quinta-feira, maio 02, 2013

Mitologia Grega, aprendendo com Penélope -

Em Ilíada de Homero.. Ulisses ficou perdido no mar, após derrotar Troia, segundo a mitologia, por castigo dos deuses, pela perda de Aquiles, e, sendo assim, não encontrava o caminho para casa, e dentre 20 anos, vários obstáculos, o deixaram à mercê da sorte, das intempéries que foram surgindo ao longo do caminho, tentando desviá-lo do objetivo principal.  Penélope sua esposa, então, se viu forçada a casar novamente. Sem saída, aceitou o cortejo dos pretendentes, porém, (confiante no retorno do poder de Ulisses, guerreiro destemido, justo e inteligente), mas, usando de artimanha, que o faria após tecer um sudário para seu sogro, e então, de noite, ela desmanchava o que fazia de dia e assim seguia, tecendo novamente... até finalmente, o retorno de Ulisses... o que tem isso a ver? -
Que é necessário usar da astúcia e paciência de Penélope, quando deparamos com uma medusa cérebro de pedra, no caminho, e se fazendo de tola (Inez é morta), e assim, se passar de tola para uma pessoa que pensa ser inteligente.. Haverá o dia, se cansará do jogo, e a medusa, por fim, e quando tiver no lugar da pedra, um coração justo, humano, descobrirá, por fim, que sempre atirou no próprio pé....... Quem quiser que fique aqui e conte outra estória pra vocês.. Nem Raul... ahahaha.
O mundo pode ser um palco. Mas o elenco é um horror. Os bons terminam felizes; os maus, desgraçados. Isso é a ficção. by Oscar Wilde. Então...Eu quero todas as minhas janelas abertas .. uma a uma de par em par...!!!