quarta-feira, julho 04, 2007

Almir Sater defende Campo Grande como sub-sede da Copa







O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho recebeu, na terça-feira(03.07), em seu gabinete, o músico Almir Sater. Convidado para ser uma espécie de embaixador em defesa da cidade, para ser uma das sub-sedes da Copa do Mundo de 2014, caso o Brasil seja o país-sede, o cantor colocou-se à disposição da prefeitura. “Eu to nessa”, foi a resposta do cantor ao convite de Nelsinho.

“O Pantanal é um grande cartão de visitas de Mato Grosso do Sul e é isto que nós devemos mostrar, como atração para quem vier assistir aos jogos”, enfatizou Almir Sater utilizando o mesmo argumento da Prefeitura de Campo Grande, na defesa que fez junto a Confederação Brasileira de Futebol.

Na opinião do músico, com o potencial turístico que tem, o Estado adquire maiores chances na disputa para ser uma das sub-sedes.

“O estádio é apenas um dos detalhes da Copa, sabemos que as atrações contam muito na escolha da cidade. Até porquê, quem assiste aos jogos também quer conhecer outros tipos de diversão e as belezas naturais que temos encantam a todos”, argumentou Almir Sater.

O músico defendeu uma participação voluntária dos diversos segmentos na defesa da cidade, para sediar jogos da Copa de 2014. “É preciso ter esta atitude, já que todos ganham, depois”, opinou Sater.

Durante a audiência, Nelsinho relatou a Almir Sater a viagem que fez a Portugal para participar de um seminário com empresários que modernizaram estádios portugueses, para a Eurocopa de 2004. “No começo, parecia um sonho distante, Mas hoje, a gente vê que não está tão distante assim.

Se a gente pegar com vontade, nós temos tudo para passar pela avaliação da Fifa”, considerou Nelson Trad Filho ao final da audiência, recebendo o apoio integral de Almir Sater.

Reportagem extraída do site Quarta-feira, dia 04 de Julho de 2007 às 08:20hs
http://www.aquidauananews.com/index.php?action=news_view&news_id=109278