Loira do bem ∞ : 10/13/08

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Meditação do Amor Universal






A principal característica desta meditação é a de promover a paz,a bondade e a benevolência.

Sua finalidade é a de purificar a mente,tornando-a saudável e íntegra.É o tipo de Meditação Universal de efeito seguramente benéfico,que pode ser praticada por qualquer pessoa,de qualquer idade trazendo resultados imediatos e proveitosos.

Por ela a mente fica revigorada,sua força torna-se maior.

Escolha uma hora e um lugar tranqüilo,acenda um incenso,para harmonizar e purificar o ambiente,criando uma atmosfera própria.Sente-se em uma cadeira ou,de preferência, no chão,de modo a ficar confortável,mantenha a coluna reta,a respiração lenta e profunda,tente ficar o mais relaxado possível.

A prática da Meditação do Amor Universal deve começar pela própria pessoa,porque se alguém não se ama,torna-se impossível estender amor e benevolência a outras pessoas.

Inicia-se com o pensamento:estou limpando minha mente de todas as impurezas,que eu esteja livre de maldades,que eu esteja livre de inimizades,que eu fique livre do sofrimento,que eu me sinta muito feliz,com muito amor e muita paz.

Depois disso com a mente e o coração repletos de amor e paz,o pensamento deve ser dirigido a uma pessoa muito querida,da qual gostamos muito,visualizamos essa pessoa recebendo todo o nosso carinho,toda a paz e todo o amor que estamos sentindo.

Em seguida visualizamos uma pessoa que nos é indiferente,um conhecido do qual não gostamos nem deixamos de gostar,e enviamos o mesmo pensamento.

Finalmente lembramos de alguém que por algum motivo não gostamos,que nos é desagradável,pela qual temos algum tipo de rancor,e enviamos em forma de pensamento o nosso perdão,banhando-a com pensamentos de amor,paz e compreensão.

Após algum tempo,quando estivermos mais acostumados com a prática da meditação,o próximo passo é estender,alargar, expandir esse pensamento,abrangendo todos os seres do nosso Planeta.

Um Pensamento de Paz a cada dia.Em Mim há Paz.Sentir Paz.
A Paz do Espírito é a Paz Verdadeira.
A Paz do Indivíduo será a Paz Verdadeira.
Luz na Mente e Paz na Alma.


Também podemos praticar um mantra.

O mantra mais conhecido do budismo tibetano é Om Mani Padme Hum(os tibetanos pronunciam Om Mani Peh-meh HoonG ),associado ao bodhisattva da compaixão, Avalokiteshvara.

Nesse mantra,a sílaba Om representa a presença física de todos os budas.A palavra sânscrita Mani,jóia,simboliza a jóia da compaixão de Avalokiteshvara,capaz de realizar todos os desejos.

A palavra Padme significa lótus,a bela flor que nasce no lodo;do mesmo modo,devemos superar o lodo das negatividades e desabrochar as qualidades positivas.A sílaba Hum, representando a mente iluminada,encerra o mantra.

Este é o 'Seis Sílabas...

ou o 'Grande Mantra':Om Mani Padme Hum


Um mantra (proteção mental),é uma série de sílabas que invocam a energia de um buda ou bodhisattva. A repetição de mantras no Vajrayana é tão importante que o budismo esotérico também é chamado Mantrayana, o Veículo do Mantra.Além do mantra, existe a sílaba semente(sânsc. bija),que sintetiza a essência mente iluminada.


Uma mente Iluminada eu desejo a todos,

fase atual: em processo de feitura






EU SOU O QUE EU SOU,
Eu estou em processo de feitura.
Eu não estou pronta,
Eu não sou perfeita,
Estou por ser feita.
Estou sendo feita aos poucos,
E no processo de ser feita aos poucos,
Eu vou descobrindo onde é que dói meu espinho.
Este espinho muda de lugar E Muitas vezes,neste processo de se conhecer,a gente sangra....
(Pe Fábio de Melo).


Nunca imaginei que um Pe pudesse retratar em palavras,o que eu penso sobre eu mesma há algum tempo,o de que estou sempre aprendendo,recomeçando,sendo feita,e nesta fase,
eu vou deixando os erros,medos,dúvidas,inseguranças,para trás, e aos poucos como um oleiro,eu vou me moldando,para melhor,para acender a luz e iluminar sempre.

E neste processo,como ele própria enfatiza,sangramos,porque,claro,temos que abandonar os velhos hábitos,enxergar nossos defeitos,falhas e ledos enganos,

E mudanças ocorrem sempre para melhor,desde que a gente acredite e passe ao olhar para o outro,como parte deste mesmo universo,e que tudo é uma questão de energia,
quanto mais,vamos em busca de auto conhecimento,mais temos as chances de sairmos
vencedores diante das adversidades da vida,

Também aprendemos a ser mais flexiveis com os outros,a ter a prática da empatia, se colocar no lugar do outro e a partir daí,o diálogo,a chances de reconsiderar certos pontos de vista,ficam mais transparentes;

"De todas as batalhas que temos que vencer,sem dúvida nenhuma,a maior delas sempre será vencer o pior inimigo,nós mesmos..(Sakamuni Buda).

Otima Semana proceis,
Iluminada
Paz e Bem !