Loira Do Bem ∞ : Borboletas: O poder da transformação.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Borboletas: O poder da transformação.


No Japão, a borboleta está associada à mulher.Duas borboletas significam felicidade a dois.
Uma crença popular da Antiguidade greco-romana dava à alma que deixa o corpo, a forma de uma borboleta.Nos afrescos de Pompéia, Psique é representada como uma menininha alada, semelhante a uma borboleta.

Entre os astecas, a borboleta é um símbolo da alma, ou do sopro vital, que escapa da boca agonizante.No mundo sino-vietnamita, a borboleta simboliza a longevidade e também o outono.

Um outro simbolismo da borboleta é baseado na sua metamorfose e vontade de mudança: o casulo é o ovo que contém a potencialidade do ser; sair do ovo é como renascer para a vida.

Uma borboleta brincando entre flores representa a alma de um guerreiro caído nos campos de batalha. Os guerreiros mortos acompanhavam o Sol até o meio-dia; em seguida, eles desciam de volta a terra sob a forma de borboletas.
A BORBOLETA simboliza a alma, o renascimento e a imortalidade.A metamorfose de seu ovo para lagarta e depois para crisálida e borboleta indica as etapas da alma para a iluminação.


A MUDANÇA…

O poder da borboleta é como o ar, é a habilidade de conhecer a mente e de mudá-la, é a arte da transformação… A gente deve observar a nossa posição na vida e, como a borboleta, nós sempre estamos em algum estágio:

-Primeiro estágio - é onde a ideia nasce, mas ainda não é uma realidade, é o estágio do ovo, o ponto de criação de uma ideia.

-Segundo estágio – da larva, onde temos que tomar uma decisão.

-Terceiro estágio – do casulo, é o desenvolvimento do projeto, é fazer para realizar.Estágio final – é o da transformação, é deixar o casulo e voar, é a realização!

Percebendo onde estamos podemos continuar.Use o ar e os poderes mentais.Tenha clareza mental e procure organizar um projeto, assim você subirá o próximo degrau de sua vida!"

A principal mensagem é:“Criar, transformar, mudar e ter coragem para aceitar!”

Autoria:desconhecida.