quinta-feira, junho 21, 2012

5 PERGUNTAS PARA ALMIR SATER


15/05/2012 00:03

Ando devagar porque já tive pressa

Viola-minha-viola-30-anos-almir-sater foto-cleones-ribeiro-31.jpg
5  PERGUNTAS PARA  ALMIR SATER
O mercado da música mudou muito ao longo dos anos. Ficou muito mais difícil fazer sucesso?Acredito na renovação das canções com o tempo, cada vez que são tocadas, causam emoções distintas. Creio que devido a essa renovação as músicas boas se eternizam e continuam fazendo sucesso ao longo dos anos.
O gênero “sertanejo universitário” domina todas as paradas de sucesso. Acredita em modismo ou caminho sem volta?Eu acredito na emoção e para me emocionar tem que ter um pouco de arte. Sem arte, as coisas vão se perder no ar. Gosto de músicas, gêneros e canções artísticas. Se não tem arte, se não tem emoção, não é algo que vá durar para sempre.
Você também é ator com participação em várias novelas. Têm planos para voltar à telinha?Não me considero um ator, nem nunca me considerei. Na época das novelas fiz um “bico”, pois precisavam de um violeiro lá e me chamaram (risos). Atualmente não tenho condições de parar uma agenda de shows para atuar em uma novela. Posso dizer que essa época já passou.
As mulheres que te assistiram na novela Ana Raio e Zé Trovão e hoje frequentam seus shows te intitulam de galã. Gosta do rótulo?Eu sou um músico, gosto de ser reconhecido assim. Em uma escala, eu sempre digo que me considero primeiro um compositor, depois músico e depois um cantor. Gosto que reconheçam o meu trabalho por isso. Ator e galã, não.
Você cuida da sua voz?Não! Tomo gelado, faço tudo que não pode, não tenho cuidado nenhum. Cuido mesmo das minhas unhas, essas sim merecem cuidado pra eu poder tocar minhas violas bem.

Nenhum comentário: