domingo, 11 de novembro de 2007

Almir Sater se rende aos apelos do público de Uberlândia...

Este é Almir Sater um violeiro com toque de midas.
Assim ouvi falar:
O povo mineiro conseguiu uma façanha que todos nós, ainda não havíamos conseguido até então.
Quem diria! Almir Sater sempre "fugindo" de ensaiar e cantar suas lindas músicas do CD 7 Sinais, recém lançado em meados de Dez de 2.006, nos seus eventos. E, vez ou outra, aí quando um fã "chorava" demais, o "hómi" do chapéu ia lá e cantava "No rastro da lua cheia", "7 Sinais" etc e tal, mas em Uberlândia, não teve jeito.










O público tanto fez, tanto agitou, implorou, que Almir Sater não conseguiu ficar indiferente aos apelos e mostrou mais uma vez, o que estou cansada de dizer aqui no meu blog, sobre esse músico espetacular.

E oh isso me faz pensar - será que é a chegada do aniversário que deixou o "hómi do chapéu" de coração amolecido?. Ele voltou para o bis e cantou "cabelo loiro e "moreninha linda" e mesmo sem ensaio, Almir Sater realizou o desejo e alegrou o coração de mais de 2.000 pessoas presentes no ambiente e cantou  "Cubanita", música que segundo os fãs da comunidade do Orkut, e foram prestigiar o show, muito executada nas rádios mineiras. Isso sim que é gosto apurado.

 Com sua licença Michele, comentarei aqui no blog,detalhes que fazem toda a diferença no show e que você retratou na comunidade tão bem, a seguir. Primeiro o seu encontro como fã com o músico e a emoção de poder entregar em mãos, a cópia do seu TCC, mestrado este feito na fazenda do artista, da qual obteve o  3º lugar, sendo que o trabalho brilhante da moça já ganhou publicação até num livro.

Depois o fato de saber que segundo ela, o público em geral de Uberlândia, geralmente são mais contidos em shows, porém não desta vez, demonstrando total sinergia e aplaudindo o músico sem parar, tal era a emoção descabida no recinto e muitas vezes levando a plateia ao delírio.

Violeiro, viola e público estavam na mesma sintonia e ambos se emocionaram na apresentação, fazendo desta uma noite inesquecível. Show este, mais que bombado e comentado nos bastidores que teve os INGRESSOS totalmente esgotados, público superior há 2.000 pessoas, e exceções para aumentar o volume de cadeiras, para atender a demanda das vendas dos ingressos.

Fonte sobre o show e imagens: Michele Arantes.