domingo, 10 de junho de 2012

Pitaco By Loira do Bem "Levante-se embasado no que lhe pertence"

Pitaco By Loira do Bem "Levante-se embasado no que lhe pertence" by Masaharu Taniguchi. extraído da Revista "Fonte de Luz".( Seicho-No-Ie).
Certo dia, apareceu um homem no escritório do dr. Hornaday. Ele foi por algum tempo famoso roteirista do cinema americano, sendo o seu talento reconhecido, tanto como diretor, quanto produtor e ganhou muito dinheiro. Vamos chamá-lo de K. O visitante vestia uma roupa elegante, e aparentemente era um cavalheiro bem apessoado. Mas, sua fisionomia demonstrava certo ar de tristeza, intraquilidade, impaciência. E disse:
"Doutor, estou em dificuldades. Preciso que alguém me ajude. Não tenho um dólar sequer. Deixei estacionado na rua um Cadillac de ultima linha e nem sei como abastecê-lo para me locomover com ele.
-Vc tem um cadillac de ultimo linha? responde o Dr, intrigado com o fato de K, que não possuía um dólar, andar num automóvel tão luxuoso. Segundo K era para manter as aparências, uma espécie de propaganda do próprio nome. Diariamente visitava estúdios, agências e antigos colegas à procura de trabalho.
Dos quais eles murmuravam: - Com essa idade... E os quatros filmes que produziu acabaram fracassando todos "..
Ele contou com amargura, e com raiva, como era inconsistente o sentimento das pessoas, pois seus amigos de outrora, agora viviam evitando-o. Outrora quando possuía uma ampla mansão, sua casa era frequentada por astros do cinema e artistas de várias áreas, mas teve de entregar a casa para saldar dívidas e estava vivendo num casebre numa colina em Hollywood.
Ele disse: Deixei meu Cadillac estacionado a umas quatro ou cinco quadras daqui. Por que? É que ele foi penhorado, e a instituição financeira está procurando-o para levar como pagamento da dívida não saldada. Oriente-me e diga o que devo fazer. Não tenho mais forças...Não há mais chance de eu me reerguer, tudo está acabado, não passo de um personagem do passado.
Mas, K, estava condicionado a autolimitação, ou seja, quando suas ultimas produções fracassaram, o pensamento derrotista tomou conta: Sou um fracassado". E o Dr. então pronunciou:
Exteriormente vc se veste como um homem de sucesso, que é o seu desejo, mas sua atitude mental é negativa. Se deseja obter sucesso novamente, comece a mudar a atitude mental:
"Sou um homem de sucesso". Voce só tem 63 anos, Se vc mudar para uma nova atitude mental, o futuro lhe reservará uma grandiosa vida. Oremos Juntos. e K se foi com alegria no coração.
Cerca de uma hora depois, ele retornou, nervoso e desesperado:
"O Senhor gentilmente orou por mim, mas não adiantou nada. Encontraram meu Cadillac e o levaram. lá se foi a última coisa que eu possuía. E, nervoso, continuava, quando chegar em casa, o dono do imóvel nos expulsará, faz dois meses que não pago o aluguel. E o Dr. Hornaday, se limitou a dizer: Que bom eu o felicito por isso" , mas isso voce só irá descobrir mais tarde.
"Que bom. Devemos sempre, onde sentamos, nos levantar com aquilo que possuímos realmente, aquilo que realmente nos pertence, sem nos apossarmos do que pertence aos outros.
É errado ficarmos segurando às escondidas o que pertence aos outros, e tentar nos reerguer alicerçados nisso.
e K, dispara: -O que devo fazer agora? -
Então o Dr. Hornaday o apresentou a um velho conhecido que pudesse alugar um carro velho, para usar temporariamente na locomoção. Apesar de não estar mais andando num Cadillac, K, estava com o rosto alegre e sorridente. e juntos no dia seguinte, deram boas gargalhadas. Não tinha aquele temor:- Não irão levar este Cadillac como pagamento da dívida? - Ele já não tinha mais o que temer. Não estava na aparência exterior, tentando enganar os outros. Não tinha mais necessidade de se vestir luxuosamente para enganar as pessoas.
Assim, ele conseguiu uma base para se reerguer alicerçado naquilo que lhe pertencia, sem depender de coisas exteriores, ou daquilo que não lhe pertencia. Mais Tarde, um novo destino iria germinar e crescer.
Bom Domingo a Todos oceis !!!. Que assim seja !!!.