sábado, junho 11, 2011

Pitaco de Loira: Laços que nos atam- Almas Gêmeas -

Romeo and Juliet [1968]














  • O google encheu de corações a véspera do dia dos namorados.
  • Nada mais real, do que espalhar esse sentimento pelo ar - nota-se muitas enquetes, de pessoas em busca de um par, de um amor, de um laço que ata..e nem todos conseguem encontrar a cara metade, amores vão e vem...nunca vem...enfim, será tão difícil assim encontrar essa outra metade, que as pessoas tanto sonham?
  • E como será que surgiu o tal de "almas gêmeas'??? será que é isto mesmo ou é tudo balela???
  • Acreditem se quiserem ...mas reza uma antiga lenda que no início Deus criou o homem para ser completo, com as duas partes- masculino e feminino- mas descontente com o que ocorrera no éden, os separou dividindo-os em duas metades que passaram a vagar pelo mundo, numa eterna busca pela outra parte,
  • E, como não conseguiam se juntar, choravam de tristeza e Deus vendo isto, teve compaixão transformando-os em Homem e Mulher, que quando se encontravam, se tornariam novamente completos - assim criou-se as "almas gêmeas"-

  • Segundo a mesma lenda, para se encontrar a tal alma gêmea é como se fosse um premio, coisa preciosa e rara, privilégio de alguns mas não de poucos. A lenda foi retratada por Platão há séculos a fio -na figura de um hermafrodita, que quando se encontram jamais se perderiam de vista, por medo da separação de novo.

  • Quando as almas gêmeas descem à  terra, elas são divididas - uma centelha divina viram duas e elas devem evoluir individualmente até que possam se reencontrar, portanto é necessário que esteja num alto grau evolutivo para que haja o encontro definitivo com a outra parte e se uma parte ainda não se evoluiu ficará para outras vidas..até que ambas estejam no mesmo nível.

  • O encontro de almas gêmeas é muito raro devido a busca constante pela evolução, mas não impossível.
  • Enquanto isto os laços de amizade, atração, paixão e companheirismo vão sendo vividos com suas almas relacionadas, que chamamos de companheiras, pois são elas que nos ensinarão a dar continuidade ao aprendizado para a evolução.
  • Almas gêmeas não separam nem desunem, mas se unem e como saber disto?
  • A relação sexual de almas gêmeas é um ato mágico.
  • A energia que libera ajuda o universo a progredir.
  • A troca constante de parceiros afasta a alma gêmea, pois existe a troca de energias muito grande e aí junto o Karma, que vai distanciando da outra parte procurada.
  • Nem sempre estar apaixonado(a) significa que a encontrou também, pois geralmente, não vemos defeito no objeto de nossa paixão, ficamos cego a quaisquer problemas que o relacionamento apresenta, perde o senso da realidade e da noção do ridículo, é um risco que se corre e de sair ferido,quando cairmos em si.

  • Já com o encontro da alma gêmea ocorre a sinergia, pois a soma das energias dos dois se multiplicam, elas ativam uma espécie de energia divina, ficam mais criativas, brilhantes, luminosas e inspiradas, por isto que "amor abobado" não combina com o encontro de almas, que quando juntas, se unem, se fortalecem, pois a energia que experimentam uma da outra as alimenta e sustenta;a sensação é de um reencontro...podem estar numa tumultuada festa, cheia de gente, que seus olhos vão se atrair como se não houvesse mais nada a volta ou conversarem com um bate papo como velhos amigos, sem pudores, com ideias, desejos, sonhos, que se encaixam perfeitamente como o Yin e o Yang, elas tem um profundo conhecimento de si mesmas.

  • Um sentimento de confiança mútua- sem ciúmes ou possessão sobre- e para tal magia, é necessário o primeiro passo- evoluir e ter amor próprio- se amar, se respeitar e assim sermos amados pelos outros- e para finalizar - tranquilidade para ficar atentos aos sinais, e ter discernimento, sempre pedir pela "ordem divina" que é o que de cada um vem ao seu tempo como herança e direito da divindade " -senão é gerar mais carma em vidas futuras novamente.

  • Por -Eddie Van Feu - "Os Laços que nos atam" - Editora Modus-