Loira do bem ∞ : 04/08/16

sexta-feira, abril 08, 2016

“AR” de Almir Sater e Renato Teixeira pré-selecionado para Prêmio da Música Brasileira.

       
“AR” de Almir Sater e Renato Teixeira foi pré-selecionado para o 27º Prêmio da Música Brasileira. O Álbum leva as iniciais dos Artistas e lançado em dezembro passado, através da gravadora Universal Music e com o Selo SOM DE GRINGO. Gravado entre Nashville e Brasil, a produção musical assinada pelo norte-americano Eric Silver, renomado produtor e cantor também.


Vale lembrar que Almir Sater e Renato Teixeira foram vencedores em 1991 no 4º Prêmio da Música Brasileira como autores de Tocando em Frente, como melhor canção na categoria MPB, na voz de Maria Bethânia. Sater no mesmo ano levou mais 2 premiações: Melhor Solista (instrumentista) e melhor canção instrumental (Moura), uma das mais belas já criadas pelo músico e compositor.

Sem atrelar a rótulos, mas incutidos em suas influências musicais e culturais, o novo projeto de Almir e Renato navegam pelas vertentes do Folk ao country, do bluegrass ao rock anos 70, sempre envoltos pelo purismo da música rural e a poesia bucólica. Renato Teixeira define mais como MPB caipira devido sua forte influência pelo Folk e Almir dá um toque especial com pegadas de bluegrass, rock e Folk, por ser um violeiro mais roqueiro. É o que demonstra nas palavras deles ao avaliar o conjunto da obra.

Segundo Renato Vieira da Universal Music Brasil  Almir lembra que a tônica foi de montar um repertório com matizes diversos. “Apesar de sermos parceiros, temos estilos particulares. Foi possível deixar os dois bem evidentes”. Renato também está satisfeito com o resultado. “Todas essas músicas têm a cara da gente e condizem com a história que trilhamos juntos há mais de 30 anos. Nossos admiradores saberão que ele foi feito com o amor de sempre”, afirma Renato.

Seja qual for o rótulo ou categoria, verdade seja dita, o resultado é um disco ímpar, que contagia todas as gerações e o que importa é que a estatueta tenha um único endereço, o da Serra da Cantareira, naturalmente.