sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Pesquisa mostra que o riso é peça-chave para a vida em sociedade



Não tenho nenhuma sombra de dúvida, que isso é verdade, e nem preciso de caráter científico.

O riso mais gostoso ainda é quando ele vem espontâneo do nada. eu sou assim, as vezes uma simples piada do Joãozinho, um mico, uma gafe, ou até uma tirinha, ou agora como este que me enviaram ontem no facebook, foi motivo, de chorar de tanto rir.



Ontem por exemplo, uma página, Rock Wins postou essa foto e um dos amigos da minha página, o Marcos,  enviou, me perdoa o dono deste hit, ( morro de medo do Jason, por natureza), ou seja, com todo o respeito, mas eu ri, até sair lágrimas dos olhos, por uma bobagem destas, eu fiquei imaginando a cena...ia ser um Deus nos acuda, um mundaréu correndo por todos os lados kkkkkkkkkkk...ufa, este perigo eu não corro jamais, afinal ouço folk, ...hehehe... e rendeu o terror, foram 2.996 compartilhamentos, 1.461 curtir... mas foi o suficiente para eu ir dormir às gargalhadas, a tensão do dia ido embora, nem lembrei mais dos problemas e insônia de semana pra cá...
Já viu néh mandar isso pra mim, quando o tico e teco dourado, já está querendo fundir.....

Ás vezes, ouço minhas irmãs dizerem, ah, ela é muito tranquila na vida não tem preocupação, ( não imagine o quanto) ter que matar um leão por dia, mas, eu fiz uma escolha anos atrás, de que, minha saúde, jovialidade tem que ser maior que tudo isso. Quando a gente desencana do materialismo, nem em viver para agradar os outros, tudo muda ao nosso redor, e as coisas pequenas, aquelas que não fazemos conta, passam a ter mais sentido, como o simples ato de respirar, de ser saudável, de não depender de ninguem, emocionalmente, materialmente e fisicamente. este é o milagre da vida, eu costumo até brincar "devo não nego, pago quando eu puder", risos, risos, e vou vivendo um dia após o outro.

As coisas podem me magoar, frustrar, por um dia, uma semana, não mais que isso, eu sempre dou um jeito de substituir rapidamente, as coisas ruins, exaltando as boas.. ..

Essa matéria fala sobre isso, aproveite e experimente também, afinal para que levar a vida tão a sério não vamos sair vivos dela mesmo.. ou vamos? ... risos.. então.. ria ..
Neurocientistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, descobriram que a risada tem pouco a ver com senso de humor e é, na verdade, uma ferramenta de instinto de sobrevivência para animais que convivem em sociedade. Há séculos, teóricos como Platão. Aristóteles, Kant e Freud tentaram explicar o riso baseados na premissa errada de que eles estariam explicando também o que seria o humor.

Para chegar à origem do riso, os cientistas escanearam cérebros de macacos e ratos. E verificaram que a risada humana evoluiu do som rítmico feito por primatas, como os chimpanzés, quando eles fazem cócegas uns nos outros enquanto brincam.

Assim, a pesquisa indicou que o cérebro possui antigas conexões para produzir o riso e jovens mamíferos aprenderem a brincar uns com os outros. A risada estimula circuitos cerebrais de euforia e também reassegura para o outro animal que eles estão brincando, e não brigando.

Quando os pesquisadores iniciaram os estudos sobre o tema, há 20 anos, era comum a opção de levar pessoas para o laboratório para assistirem episódios de famosas séries cômicas de TV, como "Saturday Night Live". Mas elas não riam muito por causa do ambiente.

Em habitats naturais – calçadas, shoppings – foram observados milhares de episódios de riso. E eles checaram que de 80 a 90 por cento dessas risadas eram resultado de frases simples como "eu sei" ou "vejo vocês depois", empregadas em contextos engraçados. Ou seja, não eram necessárias piadas ou frases de efeito para gerar risos.

O estudo também mostrou que a maioria das pessoas (principalmente as mulheres) riem mais enquanto conversam do que os outros que lhe ouvem, usando as risadas como um tipo de pontuação para suas sentenças. É um processo em grande parte involuntário. As pessoas podem conter o riso, mas poucos conseguem forçar o riso de forma convincente.

Portanto, os pesquisadores concluiram que o ato de rir é um dos sinais sociais mais honestos porque é difícil de ser fingido. Ele é uma espécie de fóssil do comportamento, que evidencia as raizes que todos os seres humanos, e talvez todos os mamíferos, têm em comum. A risada primitiva, então, evoluiu como um dispositivo sinalizador com a função de destacar a compreensão de interação amigável entre duas pessoas.




Os humanos começam a rir aos quatro meses e depois progridem das cócegas para mecanismos mais sofisticados, como piadas. O riso pode ser usado para reforçar os laços de solidariedade e identidade de um grupo, ao satirizarem e isultarem pessoas de fora da unidade, mas é sobretudo um "lubrificante" social. É uma maneira de fazer amigos e também de deixar claro quem pertence a quais posições na hierarquia do status social.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG76691-7962,00.html