quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Almir Sater defende Campo Grande como sub sede 2014.


Convidado para ser uma espécie de embaixador em defesa da cidade,para ser uma das sub-sedes da Copa do Mundo de 2014, caso o Brasil seja o país-sede, o cantor colocou-se à disposição da prefeitura.“Eu to nessa”, foi a resposta do cantor ao convite de Nelsinho.

“O Pantanal é um grande cartão de visitas de Mato Grosso do Sul e é isto que nós devemos mostrar, como atração para quem vier assistir aos jogos”, enfatizou Almir Sater utilizando o mesmo argumento da Prefeitura de Campo Grande, na defesa que fez junto a Confederação Brasileira de Futebol. Na opinião do músico, com o potencial turístico que tem, o Estado adquire maiores chances na disputa para ser uma das sub-sedes.


“O estádio é apenas um dos detalhes da Copa, sabemos que as atrações contam muito na escolha da cidade. Até porquê, quem assiste aos jogos também quer conhecer outros tipos de diversão e as belezas naturais que temos encantam a todos”, argumentou Almir Sater. O músico defendeu uma participação voluntária dos diversos segmentos na defesa da cidade, para sediar jogos da Copa de 2014. “É preciso ter esta atitude, já que todos ganham depois”,opinou Sater.



Candidata a sub-sede da Copa do Mundo de 2014, Campo Grande recebe no dia três de fevereiro a delegação da Fifa integrante do Comitê Organizador da Copa do Mundo da Fifa. O prefeito Nelson Trad Filho e secretários da Prefeitura recepcionam o grupo, que tem chegada prevista para as 15:00 horas, de acordo com a agenda e roteiro para a visita às cidades candidatas.

Campo Grande será a nona cidade vistoriada pela delegação,formada por representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)e da Fifa.A agenda terá início no final deste mês,no dia 30 de janeiro e a primeira cidade visitada é São Paulo.Em Campo Grande,Nelsinho Trad terá a incumbência de mostrar as vantagens na realização de uma Copa do Mundo na cidade.


"Nossa cidade é uma das grandes favoritas. Estamos certos de que seremos uma das sub-sedes da Copa do Mundo", disse confiante o prefeito Nelsinho.Um dos pontos mais fortes em vantagem às outras cidades candidatas, é a posição estratégica de Mato Grosso do Sul que faz fronteira com dois países (Paraguai e Bolívia) e divisa com cinco estados: Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

fontes :Almir Sater apóia Campo Grande como sub-sede
Quarta-feira, dia 04 de Julho de 2007 às 14:32
Almir Sater apóia Campo Grande como sub-sede da Copa.

Copa 2014:representantes da Fifa chegam em Campo Grande dia 03.
Extraído de:Prefeitura de Campo Grande
21 de Janeiro de 2009
"No Mato Grosso do Sul estamos de frente para as estrelas" - Almir Sater.