terça-feira, setembro 07, 2010

Etiqueta na Comunicação: Celular já aprendeu a desligá-lo?

A ETIQUETA NA COMUNICAÇÃO -


A maneira como você se comunica com os outros fala muito a seu respeito. Para isso você utiliza uma série de ferramentas: as palavras que escolhe,os gestos e expressões faciais que as acompanham, o cartão de visita, que você entrega a alguém,a forma como utiliza os e-mails e o celular e até mesmo na maneira de se vestir.
Sua elegância por um fio...ou sem fio...

Não dá para negar que as novas tecnologias de comunicação facilitam nossa vida,mas,por outro lado,nos escravizam e nos fazem ,muitas vezes ,esquecer as boas maneiras.

Etiqueta Empresarial:
Para começar, celular já aprendeu a desligá-lo?
-Sempre peça licença para atender o celular quando está conversando pessoalmente com alguém.
-Evite pedir o numero do celular a pessoas com quem você não tem muita intimidade.
-Evite pedir o celular a clientes ou possíveis clientes,a não ser em situações em que isso possa agilizar a vida dele. Acredite,quem não se importa em divulgar o celular vai lhe dar o número mesmo sem você pedir.
-Celular não é acessório,por isto, não valoriza nenhuma produção, pelo contrário,não o use como pochete,pendurado no pescoço,do lado de fora da bolsa ou da pasta....

Atenção ao tom de voz- nem todo mundo precisa –ou deseja-saber de que assunto você está falando.
Se seu celular é usado para fins comerciais(seja você empregado ou empregador) ,lembre-se sempre se identificar e saudar quem o está chamando.
Atenção ao volume e ao tipo de toque,eles podem causar a impressão errada. Esqueça os toques e músicas engraçadinhas e nada profissionais.

Fazendo ligações para celulares:
- A não ser que você seja muito intimo da pessoa, o telefone fixo e não o celular, deve ser sempre o primeira opção de contato.
- Sempre,ao ligar,para o celular de alguém,se identifique e pergunte se a pessoa pode atende-lo.
-Em geral procure ser breve !

EVITE AO MÁXIMO TOCAR:
-em lugares onde haja platéia ou audiência( do cinema, ás aulas de MBA);
-em cerimônias( das solenes às religiosas)
-em qualquer lugar onde haja uma solicitação para que ele permaneça desligado.

Não atenda o celular:
-em qualquer reunião com clientes ou contatos comerciais( à mesa ou fora(dela), afinal ,você não quer dar a impressão de que não está completamente à disposição de quem compra seus produtos ou contrata seus serviços- se não houver outra saída a não ser atender a ligação,desculpe-se e seja muito breve;
-em treinamentos e apresentações;
-em entrevistas de emprego,seja você o entrevistado seja o entrevistador.
-Nas ocasiões a seguir,está liberado deixar o celular no silencioso,mas seria mais elegante se você não atendesse ,retornando a ligação depois. Pode também pedir licença para atendê-lo e fazer isto o mais rápido possível.
-à mesa (do restaurante, do barzinho,numa reunião(casa de amigos etc), principalmente quando estão somente você e mais uma pessoa.
- sempre que estiver acompanhado de apenas uma pessoa. Se você atende e se prolonga na conversa, normalmente essa pessoa vai se sentir excluída.
-Quando está sendo atendido por alguém(no salão de beleza,na clínica de estética,numa loja de shopping etc), caso isso possa atrapalhar ou atrasar à conclusão do serviço prejudicando quem está esperando.
O mesmo vale numa reunião profissional em que clientes não estejam presentes- e se está esperando alguma ligação urgente, comunique ao grupo.
-à mesa ,em almoços e jantares de empresa.
-Na própria empresa,caso seu celular não seja comercial. Se for, não tem problema atender as ligações de seus colegas,clientes e fornecedores- mas as da(o) namorada(o), do irmão etc devem ser breves !!

Fique à vontade para atender e falar :
Só tome cuidado com o tom da voz (nada de falar alto,por favor !) e com os temas abordados.
-No barzinho,no café,na festa, na balada com os amigos, na casa deles,nos intervalos de peças de teatro ou palestras,ou seja, em ambientes mais informais ,descontraídos.
-Em locais, como salões de beleza,salas de espera e recepções ,na rua, nos corredores do shopping,em filas.
-Quando estiver sem companhia à mesa,em restaurantes ou cafés, por exemplo.

sobre a autora:
“Pequeno livro de etiqueta” de Ana Vaz, graduada em comunicação social, com habilitação em relações públicas e pós graduada em marketing, consultora de estilo e imagem pessoal,formada pela First Impressions Image Consulting ,do Reino Unido. Professora do Senac Campinas.

Site:http://www.anavaz.com.br/
'/>