sábado, abril 27, 2013

Dogma: Padre Beto anuncia renúncia à Igreja Católica

Isso me faz pensar...que eu também sou uma pecadora...pois  enquanto eu viver vou refletir, nada para mim, tem verdade absoluta, prefiro pecar pelo excesso de pensar, de duvidar, e reavaliar...O meu caminho eu mesmo penso... by Almir Sater/ Paulo Simões.

27/04/2013 14:11
Padre Beto anuncia renúncia à Igreja Católica

Decisão ocorrreu depois que o bispo determinou que ele assimisse que estava errado sobre declarações Camila Turtelli

Padre Beto convocou uma coletiva na manhã deste sábado (28) com a imprensa da cidade para declarar sua decisão diante da determinação do bispo Dom Caetano. O bispo determinou em nota na internet que o padre assumisse que estava errado diante de uma série de declarações feitas em vídeos que estavam circulando pelo YouTube. Entre as declarações do padre que levaram à determinação, ele demonstrava uma postura reflexiva e aberta para questões como relacionamentos homossexuais e traição matrimonial.

Confira na íntegra a declaração que o padre fez na manhã de sábado

"Eu não tenho do que me redimir e muito menos a quem ou o que pedir perdão de tudo aquilo que eu fiz e declarei nas redes sociais e na internet, se refletir é um pecado, eu sou pecador, sempre serei e não vou negar a minha postura de pecador, ou seja, de uma pessoa reflexiva que pensa. E quem disse que um dogma não pode ser refletido. Isto é um absurdo. Os dogmas estão aí e devem ser respeitados, mas eles podem ser discutidos e refletidos livremente.

Então, eu não tenho de pedir perdão e não tenho a quem pedir perdão. O que me resta fazer então é comunicar à comunidade que a partir de segunda-feira eu me afasto do exercício dos ministérios sacerdotais na Igreja Apostólica Católica Romana e portanto, na Diocese de Bauru. Por razões simples. A primeira, eu acho que é impossível viver o evangelho de Jesus em uma instituição que no momento não respeita a liberdade de reflexão e expressão, o modelo que nós temos a seguir é Jesus Cristo e este modelo viveu plenamente a liberdade de expressão e reflexão. E não só isso, ele fez com as pessoas pensassem e refletissem. A segunda razão que me faz sair é que não é possível ser cristão em uma instituição que cria hipocrisias. Estamos em um momento em uma instituição que faz questão de manter regras morais que são totalmente ultrapassadas para nossa época e para o conhecimento da ciência. Os sacerdotes sabem muito bem que eles estão impondo regras que as pessoas não vivem. A grande maioria que frequenta a igreja não vive essas regras, mas finge viver. Um simples exemplo, eu não acredito que a maioria dos casais que frequentam a igreja não usam métodos anticoncepcionais, não tenham feito uso de vasectomia ou de uma laqueadura. Nós temos regras que não exercidas e fingimos que vivemos. E os sacerdotes fecham os olhos porque precisam fechar os olhos.

E a terceira razão, é que não é possível ser cristão em uma instituição que, friso bem, no momento está sendo omissa diante de problemas sociais graves que nós vivemos na nossa sociedade. A igreja católica, seguindo a Jesus Cristo, ela deveria ter posturas mais firmes diante de problemas que são muitos claros. Nós temos professores muito mal pagos, um país que não valoriza sua educação é um país sem futuro.

Nós vemos o nível cultural neste país cair muito. A igreja deveria ser uma força ética em prol da educação. Nós temos policiais que são seres humanos e estão na rua arriscando suas vidas e são muito mal pagos por isso. A situação dos aposentados neste país é ridícula e desumana. São homens e mulheres que já chegaram na terceira idade e que deveriam ter o direito de receber tudo aquilo que eles já deram para sociedade e estado e ter uma vida digna, no final da sua caminhada da sua existência. Nos temos um sistema penitenciário ultrapassado, desumano, que não recupera ninguém. Temos um sistema de saúde que não atinge as pessoas e que só serve aos sistemas de saúde privado. A Igreja deveria ter uma postura firme diante do Congresso Nacional que leva tanto dinheiro nosso e faz muito pouco pela sociedade. Enfim, nós temos uma série de problemas que a igreja deveria bater de frente.

Então, são por estas três razões que eu deixo meu exercício como padre da Igreja Católica e permaneço com a minha coerência como humano, como meus pais me criaram e como acho que o Cristo seria neste nosso mundo de hoje.
É isto o que eu tenho a declarar.", Padre Beto.

fonte:  http://www.redebomdia.com.br/noticia/detalhe/49404/Padre+Beto+anuncia+renuncia+a+Igreja+Catolica
'/>