domingo, março 20, 2011

Filtros Sociais como entrar nesta onda ?

Pitaco de Loira: Filtros Sociais. Como entrar nessa onda?


Filtros Sociais nada mais é do que bom e velho boca-a-boca, só que agora mais potencializado do que nunca pela Internet.
Digamos que você siga 500 pessoas no Twitter. Dificilmente você é amigo ou amiga dessas 500 pessoas, mas em média você pode conhecer ou ter um relacionamento mais próximo com aproximadamente 20%, digo mais próximo sendo seus amigos da escola, faculdade, rua, bairro ou amigos virtuais que você começou a seguir no Twitter, começou a trocar informações e de lá foi para e-mail, MSN, Orkut, Facebook-

A web permite isso há anos já, só que agora, com o crescimento – constante – das Redes Sociais, cada vez mais as pessoas farão e manterão amizades via Internet, seja a ferramenta que for.
Não basta estar no mundo digital, é preciso saber estar. Infelizmente a grande maioria das marcas ainda não sabe, mas temos visto uma evolução dos profissionais em relação a web, de pessoas com muita vontade, de pelo menos, aprender mais sobre o meio; estando no meio digital, as marcas precisam localizar 2 tipos de públicos que são interessantes para que as sigam: Consumidores e Formadores de opinião; não entenda formadores de opinião apenas como um Willam Bonner ou Cid Moreira.
O dono de uma comunidade “eu amo a marca X” com mais de 200 mil seguidores é uma formador de opinião, pois essas 200 mil pessoas decidiram por vontade própria entrar nessa comunidade e seguir essa pessoa, logo, o que ele fala é aceito com credibilidade.

Mas como gerar esse relacionamento?Gerando conteúdo! O segredo é esse.
Ninguém vai seguir o Felipe Morais, O Melhor do Marketing, a Coca-Cola, a Apple se essas marcas não gerarem conteúdo relevante. Se eu ficar o tempo inteiro só falando “pessoal, acesse meu blog” eu perderei seguidores em pouco tempo. O Melhor do Marketing teve um excelente crescimento desde o ano passado porque trabalhou muito bem conteúdo, por mais, que a grande maioria das mensagens (ou tweets) do site no Twitter seja levando para o site, são sempre de conteúdos diferenciados.
Para as marcas, se a Coca-Cola ficar mandando mensagens “Coca-Cola com promoção no Extra” também perderá seguidores, agora, se a Coca-Cola começar a enviar mensagens de esportes, natureza, passeios e entre esses tiver uma mensagem promocional, tenha certeza que as pessoas vão aceitar; porém, é importante que a marca não saia do seu DNA apenas para conseguir seguidores nas Redes Sociais. Não adianta a Coca-Cola falar de política econômica no seu Twitter porque as pessoas não estão ali para isso, se quiserem saber de política vão seguir algum jornalista.

Marcas. É importante saber o comportamento do consumidor nas Redes Sociais. Falar que o consumidor hoje está no poder é algo batido, mas que ainda não encaixou na filosofia da empresa.

Felipe Morais é publicitário, autor, professor, palestrante e blogueiro. Autor do livro: Planejamento Estratégico Digital (Ed Brasport), Autor do Blog do Planejamento. Mediador da 1ª Rede para Planners no Brasil

Nenhum comentário: