a prática e sacralidade que é a rotina sacerdotal. É possível, mais que tudo, perdoar a nós mesmos pelas escolhas erradas, ter compaixão por nós mesmos, buscando sempre acertar nas escolher.
"O plantio é livre; a colheita é obrigatória".


Oração da Deusa Mãe.
A lei mais elevada é agora o ensinamento.
Cuida bem dos seus atos, palavras e pensamentos.
Muitos seres podem ouvir, e espíritos, saber
a maldade que você tanto procura esconder.
Então gire a roda do ano; deixe o tempo passar,
viva cheio de amor e não deixe o medo imperar.
Essa antiga sabedoria eu transmito e vou além:
"Faça o que quiser, mas não prejudique ninguém."
Tenha cautela igualmente com a segunda lei,
Pois tudo o que vai volta, isso é o bem sei.
A roda continua girando, três vezes vai girar,
ninguém pode enganá-la ou dela algo ocultar.
Busque a harmonia, o equilíbrio e a autoestima,
pois como é embaixo, é assim também em cima.
Deixe brilhar a sua luz interior e que todo mundo a veja,
se é isso o que você quer, então que assim seja!
Pelos poderes de três vezes três,
Toda vontade vira ação
Sempre pelo bem de todos,
Essas energias se formarão
Blessed Be !!!
Texto adaptado de fontes e fotos de blogs by google.